Como Fazer o Cálculo de Consumo de Combustível de Maneira Simples

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.

O valor do combustível aumentou muito no ano de 2018 e nós vamos te ensinar a fazer o cálculo de consumo de maneira fácil e simples, para você economizar e rodar como mais tranquilidade.


consumo de combustivel 2018

Como você faz para saber o consumo de combustível do seu veículo?

Se é daqueles condutores que vão ao posto com a calculadora na mão, não se sinta único.

A verdade é que os valores da gasolina e do óleo diesel simplesmente dispararam em 2018.

Não dá para sair de casa despreocupado, sem saber como calcular o consumo de combustível.

Mais do que nunca, essa é uma despesa que assume protagonismo no orçamento mensal.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Mas vamos nos aprofundar mais no tema desse artigo, que é o cálculo de consumo de combustível.

Antes de mais nada, precisamos entender que ele é importante porque nos permite saber mais sobre o rendimento do nosso veículo.

Afinal, 1 litro de gasolina faz quantos quilômetros no seu carro ou moto?

Você precisa saber a resposta.

Quando se tem ciência desse número, é possível prever quantos litros serão gastos ao fazer uma viagem, por exemplo.

Também dá para se prevenir ao descobrir quantos litros você gasta ao fazer o percurso de casa para o trabalho e vice-versa.

Além, é claro, da clareza com relação ao custo do combustível e seu impacto no bolso.

Com o resultado, talvez você comece a perceber que vale mais a pena fazer a sua viagem de ônibus ou se deslocar para o seu trabalho de metrô, por exemplo.

Neste artigo, vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre o consumo de combustível dos carros e motos.

Além de mostrar como calcular combustível, vamos falar sobre a planilha ou tabela de consumo de combustível e como essa ferramenta pode ajudar você.

Também iremos destacar a média de consumo de combustível por veículo, uma informação essencial para quem pensa em trocar de carro.

Interessado?

Aproveite a leitura!

 

Por Que o Combustível Está Tão Caro?

consumo de combustivel por que tao caro
Entenda por que diariamente nos assustamos com os valores dos combustíveis

Não é só você que sente no bolso o peso dos combustíveis.

Praticamente todo brasileiro que tem um veículo hoje se preocupa em como economizar.

Para você ter uma ideia do que estamos falando, recentemente, a Petrobrás anunciou um aumento de 10,2% na gasolina e de 5,5% no óleo diesel.

Poucos dias depois, divulgou uma redução de 3,8% na gasolina, porém um acréscimo de 0,7% no óleo diesel.

É um vai e vem que confunde os motoristas.

E o pior: nem todos os postos chegam a repassar redução de valores, já aguardando novos reajustes para cima.

As últimas notícias mostram que esse cenário deve continuar.

Pra piorar, o preço fica maior para nós consumidores, por conta dos tributos e também dos valores que são cobrados pelas distribuidoras.

Ou seja, com esse acréscimo, fica complicado não ter um controle do quanto estamos gastando.

Mas você sabe por que o combustível está tão caro?

Um dos motivos, de acordo com a Petrobrás, foi a passagem do Furacão Harvey pelos Estados Unidos, que afetou a produção de petróleo.

Então, não é só o Brasil que está sofrendo com a alta nos preços dos combustíveis.

 

Como Calcular o Consumo de Combustível de Maneira Simples em 2018

consumo de combustivel como calcular maniera simpes 2018
Existem jeitos inteligentes de calcular o consumo do seu veículo

Já que a alta no preço do combustível não parece ser algo passageiro, melhor mesmo é se prevenir.

E uma das maneiras de fazer isso é conhecendo o seu veículo.

Afinal, o consumo de combustível nele determina o total gasto especificamente nessa despesa.

Para fazer o cálculo de consumo de combustível, não há nenhum mistério.

É necessário dividir o número de quilômetros rodados pela quantidade de litros suficientes para encher o tanque do veículo.

Para colocar em prática, siga este passo a passo:

  1. Vá até o posto de gasolina e encha o tanque.

  2. Depois, zere o marcador de quilometragem ou anote a quilometragem do carro, caso ele não dê a opção de zerar.

  3. Quando for novamente ao posto, encha o tanque.

  4. Observe quantos quilômetros rodou com o tanque anterior.

  5. Se não tem essa informação no painel, veja a quilometragem atual e subtraia pela anteriormente anotada.

  6. Por exemplo, se antes marcava 34.821 e agora marca 35.338, significa que percorreu 517 quilômetros com o tanque anterior.

  7. Anote esse valor.

  8. Agora, repare na bomba ou na nota fiscal quantos litros você colocou nesse reabastecimento. Vamos supor que tenha colocado 42 litros.

  9. Para encontrar o consumo de combustível do seu veículo, resta dividir a quilometragem rodada (517) pelos litros (42).

  10. Nesse exemplo, seu veículo fez uma média de 12,3 quilômetros por litro.

Mais à frente, quando apontarmos motivos para calcular o consumo de combustível, você vai entender por que essa média é tão importante.

Mais opções para calcular o consumo de combustível

Este site especifica três formas diferentes de verificação do consumo de combustível.

Veja se alguma delas está à disposição no seu veículo:

  1. A primeira delas é o cálculo manual, no qual é preciso checar o marcador de combustível e também o odômetro parcial;

  2. A segunda é feita pelo próprio veículo, que calcula o consumo médio a partir das informações dos últimos 30 minutos e informa o resultado no painel do carro. Porém, não está disponível em todos veículos;

  3. A última, também presente apenas em alguns carros, mostra o consumo médio instantâneo do veículo.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

O site ainda apresenta os fatores que podem interferir no consumo de combustível. Entre eles:

  • A calibragem dos pneus;

  • A mudança de percurso;

  • A falta de alinhamento do carro;

  • O ar condicionado.

Sobre esse último fator, vale lembrar que o aparelho altera o resultado caso você faça o percurso em um dia com ele ligado e, no outro dia, com ele desligado.

Os gastos também são diferentes nas ruas da cidade e em uma estrada.

Por isso, você precisa fazer um cálculo para cada situação.

O rendimento deve ser melhor na estrada, pois a velocidade se mantém estável.

Vale destacar ainda alguns sites que disponibilizam uma espécie de calculadora online para você fazer a conta.

Neste site, por exemplo, você consegue fazer o cálculo inserindo o local de origem, o de destino, o valor por litro e a quilometragem por litro

Nesta outra alternativa, a calculadora pede que você especifique se o veículo é movido a gasolina ou a álcool.

Ela pede também para informar a quantidade de litros e a quilometragem por litro para ver o resultado.

Já este outro site pede a distância, o consumo médio do veículo e o preço da gasolina ou do diesel.

Todas elas darão o resultado. Escolha a melhor opção para você.

 

Por Que é Importante Calcular o Consumo de Combustível?

consumo de combustivel por que e importante
O cálculo de consumo de combustível é fundamental

Calculando o consumo de combustível, conseguimos saber qual é a forma mais econômica para a nossa locomoção no dia a dia e em uma viagem.

O resultado nos permite fazer uma comparação se é mais vantajoso ir de carro ou usar um ônibus, um metrô ou um trem para o nosso deslocamento.

O cálculo também é uma boa oportunidade para saber se o seu carro precisa de manutenção.

Você vai perceber isso caso o consumo comece a aumentar muito de uma hora para a outra.

Mas se ele sofrer um aumento pontual você também deve se atentar, pois esse é um indicador de que o posto que utilizou para abastecer pode não estar com o combustível em boas condições.

E gasolina adulterada é um problema.

Nesse caso, você deve levar o carro a um outro posto mais confiável antes que isso traga muitas dores de cabeça, incluindo a queima do tanque, muito comum quando se trata de combustível “batizado”.

O Inmetro possui uma tabela que permite que você faça uma comparação para saber se o consumo de combustível do seu carro está dentro da média.

Caso não esteja, você precisará levá-lo a um mecânico de confiança ou à concessionária para entender o que pode estar acontecendo.

 

Crie a Sua Planilha de Cálculo de Consumo de Combustível

consumo de combustivel crie sua planilha
Trouxemos algumas dicas para você criar a sua própria planilha de controle do consumo de combustível

Você pode criar a sua própria planilha de cálculo de consumo de combustível para fazer o controle de cada abastecimento.

Uma das opções é fazer uma planilha simples, com informações como datas em que abasteceu, valores e consumo.

Outra é criar uma instrumento bem elaborado, com dados mais detalhados e gráficos ilustrativos.

Precisa de inspiração?

Separamos três sites que podem ajudar você nesse objetivo. Confira:

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Média de Consumo de Combustível por Veículo

consumo de combustivel media por veiculo
Cada veículo tem uma média de consumo; entenda

Como já mencionamos, o Inmetro disponibiliza uma tabela com a média de quilometragem por litro de cada modelo e marca de veículo.

Ela é bem completa e aponta, inclusive, a quilometragem por litro na estrada e na cidade.

Isso tudo além das emissões no escapamento e os veículos que possuem o selo de eficiência energética.

Não sabe o que é isso?

O consumo energético é medido em megajoule por quilômetro.

Ele é usado no Programa de Etiquetagem Veicular e também para as metas de eficiência do Inovar-Auto.

Ele se refere à quantidade de energia que um carro precisa para se movimentar por um quilômetro.

Quanto mais o veículo consegue rodar com um litro de combustível, menor é o valor do seu consumo energético.

Assim, foram avaliadas 35 marcas e 983 modelos.

Os considerados mais econômicos foram os veículos híbridos e os elétricos.

Fora eles, no topo da lista estão também o Peugeot 208 com motor 1.2 e o Volkswagen Up! com motor 1.0 turbo.

De acordo com a tabela, os três carros mais econômicos são:

  1. Toyota Prius 1.8 elétrico;

  2. Ford Fusion 2.0 elétrico;

  3. Volvo XC90 T8 2.0 elétrico.

Os mais econômicos por categoria

Por categoria, os mais econômicos são:

Micro compacto:

Fiat Mobi Drive GSR 1.0.

Consumo na cidade: 9,8 km/l (etanol) e 14 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 11,1 km/l (etanol) e 15,9 km/l (gasolina).

Sub compacto:

Volkswagen Move Up! TSI 1.0.

Consumo na cidade: 10 km/l (etanol) e 14,3 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 11,5 km/l (etanol) e 16,3 km/l (gasolina).

Compacto:

Peugeot 208 1.2.

Consumo na cidade: 10,4 km/l (etanol) e 14,8 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 11,0 km/l (etanol) e 15,8 km/l (gasolina).

Médio:

Toyota Prius 1.8 .

Consumo na cidade: 18,9 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 17,0 km/l (gasolina).

Grande:

Honda Civic Touring 1.5.

Consumo na cidade: 11,8 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 14,4 km/l (gasolina).

Extra grande:

Ford Fusion Hybrid 2.0.

Consumo na cidade: 16,8 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 15,1 km/l (gasolina).

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Minivan: Chevrolet Spin 1.8

Consumo na cidade: 8,1 km/l (etanol) e 11,8 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 9,4 km/l (etanol) e 13,7 km/l (gasolina).

Utilitário esportivo compacto:

Fiat Uno Way 1.3.

Consumo na cidade: 9,3 km/l (etanol) e 13,0 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 11,0 km/l (etanol) e 15,0 km/l (gasolina).

Utilitário esportivo grande:

Volvo XC90 T8 2.0.

Consumo na cidade: 15,3 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 15,8 km/l (gasolina).

Picape a gasolina ou flex:

Renault Oroch 1.6.

Consumo na cidade: 7,6 km/l (etanol) e 11,1 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 7,7 km/l (etanol) e 11,2 km/l (gasolina).

Picape a diesel:

Mitsubishi L200 Triton Sport 2.4.

Consumo na cidade: 10,1 km/l (diesel).

Consumo na estrada: 13,2 km/l (diesel).

Esportivo:

BMW i8 1.5.

Consumo na cidade: 11,3 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 13,6 km/l (gasolina).

Fora de Estrada:

Suzuki Jimny 1.3

Consumo na cidade: 10,6 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 10,4 km/l (gasolina).

Comercial:

Renault Kangoo 1.6.

Consumo na cidade: 7,3 km/l (etanol) e 10,4 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 7,7 km/l (etanol) e 10,9 km/l (gasolina).

Carga Derivado:

Chevrolet Montana 1.4.

Consumo na cidade: 7,9 km/l (etanol) e 11,7 km/l (gasolina).

Consumo na estrada: 9,2 km/l (etanol) e 13,4 km/l (gasolina).

Esses são os mais econômicos, mas você sabe quais são os que consomem mais combustível?

Modelos com maior consumo de combustível

Para acabar com a sua curiosidade, o Estadão divulgou em 2017 uma lista com os 15 carros que mais gastam.

O seu está nela?

Confira:

  1. Toyota Hilux 2.7

  2. Renault Sandero RS

  3. Fiat Toro 1.8

  4. Chevrolet S10 2.5

  5. JAC J6

  6. Chrysler Town & Country

  7. JAC J3

  8. Toyota SW4 2.7

  9. Fiat 500 Cabrio Automático

  10. Hyundai Tucson

  11. Fiat Bravo 1.8

  12. Chery Celer

  13. Chevrolet Spin

  14. Hyundai Azera

  15. Kia Grand Carnival

 

Perguntas e Respostas Sobre Combustível do Veículo

consumo de combustivel perguntas respostas
Separamos algumas das dúvidas comuns de proprietários sobre o tema

Depois de esclarecermos tudo sobre o cálculo de consumo de combustível, chegou a hora de tirarmos suas dúvidas com relação ao combustível em geral.

Para isso, separamos as perguntas e respostas mais comuns sobre o assunto.

Veja a seguir!

  1. Quais são os tipos de gasolina que existem?

No Brasil, são duas as classificações de gasolinas: a comum, com octanagem mínima de 87 IAD, e a Premium, com octanagem mínima de 91 IAD.

Já a aditivada nada mais é que a gasolina comum acrescentada de aditivos.

Eles fazem uma espécie de limpeza no motor.

A lei obriga ainda a adição de etanol anidro na gasolina com um percentual pré-estabelecido.

  1. Quem fiscaliza os postos de gasolina?

Os postos são fiscalizados pela ANP, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, criada pela Lei 9.478, de 1997.

Esse é o órgão regulador de todas as atividades que integram as indústrias de gás natural, de petróleo e de biocombustíveis do país.

Também secretarias específicas, como a da Fazenda, e o próprio Procon, na defesa do consumidor, podem exercer a fiscalização.

Não raro há notícias de ações que culminaram no fechamento de postos.

Neste caso, registrado em São Paulo, o estabelecimento era reincidente na prática fraudulenta.

Por outro lado, não depende apenas dos órgãos de fiscalização.

Cada empresa pode fazer a sua própria inspeção nos postos para atestar a qualidade dos combustíveis.

Ou seja, se o posto for idôneo, ele fará questão de mostrar isso aos seus clientes.

  1. O que significa enxofre na gasolina?

O enxofre é uma substância necessária na gasolina, porém, é um poluente que libera no ambiente substâncias nocivas para a nossa saúde.

Além de irritar as vias respiratórias, o enxofre ainda pode provocar doenças cardiovasculares e até o câncer.

Desde 2014, no entanto, a gasolina no Brasil passou a ser comercializada com ultrabaixo teor de enxofre, chamado UBTE.

É a gasolina S-50, que possui teor máximo de 50 mg/kg.

A anterior continha 800 mg/kg, mas foi substituída em todos os postos pela S-50.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

  1. O que influencia o preço da gasolina?

Essa é uma excelente pergunta, especialmente quando nos preocupamos com o consumo de combustível.

O preço é definido a partir de três fatores principais:

  1. A realização do produtor;

  2. Os tributos;

  3. As margens de comercialização brutas de distribuição e dos postos de revenda de gasolina.

Obviamente, não são apenas esses.

Fatores como aumento da carga tributária federal, estadual ou municipal, concorrência entre os postos de uma mesma região e custos de cada posto, como frete, margem de lucro, volume movimentado e encargos trabalhistas acabam por interferir nesse valor.

  1. É melhor abastecer com gasolina ou com etanol?

Outra dúvida bastante comum.

A verdade é que os dois combustíveis possuem qualidade.

Então, não é esse o fator determinante para a sua decisão.

Geralmente, a escolha é feita com base naquele que está com o melhor preço.

Nós, do Doutor Multas, já preparamos um artigo que ajuda a entender o que deve ser levado em conta nessa hora. Clique aqui para ler o texto completo.

 

Conclusão

consumo de combustivel como fazer calculo
Então, agora já sabe tudo sobre combustíveis e o cálculo de consumo?

O nosso objetivo com este artigo foi esclarecer ao máximo o tema e ajudar você a fazer o cálculo de consumo de combustível.

Assim, você pode entender se vale mesmo a pena usar o veículo no dia a dia e também em uma viagem mais longa.

Talvez o ideal seja trocar o carro pelo ônibus, pelo metrô ou pelo trem, dependendo da situação.

Essa opção cresce em razão dos frequentes aumentos nos valores dos combustíveis.

Mas se quiser mesmo manter o uso do seu veículo, já sabe do que precisa.

Fazer o cálculo de consumo de combustível é muito simples.

Basta dividir o número de quilômetros rodados pela quantidade de litros que são necessários para encher o tanque do veículo novamente.

O condutor que é organizado tira isso de letra.

Mas se precisar de uma ajudinha, você viu que há sites na internet que oferecem calculadoras para você fazer essa conta de forma bastante fácil e prática.

Basta inserir as informações pedidas, como local de origem, de destino, valor por litro e quilometragem por litro.

Esses dados podem ser diferentes em cada fonte, mas todas elas são assertivas.

É só escolher a melhor para você e usar essa informação a favor do seu bolso.

Além disso, é possível elaborar uma planilha para o seu controle de consumo de combustível.

Informações como datas em que abasteceu, valores e consumo são muito pertinentes.

E você também pode incluir mais dados, incluindo gráficos.

O cálculo também ajuda a saber se o seu veículo precisa de alguma manutenção específica.

Se você perceber que o consumo aumentou muito de uma hora para outra, aí está um sinal de alerta.

Para evitar problemas, é sempre recomendado fazer revisões preventivas.

Já para saber se o seu carro está dentro da média de consumo de combustível para a marca e o modelo dele, basta acessar a tabela do Inmetro que indicamos.

Ela possui a média de quilometragem por litro de cada modelo e marca de veículo.

É uma ótima referência.

Nessa tabela, você consegue inclusive saber quais são os carros mais econômicos por categoria.

Ótimo contar com isso, não é mesmo?

Se restou alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo.

Ficaremos felizes em poder ajudar.

Espere! Não vá ainda. Que tal participar de um teste?

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

 

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.