Motor a Diesel x Motor a Gasolina: Vantagens e Desvantagens de Cada Um  

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.
motor a diesel gasolina entenda as diferencas
Motor a Diesel x Motor a Gasolina: Vantagens e Desvantagens de Cada Um

Você conhece as principais diferenças entre os motores a diesel e a gasolina? Sabe quando um ou outro são recomendados?

No Brasil, os únicos veículos autorizados a trafegarem com motor a diesel são aqueles com capacidade de transporte superior a mil quilos.

É por isso que os caminhões, ônibus e alguns modelos de picapes que você vê diariamente nas vias públicas são movidos a diesel, enquanto um automóvel de passeio utiliza gasolina, álcool ou etanol.

Mas por que existe essa regra? Qual é o problema do motor a diesel? Será que essa proibição é fundamentada?

Muitos proprietários de veículos possuem esse questionamento, pois sonham com a maior economia proporcionada pelo motor a diesel.

Afinal, como você sabe, os custos de manutenção de um automóvel no Brasil são muito altos.

Primeiro, o condutor precisa arcar com todas as taxas para deixá-lo regularizado: o seguro obrigatório DPVAT, o tributo IPVA e o licenciamento anual.

Há também o seguro privado, custos com garagem e estacionamento, manutenção e limpeza, além de multas que, eventualmente, podem ocorrer.

custo com o combustível, no entanto, supera todos esses. É só olhar na placa do posto o preço da gasolina, levar em consideração o consumo do veículo e fazer o cálculo do valor pago para cada quilômetro rodado.

Serão centavos, mas, se você os multiplicar pelo número de quilômetros que percorre em um mês, será um valor considerável.

Nesse contexto, o óleo diesel tem um preço menor do que a gasolina. Por isso, muitas pessoas se opõem à proibição de usá-lo em carros de passeio.

Mas, como o motor a diesel não é igual ao que utiliza gasolina, a escolha entre um ou outro não deve levar em conta apenas o preço do litro na bomba do posto.

Aqui, você vai saber tudo sobre o assunto e poderá julgar se, caso a restrição caia, ter um carro com motor a diesel será a melhor opção.

 

Como Funciona Motor a Diesel

motor a diesel como funciona
Tire todas as dúvidas sobre o funcionamento do motor a diesel

Curiosamente, o motor a diesel não é chamado assim em função de utilizar o óleo diesel.

Ele ganhou esse nome por ser o combustível utilizado no motor desenvolvido pelo engenheiro alemão Rudolf Diesel (1858-1913).

O primeiro protótipo do inventor, inclusive, sequer utilizou o óleo que posteriormente foi batizado com o seu nome, mas sim um óleo vegetal.

O óleo é um hidrocarboneto obtido a partir do petróleo destilado a altas temperaturas.

Basicamente, o motor a diesel funciona por combustão interna, a partir da reação química originada da mistura de óleo e do oxigênio presente no ar.

Apesar de ter sido criado há muito tempo, até hoje se destaca pela simplicidade – pois não precisa de velas de ignição, por exemplo – e confiabilidade.

A queima que permite ao motor exercer a sua função acontece por meio da compressão, que se dá no interior da câmara de combustão.

A compressão é a pressão exercida sobre a substância, reduzindo o seu volume.

Os motores a diesel mais comuns funcionam em quatro tempos. Primeiro, é aspirado ar para dentro do cilindro.

Então, inicia-se a compressão, a temperatura dentro do cilindro aumenta por conta da diminuição do volume.

O óleo diesel, em seguida, é pulverizado pelo ejetor em gotículas, misturando-se com o ar quente, originando a combustão.

O ciclo se encerra com a fase de escape, em que os gases de combustão são expulsos do cilindro.

Agora que você sabe como funciona o motor a diesel, veja, na próxima seção, como é o funcionamento do motor a gasolina.

Funcionamento do Motor a Gasolina

motor a diesel funcionamento motor gasolina
Entenda o funcionamento em 4 passos logo abaixo

Assim como o motor a diesel, os motores que tem a gasolina como combustível também cumprem, na maioria dos casos, os quatro tempos (admissão, compressão, combustão e escape).

Eles foram, afinal, inspirados na invenção de Rudolph Diesel. O funcionamento é basicamente o seguinte:

  1. o pistão é forçado a fazer um movimento para baixo, fazendo a válvula abrir e entrar, no cilindro, uma mistura de ar com combustível;
  2. a válvula se fecha e a mistura é comprimida dentro do cilindro;
  3. ao atingir o grau máximo de compressão, é produzida uma faísca, por uma vela, a partir de um sistema elétrico, e a ignição é feita;
  4. a faísca origina o processo de combustão, que produz gases que se expandem rapidamente, fazendo o pistão se deslocar. Essa força faz as engrenagens girarem e o automóvel andar.

Note que a única diferença entre esse processo e o funcionamento do motor a diesel é o passo número três.

Nos veículos que utilizam óleo diesel, como já falei, a combustão acontece apenas com a compressão.

Nos motores a gasolina, ela é fruto da compressão e da faísca proporcionada pela vela.

No tópico a seguir, explicarei melhor quais são as principais diferenças entre o motor a diesel e o motor a gasolina.

Motor a Diesel x Motor a Gasolina: Diferenças

motor a diesel gasolina diferencas
O preço do combustível não é a única diferença

O fato de necessitar da faísca originada pela vela para gerar a combustão, no caso do motor a gasolina, é a maior diferença no funcionamento entre ambos os motores.

Por conta dessa característica, a taxa de compressão de um motor a diesel é muito maior.

Esse fator, somado a outros, leva a uma série de diferenças práticas entre um veículo que tem um motor a gasolina e um que utiliza o diesel como combustível.

Em países em que qualquer veículo pode ter o motor movido a óleo diesel, consumidores levam em conta essas diferenças – que vão muito além do preço – na hora de escolher.

Em vários países europeus, por exemplo, há mais carros movidos a diesel circulando do que a gasolina.

Sob a ótica do consumidor, há algumas principais características que diferem um veículo com motor a gasolina de um que se move a diesel. Veja, abaixo, quais são elas.

Consumo: sem dúvida, essa é uma das maiores vantagens dos veículos com motor a diesel.

Eles podem fazer até 25 quilômetros por litro, marca impensável em veículos do mesmo porte movidos a gasolina.

Preço do combustível: atualmente, o preço médio do diesel no Brasil está cerca de 18% mais barato que o da gasolina.

Trata-se, porém, de um dado volátil, que poderá mudar com o tempo. Nos Estados Unidos, por exemplo, o preço dos dois combustíveis é praticamente o mesmo.

Preço do motor: aí temos a primeira desvantagem do motor a diesel na comparação com o a gasolina. Como sua fabricação envolve maior tecnologia, ele custa mais caro.

Manutenção: apesar de ter surgido antes que o motor a gasolina, o motor a diesel possui, hoje, uma tecnologia mais avançada. Por isso, sua manutenção também é mais cara.

Durabilidade: outro motivo que torna o motor a diesel mais caro é a sua robustez. O lado bom é que, por conta disso, ele seguramente irá durar muito mais.

Tratando-o com os devidos cuidados, o veículo desse tipo poderá ser seu companheiro por muitos anos e manterá um bom valor de revenda por algum tempo.

Alta velocidade: se você está procurando por um veículo de alta performance a velocidades altas, o motor movido a gasolina é o ideal.


Por conta das características que acabei de mencionar, muita gente considera que o carro a gasolina é comparável a um cavalo de corrida, enquanto o movido a diesel seria um cavalo de trabalho – não tão veloz, porém mais forte, resistente e duradouro.

Por isso, esse tipo de combustível é mais utilizado em veículos de carga e de transporte coletivo de passageiros e em máquinas agrícolas.

E quanto aos veículos de passeio, em quais casos seria melhor ter o diesel como combustível?

Em entrevista à revista Quatro Rodas, o engenheiro Luso Ventura, do grupo Aprove Diesel, considera que o carro a diesel não é indicado para todos os perfis de condutores.

Isso porque, conforme Ventura, o motor a diesel é mais vantajoso para quem roda mais do que a média e para quem tem carros mais pesados.

Ele justifica seu posicionamento mencionando que os motores a diesel são naturalmente mais caros e muito mais duráveis que um a gasolina, por isso, para o investimento valer a pena, o condutor deve ter esse perfil.

Para você ter uma ideia da média de preço por litro do óleo diesel no País, veja o tópico abaixo. Elaborei um compilado com os valores encontrados em cada região do Brasil.

A fim de estabelecer um comparativo, também expus os valores do litro da gasolina nessas mesmas regiões.

Mas lembre-se: os preços oscilam de tempos em tempos.

Preço do Óleo Diesel

motor a diesel preco do combustivel
No Brasil, os preços entre os combustíveis diferem muito

Todo mundo que dirige um carro movido a gasolina detesta quando o painel aponta que o combustível no tanque está no fim.

Isso porque já sabe que, se quiser enchê-lo, terá de desembolsar uma boa quantia de dinheiro.

Alguns até pesquisam os preços nos postos da região e costumam dirigir até um pouco mais longe porque os poucos centavos de economia por litro, em determinado posto, compensam esse deslocamento.

Se fosse possível abastecer o veículo com óleo diesel, estaríamos falando de uma economia que pode ultrapassar os R$ 0,70 por litro.

Veja, abaixo, a comparação entre a média de preço dos dois combustíveis em cada uma das cinco regiões do Brasil.

As informações são do Sistema de Levantamento de Preços (SLP) da Agência Nacional do Petróleo (ANP), em relatório referente ao mês de agosto de 2019.

Região Centro-Oeste:

Preço médio do litro de diesel: R$ 3,67

Preço médio do litro de gasolina: R$ 4,28

Região Nordeste:

Preço médio do litro de diesel: R$ 3, 55

Preço médio do litro de gasolina: R$ 4,42

Região Norte:

Preço médio do litro de diesel: R$ 3,77

Preço médio do litro de gasolina: R$ 4,36


Região Sudeste:

Preço médio do litro de diesel: R$ 3,48

Preço médio do litro de gasolina: R$ 4,32

Região Sul:

Preço médio do litro de diesel: R$ 3,35

Preço médio do litro de gasolina: R$ 4,16

Como você pode ver, há uma significativa diferença entre os preços da gasolina e do diesel em cada região do Brasil – o condutor paga uma média de R$ 0,74 a mais pelo litro de gasolina, analisando todos esses valores.

Você pode estar se perguntando, então, o porquê de não haver a liberação do uso de óleo diesel para todos os tipos de veículos.

Afinal, certamente, muitas pessoas pagariam bem menos para abastecerem os seus carros.

Entenda mais sobre o que a legislação aborda a respeito dessa proibição no próximo tópico.

 

Proibição do Diesel em Veículos de Passeio

motor a diesel proibicao veiculos passeio
Você já ouviu falar do ProÁlcool?

Como já mencionei, no Brasil, é proibido que carros de passeio utilizem motor movido a óleo diesel. O curioso é que não se sabe de outro lugar no mundo que tenha esta regra.

Segundo o engenheiro Luso Ventura, na mesma entrevista à Quatro Rodas citada anteriormente, essa é uma regra que surgiu após o Programa Nacional do Álcool (ProÁlcool).

Não se trata de nenhuma apologia às bebidas alcoólicas, mas sim uma iniciativa do governo brasileiro que surgiu em 1975, em virtude da crise do petróleo de 1973.

A intenção era substituir em larga escala o uso de combustíveis à base do petróleo pelo etanol (álcool combustível).

Hoje, o contexto é outro, mas a proibição ainda está vigente. O atual texto legal que dá suporte à regra é a Portaria Nº 23/1994 do Departamento Nacional de Combustíveis (DNC).

Conforme explana seu art. 1º, é proibido o consumo de óleo diesel por veículos de passageiros de carga e de uso misto (nacionais e importados), com capacidade de transporte inferior a 1.000 Kg.

A proibição é complementada pela Resolução Nº 292/2008 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Em seu art. 5º, a Resolução aborda que somente serão registrados, licenciados e emplacados veículos com motor a óleo diesel autorizados, conforme a Portaria nº 23, de 6 de junho de 1994, baixada pelo extinto Departamento Nacional de Combustíveis – DNC, do Ministério de Minas e Energia e regulamentação específica do DENATRAN.

Também é preciso atentar para o que estabelece o parágrafo único deste mesmo artigo: ele proíbe a modificação da estrutura original de fábrica dos veículos para aumentar a capacidade de carga, visando o uso do diesel.

Ou seja, se você importasse um veículo desse tipo (as fábricas nacionais obviamente não os fabricam), não poderia registrá-lo nem licenciá-lo.

Contudo, você pode estar se questionando quanto à possibilidade de converter um motor a gasolina para diesel, não é mesmo?

Respondo no próximo tópico!

É Possível Converter um Motor a Gasolina Para Diesel?

Por conta das diferenças no modo como os dois motores funcionam, conforme expliquei anteriormente, eles envolvem, também, tecnologias diferentes.

Por isso, não existem veículos total flex que podem funcionar tanto com diesel quanto com gasolina.

Mas, seria possível transformar um motor à gasolina, fazendo com que ele aceite também óleo diesel?

Em maio, um leitor da revista Quatro Rodas teve essa dúvida e perguntou, por e-mail, se não seria necessário apenas trocar o cabeçote do motor, já que a diferença é que o motor a diesel não necessita das velas.

A resposta é não, pois há outras diferenças estruturais entre os dois motores.

A conversão é praticamente inviável, porque os componentes do motor a diesel são mais robustos, enquanto o motor a gasolina já nasceu frágil demais para a tarefa de produzir a combustão apenas a partir da compressão.

Então, não há muito o que fazer: se você quer economizar no combustível do seu veículo a gasolina, a saída é rodar menos.

Quem sabe, se a distância não for muito longa, você pode ir a pé ou de bicicleta para o seu compromisso diário? Além de economizar dinheiro, deixar o carro na garagem pode ser sinônimo de saúde, tanto para o corpo quanto para o ar que respiramos.

Por falar nisso, você sabe qual dos dois combustíveis citados no texto polui menos o meio ambiente?

Veja no próximo tópico!

 

Qual Combustível Polui Menos: Diesel ou Gasolina?

motor a diesel qual combustivel polui menos
O diesel tem uma história maior em relação a poluição do que a gasolina

Essa é uma questão bastante polêmica. Os dois combustíveis são derivados do petróleo e, portanto, são potencialmente nocivos ao meio ambiente.

Historicamente, porém, o óleo diesel é mais relacionado à poluição do que a gasolina.

Isso vinha mudando com o decorrer dos anos, com o aumento da tecnologia dos veículos (que ganharam catalisadores e filtros) e do próprio combustível.

O óleo diesel do tipo S10, por exemplo, tem níveis muito menores de enxofre. Um veículo a diesel mais antigo, porém, ainda é um grande poluidor.

Apesar de a má fama do óleo diesel ter regredido, na Alemanha tudo foi por água abaixo com os escândalos envolvendo algumas das principais montadoras de veículos do mundo.

As fabricantes das marcas Volkswagen, Audi, Porsche, Daimler e BMW foram denunciadas há poucos anos por uma série de irregularidades.

Uma das mais graves denúncias recaiu sobre a Volkswagen, que foi acusada de burlar os testes de emissões de gases em veículos movidos a diesel.

A situação gerou um movimento de parte da população alemã a favor da proibição da circulação de veículos movidos a óleo diesel.

O fato é que assuntos relacionados à poluição do meio ambiente estão cada vez mais em voga no cenário mundial. Com isso, como você pode imaginar, a utilização do óleo diesel nos veículos continua sendo alvo para crítica de muitos ambientalistas.

Mas, afinal, é possível definir qual será o futuro desse combustível?

Futuro do Motor a Diesel

motor a diesel futuro
Os carros elétricos são o futuro!

Enquanto na Alemanha o futuro do óleo diesel como combustível para os veículos está em cheque, no Brasil, como já expliquei, a intenção é expandir sua utilização.

Caso a proibição de carros de passeio com motor a diesel realmente deixe de existir por aqui, no início, os automóveis terão de ser importados.

Segundo o engenheiro Luso Ventura, na entrevista à Quatro Rodas, a adesão seria baixa no começo, mas, com o aumento da demanda, a diferença de preço entre o carro a gasolina e a diesel ficaria cada vez menor.

É o caso da Europa, onde a diferença é de cerca de 10% no mesmo modelo. Como resultado, hoje quase 50% da frota europeia é movida a diesel.

Se pensarmos mais no longo prazo, porém, não veremos nem gasolina e nem o óleo diesel em nosso horizonte.

Isso porque a tendência dos carros elétricos parece estar bastante solidificada. Cada vez mais montadoras estão desenvolvendo protótipos ou entrando definitivamente nesse mercado.

Se você quiser saber mais sobre o fim dos combustíveis baseados em petróleo em razão da expansão dos automóveis elétricos, leia este artigo do site português Razão Automóvel.

Nem todos, porém, concordam que o carro elétrico é tão sustentável assim. Afinal, há questões como a origem da energia que carrega as enormes baterias – e a reciclagem das mesmas.

Em artigo de opinião publicado no site da Deutsche Welle Brasil, o jornalista Henrik Böhme problematiza essa questão.

 

Conclusão

motor a diesel autonomia eliminar proibicao duracao prolongada
Qual a sua opinião sobre a possibilidade de ter um automóvel de passeio movido a diesel?

Com todas essas informações, qual é a sua opinião sobre os carros com motor a diesel?

Como expliquei, apenas veículos com capacidade de transporte de pelo menos mil quilos são autorizados a utilizar esse tipo de combustível no país.

Carros de passeio, portanto, não podem ter motor a diesel.

Apesar de ser mais caro, uma grande vantagem do carro a diesel é que ele é mais econômico, pois tem uma autonomia maior e o curso do combustível é menor.

Além disso, é um motor que dura muito mais tempo. Se você não pretende trocar de veículo tão cedo ou quer um valor de revenda melhor, é uma boa opção.

Seja qual for a escolha, se você está pensando na emissão de gases do efeito estufa, a recomendação não é optar pelo tipo de combustível, e sim pelos carros mais tecnológicos.

Ficou com alguma dúvida a respeito dos veículos com motor a diesel? Deixe um comentário abaixo, para que eu ajude a solucionar a sua questão.

 

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.