9 Diferenciais e Vantagens do Farol de Neblina e Quando Usar

farol neblina

Você sabe em que condições de clima deve usar o farol de neblina?

Essa parece uma resposta bastante simples, mas muitos motoristas ainda se enrolam na prática.

Dependendo do tipo de lâmpada utilizada, acionar o farol quando ele é desnecessário pode muito mais prejudicar o trânsito do que ajudar.

Só que não há na lei brasileira a tipificação de infrações relacionadas ao uso incorreto do farol de neblina.

É diferente do que acontece em outros países, por exemplo, como você verá ao longo deste artigo.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Vamos explicar o que é farol de neblina, como funciona e quando utilizar.

Também abordaremos a diferença entre farol de milha e farol de neblina.

Você terá ainda dicas de segurança para garantir viagens mais tranquilas e menor estresse no trânsito.

É chegada a hora de fazer a sua parte para prevenir acidentes. Vamos aprender a usar o farol de neblina de uma vez por todas?

Siga a leitura!

 

O Que é Farol de Neblina?

farol neblina quando usar
Você sabe a diferença entre os tipos de faróis presentes em seu veículo?

Os faróis de neblina são considerados itens importantes de segurança em todos os carros.

Eles são projetados para serem usados ​​a baixa velocidade para adicionar a iluminação direcionada para a superfície e as margens das estradas.

Os faróis de neblina são muito importantes durante a fraca visibilidade resultante de precipitações como chuva, neblina, poeira ou neve.

Muitas vezes, as pessoas confundiram os propósitos dos faróis de neblina da frente e as luzes de trás.

Isto é por causa dos equívocos de que os faróis de neblina devem ser luz amarela seletiva, e que qualquer outra luz ou luz auxiliar que seja branca deve ser uma luz de condução.

Os dois são usados ​​de forma intercambiável, mas muitos motoristas nem sabem qual é o propósito de cada um.

Usar em clima seco não é exatamente errado, mas é pouco eficaz.

De nada adianta acionar o farol de neblina nessas condições e esquecer de fazê-lo debaixo de mau tempo.

Ao menos no Brasil, o uso incorreto não é penalizado.

Na Austrália, a lei de segurança rodoviária de Nova Gales do Sul proíbe o uso de farol de neblina quando a visibilidade não é afetada seriamente.

Ela só permite o uso de qualquer farol de neblina quando o condutor está dirigindo em neblina, névoa ou outra condição atmosférica que limite a visibilidade.

A legislação local não permite o uso de farol de neblina sem ligar os faróis de baixa intensidade.

Se não houver precipitação, mas a estrada está molhada ou com gelo brilhante, o farol de neblina deve ser usado com bom senso.

O objetivo do farol de neblina é mostrar ao motorista as bordas da estrada, as marcas de pista e o primeiro plano que aparece abruptamente durante a condução rodoviária.

E isso vale para australianos e brasileiros, é claro.

 

Tipos de Farol de Neblina

farol neblina tipos
Existe mais de um tipo de farol de neblina atualmente; entenda

A névoa e a queda de neve foram o pesadelo dos motoristas há décadas.

Obviamente, isso não se aplica à realidade brasileira, um país tropical.

No entanto, é válido saber que o propósito do farol de neblina é justamente o de contribuir com a segurança, como nessas condições adversas.

É difícil dirigir em dias tão ruins, mas, felizmente, você pode usar luzes de neblina para reduzir o risco de acidentes.

No Brasil, embora a neve seja rara, a neblina é um fenômeno relativamente comum.

Essa é uma característica marcante em especial em áreas montanhosas e serras.

Vamos, então, dar uma olhada nos vários tipos de faróis de neblina empregados em automóveis.

Faróis de neblina em LED

Os faróis de neblina em LED usam lâmpadas simples com a tecnologia para iluminação.

Eles têm uma lente projetada para manter a luz baixa.

São muito mais eficientes do que as luzes comuns, pois não possuem nenhum filamento para o desgaste.

Eles também tem uma vida mais longa em comparação com outras lâmpadas.

Os faróis de neblina em LED ainda estão disponíveis em diferentes variações de cor.

As variantes de cores são causadas por diferentes materiais utilizados na sua fabricação.

Outra vantagem é que os faróis de neblina em LED não são afetados pelas vibrações.

Além disso, eles utilizam menos energia e geram menos calor.

Faróis de neblina ocultos

HID é o acrônimo de “High Intensity Discharge”.

Aqui, o gás xenônio é inflamado por uma carga elétrica.

Como os faróis em LED, os faróis em HID também não possuem nenhum filamento nele.

O gás é eletricamente energizado e é sustentado entre dois eletrodos.

É assim, portanto, que a luz é emitida.

A principal vantagem dos faróis de neblina de xenônio é o aumento da quantidade de luz produzida.

Assim, pode produzir padrões de feixe de luz mais largos.

Estima-se que uma luz HID possa produzir cerca de 70% mais de luz quando comparada com o halogênio padrão.

Recorra sua multa de trânsito

Faróis neblina de halogéneo

As lâmpadas de halogéneo são as que foram usadas anteriormente como faróis de neblina.

As luzes halógenas são de três tipos, que variam no fornecimento de lumens.

Devido ao alto consumo de energia e a outros fatores, as lâmpadas de halogéneo não são muito utilizadas hoje em dia.

Diferenciação pela cor da luz

Pelo modo como a cor é emitida, as luzes de neblina são subdivididas em luzes de neblina brancas e amarelas.

A luz amarela é usada mais.

No caso das luzes de neblina amarelas, a quantidade de retrodifusão no olho dos condutores é menor quando comparada a outras.

Portanto, as luzes de neblina amarelas funcionam melhor em condições de baixa visibilidade.

Uma das principais causas de acidentes em clima nebuloso é que o motorista não consegue ver o veículo que vem em sentido oposto devido à névoa.

Mas como as luzes amarelas são mais visíveis do que as luzes brancas, elas oferecem uma maior segurança.

 

Farol de Neblina x Farol de Milha

O bom funcionamento de um farol é condição indispensável para a segurança no trânsito.

No final do dia, os motoristas podem estar tão cansados ​​que têm dificuldade em se concentrar nos pequenos detalhes, como as luzes que devem ativar para diferentes tipos de condições meteorológicas ou rodoviárias.

Um pouco de pesquisa avançada sobre os tipos de faróis que estão presentes na maioria dos carros pode evitar que os motoristas cometeram um erro em suas escolhas de iluminação.

Alguns tipos de faróis do carro são reservados apenas para condições meteorológicas severas ou escuridão, combinadas com neblina, neve ou alguma outra substância que reduza a visibilidade.

Dois desses tipos de luzes são farol de neblina e farol de milha.

Vamos explorar os recursos, os objetivos e o funcionamento de cada um deles agora.

Faróis de neblina

Faróis de milha podem refletir as partículas de neblina, neve ou poeira no ar, causando brilho e confundindo os olhos dos motoristas para que eles não vejam a estrada adequadamente.

Os faróis de neblina, como o próprio nome sugere, foram desenvolvidas para uso em neblina perigosamente espessa.

Eles também podem ser usados ​​para outras condições em que a visibilidade é limitada.

Os faróis de neblina são unidades completamente separadas dos faróis padrão.

Eles têm uma forma de feixe única, geralmente posicionados perto do parachoque dianteiro.

A forma dos faróis de neblina geralmente se assemelha a uma barra estreita.

Eles são destinados a cortar a neblina e iluminar a superfície da estrada para que os motoristas possam ver o suficiente para ficar dentro de sua pista.

Além de névoa, os faróis de neblina também são úteis em situações com quantidades significativas de poeira na estrada.

Sem faróis de neblina, os motoristas podem não ver obstáculos, como galhos de árvores, animais selvagens ou detritos a tempo de evitá-los.

Faróis de neblina traseiros e dianteiros

Os veículos normalmente são equipados com faróis de neblina dianteiros e traseiros.

Aqueles na frente estendem a faixa de visibilidade do motorista, tanto quanto possível, diretamente à frente do carro.

No entanto, a atenção no trânsito segue sendo indispensável.

Mesmo que o motorista possa ver a estrada à frente, outros talvez não sejam capazes de distinguir claramente os objetos através da neblina, névoa, fumaça ou outras condições perigosas.

Os faróis de neblina instalados na parte de trás do carro servem para avisar outros motoristas da presença do carro.

Geralmente, quando na retaguarda, são conectadas em um circuito separado, além do resto da iluminação do carro.

Restrições aos faróis de neblina

Os faróis de neblina são tão fortes que a muitas regiões pelo mundo proíbem o seu uso, exceto em casos de neblina espessa ou outro clima severo.

Se eles são usados ​​em condições normais, outros condutores podem ser cegados pelo brilho ou distraídos pelo padrão de luz.

Isso é especialmente comum quando é utilizado farol de xenon.

Assim que a neblina desaparecer ou a névoa se dissipa, os condutores devem desligar os faróis de neblina para não atrapalhar ou distrair outros motoristas.

Como já destacado, em alguns países, como a Austrália, quem usa faróis de neblina quando a visibilidade é normal ou apenas um pouco reduzida podem se complicar e receber uma multa.

Não é o caso do Brasil, vale lembrar.

Faróis de milha

Os faróis de milha são ainda mais fortes do que os faróis de neblina.

Eles têm uma viga estreita e reta, e estão instalados na frente do carro.

Os faróis de milha são sempre brancos, uma vez que as luzes brancas são mais poderosas no escuro do que o amarelo ou o vermelho.

Recorra sua multa de trânsito

Usos para os faróis de milha

Muitos motoristas os usam enquanto estão fora de estrada ou atravessam rodovias escuras e desertas do país.

Os faróis de milha são projetados para enviar feixes poderosos muito à frente, iluminando o próximo trecho de estrada que os motoristas devem percorrer.

Restrições sobre o uso do farol de milha

Como eles são tão poderosos, nunca devem ser empregados em direção a outros motoristas.

As luzes brilhantes podem ser uma distração para eles, tirando sua atenção da estrada.

Mesmo uma distração momentânea pode causar um acidente, variando de um incidente menor a um acidente severo, envolvendo lesões aos motoristas e aos passageiros.

Alguns países aplicam sanções pelo uso inadequado de faróis de milha.

 

4 Diferenciais do Farol de Neblina

farol neblina diferenciais
Não usar o farol de neblina é classificado como infração média

O farol de neblina é muito importante para que o condutor tenha uma viagem tranquila, trafegando com segurança em condições adversas.

Mas se você ainda tem dúvidas sobre a sua utilidade, os quatro diferenciais que vamos citar agora devem acabar com elas.

1. Deixa você mais tranquilo na estrada

Alguns estudos já foram divulgados relacionado o uso do farol de neblina à redução de acidentes em climas nebulosos.

Sua contribuição chegaria a diminuir em até 80% o número de ocorrências.

O certo é que, se você utiliza seu farol de neblina corretamente, automaticamente contribui para um trânsito mais seguro.

2. Ajuda a não atingir animais

O farol de neblina impede de colidir com animais na estrada em dias nebulosos.

Obviamente, ele se torna ainda mais válido para animais de pequeno porte, que podem escapar do feixe de luz do farol tradicional.

3. Contribui para a prevenção de acidentes graves

Não é por acaso que o farol de neblina foi inventado.

Dirigir sob forte nevoeiro expõe o motorista a riscos consideráveis.

Colisões de grande repercussão são esperadas nesses cenários, se o farol de neblina não está presente.

Não é exagero afirmar que a tecnologia possibilidade evitar uma série de acidentes graves nas estradas.

Afinal, antes do farol de neblina, muito daquilo que você agora enxerga na estrada era um completo vazio.

4. Evita que você seja multado em dias de neblina

O farol de neblina é um item essencial e isso todo mundo sabe, mas ele também pode ser econômico ao seu bolso.

Ele evita que você seja multado e tenha que gastar ainda mais, pois seu carro será recolhido.

Veja só o que diz o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em seu artigo 250:

“Art. 250. Quando o veículo estiver em movimento:

(…)

II – deixar de manter acesas pelo menos as luzes de posição sob chuva forte, neblina ou cerração

(…)

Infração – média;

Penalidade – multa.”

A infração média custa R$ 130,16  e gera quatro pontos na carteira de motorista (CNH).

 

5 Vantagens do Uso de Faróis de Neblina HID

Os faróis de neblina de alta intensidade (HID) são uma das mais recentes tecnologias de iluminação disponíveis para automóveis.

Estas luzes não usam o filamento de metal comum às luzes halógenas usam.

Em vez disso, usam uma cápsula de gás xenônio para produzir luz.

As luzes também contêm um haleto metálico e um arco elétrico ajustado entre dois eletrodos dentro da lâmpada.

Uma faísca de eletricidade de alta tensão é criada por um lastro que acende o gás para produzir uma luz azul clara e distinta.

No entanto, você também pode obter luz branca e pura com as variedades de atualização de luzes HID.

Abaixo estão cinco vantagens que acompanham esse tipo de farol.

Recorra sua multa de trânsito

1. Eficiente de energia

Os faróis HID usam menos energia para produzir mais luz do que as luzes halógenas.

Os lúmens produzidos a partir de uma luz HID de 35 watts são cerca de 3 vezes os lumens produzidos a partir de uma luz halógena de 55 watts.

Isso torna as luzes HID uma opção eficiente de energia devido ao menor consumo.

2. Amiga do meio ambiente

A menor energia utilizada para produzir luz resulta em menos emissões de dióxido de carbono do veículo para a atmosfera.

Isso ajuda a reduzir o grau de poluição ambiental causada pelos carros.

As luzes também produzem menos calor do que as luzes padrão, o que torna um ambiente mais estável.

3. Grande Iluminação

As luzes HID produzem maior iluminação do que outras.

O farol també resultam em uma luz muito brilhante, que é semelhante à luz natural.

É capaz de abranger cerca de 70% da estrada.

Isso contribui para uma maior visibilidade ao conduzir, o que é vital para a segurança rodoviária.

Ele também dá um nível de confiança maior ao volante.

O tempo de reação aos obstáculos que você pode encontrar nas estradas não é apenas mais rápido, mas mais preciso.

Este é um impulso de segurança para você e para outros usuários da estrada.

4. Melhor Distribuição da Luz

Faróis de neblina HID distribuem luz mais uniformemente do que outras luzes.

Isso ocorre porque, uma vez que acendeu, o xenônio produz luz extremamente brilhante, de 3 a 5 vezes mais que as lâmpadas de halogéneo.

A maior intensidade de luz ajuda a criar uma distribuição de luz mais uniforme que melhora a visibilidade.

5. Durabilidade

As luzes HID têm uma longevidade muito maior do que outras.

Na maioria dos casos, as luzes durarão ao longo da vida útil do veículo.

Eles normalmente têm uma vida útil de 2.000 horas em comparação com 500 a 1.000 horas para luzes halógenas.

Isto é em parte porque as luzes HID não usam o filamento que tende a deteriorar-se com o tempo.

A maioria dos modelos de faróis de neblina HID também são fabricados com alta resistência ao impacto.

Eles podem suportar mais vibrações e choques sem nenhum dano.

Isso torna as luzes uma opção econômica para instalar no seu veículo.

 

Quando Usar o Farol de Neblina

A maioria dos carros costumava vir com faróis altos e baixos. E sempre foi assim.

Os faróis de neblina foram introduzidos em um esforço para fazer viagens rodoviárias durante condições de neblina serem mais seguras.

Muitos veículos mais novos vêm com faróis de neblina como equipamento padrão, mas é surpreendente quantos motoristas realmente não entendem quando essas luzes devem ser usadas.

Há uma resposta simples aqui: o nome diz tudo.

Os faróis de neblina não são suficientemente brilhantes para assumir o lugar dos faróis regulares para a condução noturna.

Eles também não fornecem iluminação suficiente da borda da estrada.

Não são suficientemente brilhantes para substituir seus faróis quando está chovendo.

Então, quando eles deveriam ser usados?

Os faróis de neblina são luzes suplementares projetadas para aumentar a luz de seus faróis quando dirigindo somente em condições de neblina.

Então, por mais óbvio que pareça, é preciso repetir: eles só devem ser usados ​​em condições de neblina.

Recorra sua multa de trânsito

Como Funcionam os Faróis de Neblina?

Seus faróis normais podem causar um brilho na neblina, à medida que a luz é rebocada de partículas de água no ar.

Devido à sua construção única, os faróis de neblina também são diferentes dos demais.

O feixe é emitido largo e plano, criando uma “barra”.

A posição das luzes baixas na frente do seu carro também ajuda a visibilidade em caso de neblina.

Considerações de uso

Muitas áreas realmente banem o uso de luzes de neblina em condições que não sejam neblina ou névoa, ou em outros climas severos que possam justificar seu uso.

O brilho das luzes pode ser um risco para a segurança, já que pode isolar outros motoristas, resultando em um acidente.

Assim, as luzes de neblina devem ser usadas somente em condições de neblina, chuva forte ou nuvens de pó, que é como define o nosso código de trânsito.

Nunca dirija com as luzes de neblina se as condições meteorológicas não o garantem.

 

Farol de Neblina Substitui o Farol Baixo?

farol neblina baixo
Esse é um mito perigoso!

O farol de neblina não substitui o farol baixo.

E é bom você saber bem disso, pois existem várias “pegadinhas” na nova lei do farol que podem acabar resultando em multas para condutores desavisados.

Você ainda dependerá do seu farol de neblina nas mesmas condições que sempre dependeu.

É só você fazer exatamente o que dissemos em tópicos anteriores que jamais será passível de multa.

Lembre-se: não dê chance ao azar. Tenha precaução.

Utilize o farol de neblina da forma correta. Só em neblinas.

 

Cuidados ao Dirigir na Neblina

farol neblina cuidados dirigir
Não dirija em altas velocidades em regiões com muita neblina

Você já sabe que, para dirigir na neblina, deve estar utilizando seu farol de neblina, certo?

Só aí já tem meio caminho andado.

Mas há outras condutas importantes a adotar para dirigir bem, prezando pela própria segurança e dos demais atores no trânsito.

Confira:

 

Conclusão

farol neblina conclusao
A tecnologia por trás do farol de neblina é bastante interessante, como você aprendeu neste artigo

No Brasil, talvez pela menor incidência de condições próprias para o seu uso, ainda há muita confusão sobre quando acionar ou não o farol de neblina.

Fora do país, no entanto, ele efetivamente salva vidas. Experimente dirigir na neve e você vai entender melhor.

Mas nem é preciso tanto. Ao trafegar em condições de nevoeiro, você já sente falta dessa luz adicional se o seu carro não a possui.

Não há dúvidas de que o farol de neblina é um item de segurança.

E, como tal, seria importante que estivesse em todos os modelos, até mesmo nos mais básicos e populares.

Agora que você aprendeu como usar o farol de neblina, seja um motorista prudente e consciente.

Se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco.

A equipe do Doutor Multas está sempre a postos para bem atendê-lo.

Não esqueça de deixar um comentário e de compartilhar o artigo.

Recorra sua multa de trânsito

 

9 Diferenciais e Vantagens do Farol de Neblina e Quando Usar
Esse texto te ajudou?