Ar Condicionado do Carro: 22 Coisas Que Você PRECISA Saber

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.
ar condicionado carro
Ar condicionado do carro: 22 coisas que você PRECISA saber

Em dias de muito frio ou calor, o ar condicionado do carro representa um alívio para os motoristas.

Imagine você ter que dirigir em um daqueles dias mais quentes do verão, ou nos dias mais frios do inverno, sem algum conforto térmico?

Como agravante, especialmente em dias de calor, há os engarrafamentos e as horas parados no sol.

Vai dizer que não vira um trânsito infernal, realmente?

Por essas e outras, a instalação de ar condicionado automotivo ou a compra de um carro já com o aparelho não é mais luxo, mas sim uma necessidade.

Mas é preciso saber que, junto ao ar automotivo, há uma série de cuidados que o condutor precisa adotar.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

E não pense que a atenção com o funcionamento dele se limita a proprietários de carros usados com ar condicionado.

A verdade é que, quem tem ar condicionado no carro, precisa cuidar bem dele.

É sobre isso que iremos falar neste artigo.

Muito antes de se perguntar quanto custa instalar ar condicionado automotivo, há coisas importantes que você precisa saber.

Ao longo do texto, listamos 22 delas.

Negligenciar algum item relacionado ao carro com ar condicionado pode resultar no seu mau funcionamento, prejuízos a outros componentes do veículo e aumento no consumo de combustível.

Isso que nem falamos no maior risco, que é o de afetar sua saúde e dos passageiros.

Como você verá também neste artigo, a falta de manutenção adequada no ar condicionado do carro pode provocar uma série de doenças.

Imagine respirar um ar poluído e prejudicar a saúde de sua família?

Ou, quando você for ligá-lo naquele calor de fritar ovo no asfalto, o aparelho não funcionar. Que tal?

Se você seguir as nossas dicas, isso não deve acontecer.

Quer saber mais e tirar todas suas dúvidas? Então, siga a leitura!

 

22 Coisas Que Você Precisa Saber – Dúvidas Comuns Sobre Ar Condicionado do Carro

ar condicionado carro duvidas comuns
Chegou a hora de conhecer as respostas para as dúvidas mais comuns

Listamos agora as dúvidas mais comuns dos motoristas que possuem um veículo com ar condicionado.

A dica é que fique ligado, pois esse conhecimento pode ser decisivo para você que possa usufruir da melhor maneira possível do ar condicionado em seu automóvel.

1. Quais são as funções do ar condicionado do carro?

Ao ser instalado corretamente, o ar condicionado possui três funções básicas:

  1. Regular a temperatura;

  2. Manter a qualidade do ar que é respirado pelos ocupantes do veículo;

  3. Monitorar a umidade e a ventilação.

2. O que fazer quando o carro fica no sol?

ar condicionado carro o que fazer quando carro fica no sol
Confira as dicas valiosas abaixo

O que você faz quando entra num carro que estava com os vidros fechados, em um dia de extremo calor?

Como otimizar o uso do ar condicionado do carro?

Siga as instruções corretamente:

  1. Abra os vidros do carro;

  2. Ligue o motor e coloque o automóvel em movimento na via;

  3. Quando você sentir que a sensação de abafamento começou a se dissipar, acione o ar condicionado do carro;

  4. Não importa a velocidade, mantenha os vidros abertos;

  5. Quando a temperatura começar a ficar amena, feche os vidros e aproveite os benefícios do uso do ar condicionado do carro.

Agora, você sabe como agir corretamente.

3. Como surgiu o ar condicionado automotivo?

Há uma série de curiosidades que dizem respeito ao ar condicionado automotivo.

Separamos algumas delas para você ampliar seus conhecimentos:

  • Packard 1939, um carro fabricado nos Estados Unidos, foi o primeiro modelo a disponibilizar o ar automotivo como opcional;

  • O primeiro veículo a sair da montadora com o ar condicionado de série foi o Pontiac, no ano de 1954;

  • Praticidade não era o ponto alto do aparelho, que ocupava todo o porta-malas do carro;

  • O primeiro ar condicionado de carro não possuía nenhuma regulagem de temperatura;

  • Por conta da exclusividade do aparelho, o ar automotivo poderia equivaler a 25% do valor total do carro;

  • Atualmente, a estimativa da indústria automotiva é de que o custo do ar no carro fique em torno de 6% a 8% do seu valor total.

Como podemos perceber por esses dados, o passar dos anos fez bem ao ar condicionado.

Com o grande desenvolvimento da tecnologia, caíram os preços e elevou-se o conforto oferecido ao motorista e passageiros do automóvel.

4. Fumar no carro prejudica o ar condicionado?

ar condicionado carro fumar prejudica
Evite fumar dentro e fora do carro!

Se você fuma dentro do carro ou permite a algum dos passageiros fazer isso, é bom ficar ligado.

Não é mais novidade para ninguém que fumar faz mal a saúde, certo?

Como o carro possui um espaço bem limitado, a fumaça tende a afetar ainda mais a saúde de todos dentro dele.

O que acontece é que o ar condicionado faz circular a fumaça e o cheiro gerado pelo cigarro.

Inclusive, o próprio estofamento se torna um ambiente de armazenamento de toxinas.

Essa questão do cheiro incômodo, inclusive, é o que preocupa muitos donos de automóveis.

Ao Estado de Minas, a química Magda Vieira explicou que o odor é resultado da combustão da nicotina e do alcatrão, substâncias presentes no cigarro.

Ela também disse que, como a fumaça é volátil, acaba penetrando com mais facilidade no estofamento, que é de textura bastante porosa.

“Ocorre aí o fenômeno da adsorção, que é a adesão da fumaça à superfície sólida do estofado”, afirmou ela na reportagem.

5. Seguro de carro cobre o ar condicionado?

Muitas apólices de seguro de carros não incluem a manutenção do ar condicionado, mas ela pode ser contratada de forma adicional.

Tudo depende da sua seguradora e do que contratou com ela.

Ou seja, confira se seu o seguro tem essa cobertura e, caso queira contratar, entre em contato com sua operadora.

Obviamente, o valor ficará ainda mais caro.

Então, você precisa pesar se vale a pena ou não fazer o investimento.

6. É verdade que o ar condicionado funciona como uma geladeira?

De certo modo, é isso mesmo que acontece.

A revista Mundo Estranho, inclusive, fez essa comparação em reportagem sobre o funcionamento do ar condicionado automotivo.

A publicação explica que há no aparelho uma substância chamada R-22, à base de cloro, flúor e carbono. É ela que dá origem a um gás de temperatura bem baixa.

Inclusive, se você já notou que o funcionamento do ar condicionado automotivo costuma deixar o motor mais acelerado, não está errado.

Mas por que isso acontece?

Acontece porque o veículo aciona o motor do compressor que resfria o ar.

O funcionamento do ar condicionado dos automóveis é fruto do grande desenvolvimento tecnológico ocorrido no século XX.

O sistema de ar condicionado foi criado para funcionar por um longo período de tempo se o motorista souber o momento de fazer uma revisão e trocar os filtros de ar.

7. Quais são as peças que compõem um ar condicionado de carro?

Você não as enxerga, mas elas são várias.

Dá só uma olhada nessa relação de peças que fazem parte de um ar condicionado:

  • Bobina magnética;

  • Evaporador;

  • Caixa de ar;

  • Chicote elétrico;

  • Sensores;

  • Tanque de sucção;

  • Termostato;

  • Correia;

  • Válvula de expansão

  • Aquecedor;

  • Eletros ventiladores;

  • Polias pressostatos;

  • Filtro acumulador;

  • Secador;

  • Tubulação (alumínio e borracha especial);

  • Filtro antipólen;

  • Compressor condensador

  • Muffler;

  • Tubo expansor;

  • Comando elétrico.

Se notar qualquer problema no funcionamento do ar automotivo, não vale arriscar tentar adivinhar em qual dessas peças está a origem do defeito.

Leve seu carro para análise de um especialista.

Lembre que o barato costuma sair caro.

8. Quais itens são verificados durante uma revisão do ar condicionado?

ar condicionado carro itens verificados
Saiba quais são os 3 principais componentes verificados

Basicamente, a manutenção preventiva consiste em uma inspeção que atinge o filtro de ar, as mangueiras e a pressão do ar.

Pode parecer simples, mas não se engane.

Isso é trabalho para quem entende do assunto.

9. Qual é o real aumento de combustível ao ligar o ar condicionado do carro?

Essa talvez seja a dúvida número 1 entre os proprietários de carros com ar condicionado.

Afinal, no consenso popular, o aparelho seria um dos vilões do alto consumo de combustível.

De fato, ele altera o consumo.

“O ar condicionado é responsável por cerca de 20% de aumento no consumo de combustível”, afirmou o gerente de desenvolvimento de negócios da Jato Dynamics, Milad Kalume Neto, à revista Quatro Rodas, publicação especializada no setor automotivo.

O consumo real de combustível varia de acordo com o modelo do carro e ao estilo de direção do motorista.

Consulte o manual do seu veículo para informações mais detalhadas.

10. O consumo de combustível é maior quando o ar está no máximo?

Recentemente, a Quatro Rodas respondeu a um leitor pergunta muito parecida.

Então, na prática, como a publicação afirmou, a diferença no consumo provocada pelo ar ligado no máximo é “desprezível”.

Não importa se a temperatura foi diminuída ou aumentada.

Se ainda assim você quiser economizar, mesmo que seja pouco, a solução é desligar o ar condicionado.

Mas em dias de calor infernal fica muito difícil resistir, não é mesmo?

11. Em uma viagem com a família, vale a pena ligar o ar condicionado do carro ou abrir os vidros?

ar condicionado carro viagem com familia
Veja a resposta técnica para essa dúvida

É uma excelente pergunta e também muito recorrente entre os motoristas que irão viajar por longas horas.

A resposta é: depende do caminho. Nos grandes centros urbanos, o ar condicionado gasta mais gasolina.

Portanto, é mais econômico deixar os vidros abertos.

Mas isso levando em conta apenas o aspecto do consumo.

Já nas rodovias, o motorista irá trafegar numa média de 80Km/h e, com os vidros abertos, haverá um considerável arrasto aerodinâmico.

E isso representa gastar mais combustível.

Conclusão: em viagens de carro mais longas, deixe os vidros fechados e ligue o ar condicionado. É mais econômico e confortável.

12. É ruim instalar ar condicionado em carro que veio sem o aparelho de fábrica?

Se você quer uma resposta rápida, não instale ar em um carro usado.

O problema da adaptação não é no funcionamento do equipamento em si, mas nas alterações que isso promove em outros componentes do automóvel.

Não é raro que isso provoque problemas elétricos e até mesmo acabe infiltrando água para dentro do veículo.

E se não forem utilizadas peças originais, então, os problemas tendem a ficar maiores.

Se eles atingirem o alternador e a bateria não carregar de forma correta, você já sabe o fim: o carro não vai pegar e você não vai sair do lugar.

Fica, então, a dica: se você quiser um carro com ar condicionado, compre um já equipado.

Carros com ar condicionado são mais caros, mas é um “luxo” que tornará as suas viagens muito mais confortáveis.

Mas se você ainda quiser instalar o ar condicionado no carro, saiba que esse é um trabalho complexo e que necessita de mão de obra especializada.

13. Quais são os maiores problemas que o ar condicionado pode dar?

ar condicionado carro problemas que pode dar
Em alguns sistemas, os riscos são maiores do que em outros

Qualquer equipamento pode gerar problemas de funcionamento é isso você deve saber bem.

Mesmo assim, conhecer quais podem ser os defeitos é importante para que você possa prevenir situações incômodas.

Veja só a lista de possíveis problemas que o Senai, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, relaciona em sua apostila do curso de Manutenção de Ar Condicionado Automotivo:

  • “Ar condicionado não funciona ou com funcionamento intermitente

  • Ar condicionado não refrigera

  • Ar condicionado refrigera parcial (pouco)

  • Alta ou baixa pressão no sistema

  • Falta ou ausência de gás refrigerante

  • Deficiência no compressor

  • Superaquecimento do compressor

  • Congelamento da linha de baixa pressão do compressor (sucção)

  • Presença de umidade no sistema

  • Válvula de expansão com funcionamento irregular

  • Deficiência de ventilação e distribuição de ar”.

Por tudo isso, a dica é clara: cuide bem da manutenção do ar condicionado do carro.

Uma recomendação de especialistas é ligar o ar no carro uma vez por semana, pelo menos, ainda que não precise utilizá-lo.

Fazer isso por no mínimo 10 minutos ajuda a garantir o bom funcionamento do aparelho.

14. Como inspecionar o ar condicionado e detectar problemas?

Ainda que a manutenção e reparos sejam procedimentos que devam ser realizados por especialistas, o motorista pode inspecionar o sistema de ar condicionado e detectar possíveis problemas.

Mas todo o cuidado é indispensável para esse tipo de operação.

Em primeiro lugar, o risco é de ativar o air bag involuntariamente.

Se isso acontecer, os ferimentos podem ser sérios.

Outra consequência comum é afetar o próprio funcionamento do ar.

Se quiser inspecionar algo, concentre-se no filtro de ar.

Mas se o motorista sabe quando foi realizada a troca, não há razão para fazer essa verificação, concorda?

Já para inspecionar o compressor, ligue o carro e o ar condicionado.

Embaixo do capô, veja o movimento do compressor.

Se o ventilador estiver em funcionamento, repare se a polia gira.

Se não girar, o que isso significa?

Pode ser um mau funcionamento na embreagem do compressor.

15. O gás do ar condicionado fica velho?

Esse é um mito, pois isso não existe.

O gás não fica velho, tampouco fica “viciado”.

Muitas vezes, um carro pode rodar toda sua vida útil sem ser necessário trocar o ar.

Se não houver vazamentos, é claro.

16. Como evitar o ressecamento do ar?

Uma dica para evitar o ressecamento dentro do automóvel é ligar o ar condicionado na potência máxima e ir diminuindo com o tempo.

Indica-se, também, abrir os vidros depois de um tempo rodando com o ar condicionado do carro ligado.

Dessa maneira, o ar circula melhor.

17. Quais problemas de saúde um ar condicionado automotivo pode causar?

ar condicionado carro gripe
Você enfrenta problemas de respiração por conta do ar gelado?

Quem mais sofre com o ar condicionado é o sistema respiratório.

Essas são as doenças mais comuns a ele relacionadas:

  • Gripes

  • Resfriados

  • Amigdalite

  • Bronquite

  • Asma

  • Pneumonia

  • Sangramento nasal.

Também pode ter relação com o uso do ar condicionado automotivo casos de descamação, provocados pelo excessivo ressecamento da pele, e de olho seco, em especial para usuários de lente de contato.

Ao Easy Carros, a médica Tassia Bolognesi explicou que o ar frio artificial provoca o ressecamento da mucosa do nariz, que é responsável por defender o organismo da entrada de bactérias no pulmão.

Uma dica para proteger a saúde é utilizar o ar condicionado por períodos que não sejam tão longos e sempre trocar o filtro do ar.

18. Qual é a função do filtro de ar?

ar condicionado carro filtro de ar
O próprio nome é autoexplicativo

O filtro melhora a qualidade do ar do carro porque filtra as impurezas contidas no motor do veículo.

Dessa forma, as pessoas em seu interior podem respirar um ar mais puro.

E o que acontece se o proprietário do veículo não limpar com frequência a sujeira que acumula no ar condicionado?

Fungos e bactérias se multiplicam e podem prejudicar a saúde de todos.

19. Quando trocar o filtro do ar condicionado?

É preciso muita atenção com relação à troca do filtro do ar condicionado do carro.

Existe um prazo de validade do filtro do ar?

Assim como outros componentes do carro (como as pastilhas de freio e os pneus, por exemplo), o filtro também tem uma data indicada para a sua substituição.

O que se recomenda é a troca do filtro do ar condicionado do carro a cada 10 mil quilômetros rodados.

Além disso, se você sentir que a ventilação não está sendo o suficiente e for preciso aumentar a velocidade, isso significa que o filtro de ar precisa ser substituído.

Especialistas indicam que um aumento súbito no consumo de combustível é um sinal claro de problemas relacionados ao filtro do ar.

O que acontece nesses casos é que o excesso de sujeira obriga o sistema a trabalhar com maior intensidade. E essa forcinha extra não tem nada de inofensiva.

Ela pode elevar o consumo de combustível rapidamente e ainda permitir a entrada de mais sujeira no motor do carro.

Ou seja, é um ciclo que só se agrava.

Isso sem falar que, além do consumo, há problemas relacionados à perda de desempenho do carro.

Parece que você tem aí motivos de sobra para manter seu ar em dia e providenciar a troca do filtro com frequência, não é mesmo?

20. Como testar se o ar está funcionando bem?

Mais uma vez, esse é um teste fácil de aplicar, pois funciona basicamente a partir do momento em que você aciona o ar condicionado do carro.

Coloque o motor para funcionar e ligue o ar.

Em seguida, fique de ouvidos atentos.

Você precisa ouvir um som parecido com “plac”, que corresponde ao acoplamento da embreagem magnética do compressor.

Se isso não ocorrer, talvez não haja gás suficiente no aparelho.

Veja que o teste é bastante simples, mas o conserto, não.

Esse é um trabalho para especialistas, vale repetir.

21. O gotejamento ao ligar o ar é normal?

Quando o ar condicionado é ligado, é comum ocorrer uma espécie de “pinga-pinga” debaixo do veículo.

Isso é um sinal que o ar não está funcionando bem?

Na verdade, não há com o que se preocupar.

É apenas um prova de que o ar está trabalhando, já que ele expulsa para fora a umidade acumulada.

É exatamente o trabalho realizado pela mangueirinha que acompanha o ar condicionado na sua casa.

Portanto, não se preocupe com o gotejamento” do ar condicionado do carro.

Ele é absolutamente normal.

22. O que é o chamado sistema Dual Zone?

Para terminar, vamos falar do sistema Dual Zone (duas zonas).

Essa é uma melhoria no sistema do ar condicionado do carro que proporciona mais conforto para os usuários.

Ele pode ser encontrado em carros mais modernos.

Mas qual conforto ele gera? O ar condicionado do carro “comum” não é o suficiente?

A ideia por trás do sistema Dual Zone é a de que é possível manter temperaturas diferentes dentro do mesmo carro, o que gera mais conforto que o ar condicionado do carro “comum”, que proporciona apenas uma temperatura.

Não é uma melhoria revolucionária, mas certamente será apreciada pelo motorista e sua família.

 

Conclusão

ar condicionado carro dirija sabendo o ar que respira
Teve todas as suas dúvidas sobre o ar respondidas?

Agora que você leu nosso artigo sobre ar condicionado do carro, está bem informado e pode dirigir sabendo que o ar que respira é de qualidade.

Vimos vários itens de grande importância, como o funcionamento do ar condicionado, suas peças e curiosidades dos primeiros carros com essa tecnologia.

Dica importante: inspecione o ar condicionado do carro, troque o filtro do ar e fique atento a qualquer sinal de funcionamento errático.

Não ignore os problemas que podem surgir. Revise o ar condicionado do carro e economize dinheiro. Por vezes, muito dinheiro.

Ficou com alguma dúvida sobre ar condicionado do carro? Não perca tempo. Entre em contato conosco.

A equipe de consultores especialistas na área administrativa de direito de trânsito do Doutor Multas está pronta para lhe atender.

Este artigo foi útil para você? Deixe um comentário e compartilhe o texto com seus amigos.

 

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.