Penalidade Por Dirigir Embriagado: Multa, Suspensão e Prisão

A multa para quem é flagrado por dirigir embriagado ao volante é de natureza gravíssima com fator multiplicador x10 e pode gerar até prisão dependendo da quantidade de álcool ingerido e apontada pelo bafômetro. A multa é de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH. O veículo também fica retido até que um condutor habilitado se apresente.

Leia mais

Dirigir embriagado é um problema sério e recorrente em todo o mundo, que coloca em risco a vida de todos os envolvidos no trânsito. Infelizmente, muitos motoristas ainda insistem em conduzir seus veículos após ingerir bebidas alcoólicas, mesmo sabendo dos perigos e das penalidades previstas em lei.

Leia mais

No Brasil, temos a Lei Seca, uma lei que torna ilegal a condução de veículos sob a influência de álcool ou outras drogas psicoativas.

Leia mais

Aprovada em 2008, essa lei estabeleceu tolerância zero para a ingestão de bebidas alcoólicas por condutores e aumentou as penas para quem for flagrado dirigindo embriagado.

Leia mais

A legislação tem o objetivo de reduzir o número de acidentes de trânsito causados por motoristas alcoolizados, preservando a vida e a integridade física dos cidadãos.

Leia mais

Neste artigo, vamos abordar o tema do dirigir embriagado, como quem pode ser autuado por conta disso, se é possível recusar o bafômetro, as leis e punições previstas para quem comete essa infração e as medidas para prevenir a prática e garantir a segurança no trânsito.

Leia mais

Quem pode ser multado por dirigir embriagado?

Dirigir sob efeito de álcool é uma das principais causas de acidentes de trânsito em todo o mundo. Por essa razão, as leis de trânsito de muitos países têm estabelecido limites máximos para a quantidade de álcool no sangue permitida para os condutores. No Brasil, a tolerância é zero.

Leia mais

Qualquer pessoa que exceda esses limites pode ser autuada por dirigir sob influência de álcool. Isso inclui motoristas de carros, motocicletas, caminhões, ônibus e qualquer outro tipo de veículo motorizado. Além disso, mesmo que a pessoa não esteja dirigindo, mas esteja sentada ao volante do veículo com o motor ligado, ela também pode ser autuada por estar em estado de embriaguez.

Leia mais

Para medir a quantidade de álcool no sangue de um condutor, é utilizado um equipamento chamado bafômetro.

Leia mais

https://www.youtube.com/watch?v=Ex-5CaXBGs8

Leia mais

O bafômetro é capaz de detectar a quantidade de álcool presente no ar expelido pelos pulmões do condutor. O equipamento é uma ferramenta importante para a aplicação das leis de trânsito, já que é capaz de detectar a quantidade de álcool no sangue do condutor de forma rápida e precisa.

Leia mais

Caso o bafômetro aponte que o condutor está com uma quantidade de álcool no sangue superior ao permitido por lei, ele será autuado por dirigir sob influência de álcool. O uso do bafômetro é, então, fundamental para a aplicação das leis de trânsito, e os condutores devem sempre respeitar os limites de álcool permitidos por lei para garantir a segurança no trânsito.

Leia mais

Você também pode se interessar:

Leia mais
  • Medida administrativa por embriaguez ao volante
  • Fiança por dirigir embriagado
  • Fui pego na Lei Seca
  • Limite do bafômetro
  • Parcelamento de multa da Lei Seca
  • Recusa ao bafômetro
Leia mais

É possível recusar o bafômetro?

No Brasil, é permitido que o condutor se recuse a fazer o teste do bafômetro. No entanto, essa recusa pode resultar em consequências graves, como a suspensão da carteira de habilitação, a apreensão do veículo e até mesmo a prisão.

Leia mais

Quando o condutor se recusa a fazer o teste do etilômetro, a autoridade de trânsito deve elaborar um auto de constatação de embriaguez, que é um documento que descreve os sinais de embriaguez apresentados pelo condutor, como olhos vermelhos, odor de álcool no hálito, dificuldade para falar e andar, entre outros. Esse documento será usado como prova para a aplicação das penalidades previstas em lei.

Leia mais

Vale ressaltar que o auto de constatação de embriaguez não é uma prova tão conclusiva quanto o teste do bafômetro, uma vez que os sinais de embriaguez podem ser confundidos com outros fatores, como cansaço ou uso de medicamentos. Por isso, a recusa em ser testado pode prejudicar a defesa do condutor em caso de processo judicial.

Leia mais

Além disso, é importante destacar que a recusa em fazer o teste do bafômetro pode ser considerada como uma infração de trânsito. Isso pode resultar em penalidades como a suspensão da carteira de habilitação por um período de até 12 meses, além de uma multa com valor mais elevado. Por isso, recusar se submeter a esse teste talvez não seja a melhor ideia.

Leia mais

Penalidades por dirigir embriagado

https://youtu.be/74M_F1sFwVc

Leia mais

A primeira penalidade para quem for flagrado dirigindo embriagado é a multa, cujo valor é de R$ 2.934,70. Além disso, o condutor terá a carteira de habilitação suspensa por um período de 12 meses, e terá que passar por um curso de reciclagem antes de poder reaver o direito de dirigir.

Leia mais

Em casos mais graves, a penalidade pode ser a prisão do condutor. Se o teste do bafômetro ou o exame clínico comprovarem que o condutor está com mais de 0,34 mg/L de álcool por litro de ar expelido ou se ele se envolver em um acidente grave com vítimas, ele poderá ser preso por um período de 6 meses a 3 anos.

Leia mais

Além das penalidades administrativas e criminais, dirigir sob influência de álcool pode ter consequências ainda mais graves, como acidentes de trânsito com feridos ou mortos. Nessas situações, o condutor pode ser processado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar), cuja pena pode variar de 2 a 4 anos de prisão.

Leia mais

Nesse sentido, as penalidades para quem for flagrado dirigindo embriagado são severas e visam punir de forma efetiva esse comportamento irresponsável. Por isso, é fundamental que os condutores respeitem as leis de trânsito e evitem dirigir sob influência de álcool, garantindo assim a segurança no trânsito para todos.

Leia mais

Reflexo do motorista ao dirigir embriagado

Quando alguém consome bebidas alcoólicas, especialmente em excesso, essa pessoa perde completamente a capacidade fundamental de operar um veículo.

Leia mais

O ato de dirigir sob a influência do álcool resulta em diminuição da concentração, visão turva, reflexos reduzidos, aumento da sonolência e dificuldade em processar informações sensoriais.

Leia mais

Um motorista embriagado é incapaz de executar múltiplas tarefas simultaneamente. Dessa maneira, os efeitos do álcool no organismo humano são prolongados e não devem ser menosprezados.

Leia mais

Existem alternativas viáveis para evitar assumir o controle do volante enquanto sob efeito de álcool, como solicitar um carro através de aplicativos de transporte ou combinar com um amigo confiável ou membro da família para buscar os demais após um momento de diversão.

Leia mais

O que nunca deve ocorrer é a condução após o consumo de álcool, pois está comprovado que essa prática não apenas coloca em risco a vida do condutor, mas também a de outras pessoas.

Leia mais

Como evitar ser autuado por esse motivo?

Para evitar ser autuado por dirigir embriagado, existem algumas medidas simples que os condutores podem adotar, como preferenciar os carros de aplicativo ao voltar de noitadas, falar com amigos que estão sóbrios para te ajudar a voltar para casa ou pegar transportes públicos. Além disso, se optar por beber, garanta que você dará o tempo de tirar o álcool de seu organismo!

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a Lei Seca

Quem é pego no bafômetro perde a carteira?

Leia mais

Sim, além da multa, o condutor tem a CNH suspensa por 12 meses.

Leia mais

Como funciona a suspensão da CNH por embriaguez?

Leia mais

Ao ser constatado por meio de bafômetro ou sinais de embriaguez, o condutor é autuado na Lei Seca. Assim se inicia um processo administrativo e tem sua CNH suspensa por 12 meses.

Leia mais

O que fazer para não ter carteira suspensa Lei Seca?

Leia mais

O mais recomendado é não dirigir depois de beber ou não beber se tiver de dirigir. Se ainda assim o motorista insistir e for pego, sua única chance de não ter a CNH suspensa é por meio de apresentação de recurso, sendo a primeira etapa a defesa prévia.

Leia mais

Quanto tempo demora para iniciar processo de suspensão de CNH?

Leia mais

A partir do recebimento da notificação, o prazo de 30 dias corridos.

Leia mais

É melhor soprar ou não o bafômetro?

Leia mais

Caso o motorista tenha ingerido bebidas alcóolicas, o melhor é não soprar, pois assim evita o risco de prisão. A recusa ao bafômetro também implica na autuação pela Lei Seca.

Leia mais

É possível anular multa de bafômetro?

Leia mais

Sim, no caso de ausência de notificação no prazo devido, por etilômetro não aferido e erros formais no preenchimento do auto de infração de trânsito.

Leia mais

Quando a CNH é cassada na Lei Seca?

Leia mais

Quando o condutor é flagrado dirigindo com a CNH suspensa.

Leia mais

Quando a penalidade por dirigir embriagado pode acarretar em prisão?

Leia mais

Quando o teor de álcool no sangue é superior a Acima de 0,34 mg/L. Veja a tabela abaixo:

Leia mais
Concentração alcoólicaPenalidade
Até 0,04 mg/LNão configura infração de trânsito
De 0,05 mg/L a 0,33 mg/LInfração de trânsito gravíssima, sujeita a multa, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e retenção do veículo até apresentação de condutor habilitado
Igual ou acima de 0,34 mg/LAlém das penalidades acima, o motorista poderá ser preso em flagrante por crime de trânsito, sujeito a processo criminal
Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas