Dicas Para Trocar o Cabo de Embreagem Em Caso de Quebra

Última atualização em

cabo de embreagem dicas como trocar

Trocar cabo de embreagem é um tipo de serviço que muitos condutores sequer sabem que pode ser necessário fazer.

Mas ter um veículo é estar sujeito a imprevistos.

Então, nessa hora, é chegado o momento de colocar em prática um pouco do que aprendeu nas aulas teóricas da sua formação como motorista.

Ainda lembra delas?

Uma das primeiras lições era sobre o significado dos pedais do carro.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Afinal, imagine o risco de um motorista confundir o pedal do acelerador com o do freio.

Assim, é de conhecimento de todos que o pedal da esquerda é a embreagem.

Entretanto, o pedal é apenas a parte mais visível do sistema de embreagem que funciona longe dos olhos dos motoristas.

Você sabe o que é e como ele opera?

Ou poderia dizer por que o cabo de embreagem quebra?

Não se preocupe se você não sabe as respostas para essas e outras perguntas sobre cabo de embreagem.

Este é o artigo mais completo sobre o assunto.

Vamos explicar as funções do cabo de embreagem da moto e do carro, como trocar embreagem e quanto custa.

Além disso, você vai conferir uma série de dicas para a melhor conservação do componente.

Então, siga a leitura e fique por dentro do assunto.

 

Funções do Cabo de Embreagem

cabo de embreagem funcoes
Você sabe quais funções o cabo de embreagem desempenha?

Para falar do cabo de embreagem, primeiro temos que explicar a função desse sistema.

De acordo com o engenheiro mecânico Dennis Marun, “a embreagem é um conjunto mecânico que tem por objetivo interromper a rotação do motor que é transmitida ao câmbio”.

O especialista destaca ainda que, quando isso acontece, o câmbio fica parado (ou quase parado).

É nessa hora que o condutor realiza a troca de marchas, que nada mais é do que uma mudança das engrenagens.

E é o sistema de embreagem que permite isso ocorra sem o atrito que gera o barulho característico de “marcha arranhando”.

Como é possível perceber, a embreagem é essencial para o bom funcionamento do veículo.

Agora, vamos falar da função específica do cabo de embreagem.

A esse componente compete a tarefa de desacoplar as placas da embreagem.

E quando isso acontece?

Acontece no momento em que o motorista pisa no pedal da embreagem e as engrenagens do sistema funcionam da forma esperada.

O problema é que o cabo de embreagem com mal funcionamento pode tornar impossível mexer o pedal da embreagem.

E se o cabo de embreagem quebrar, o pedal ficará totalmente no “chão”.

Na prática, impossibilitará a troca de marchas.

Se isso acontecer, não tem outro jeito: será necessária a substituição do cabo da embreagem.

Descubra no próximo tópico mais sobre as razões que levam o cabo de embreagem a quebrar.

 

Por Que o Cabo da Embreagem Quebra

cabo de embreagem por que quebra
O desgaste da peça é um dos motivos da quebra

Uma das razões da quebra do cabo da embreagem é o prazo de validade do item.

Assim como outras peças do carro, o cabo de embreagem também precisa ser substituído.

Outra razão é o desgaste provocado por condutas inapropriadas ao dirigir.

Ou seja, aprender a dirigir bem pode salvar o seu cabo de embreagem.

A verdade é que o sistema de embreagem precisa estar em perfeita sincronia para realizar a troca das marchas.

O desgaste de uma peça (o rolamento, por exemplo) vai prejudicar aos poucos as demais.

O resultado é que será gasto mais dinheiro para a substituição daquilo que não está funcionando bem.

Por isso, além de ser cuidadoso ao dirigir, faça sempre a manutenção preventiva no seu veículo.

Se não for assim, terá que aprender como trocar cabo de embreagem, que é o assunto sobre o qual falaremos agora.

 

Como Trocar o Cabo da Embreagem – Dicas

cabo de embreagem como trocas dicas
A troca do cabo de embreagem deve ser feita por um profissional de confiança

Você sabia que é possível realizar a troca do cabo de embreagem sem precisar levar o veículo a uma oficina mecânica especializada?

Se você não tem experiência no assunto, pode achar impossível.

Mas não é!

Se você possui uma Kombi, por exemplo, veja neste link como fazer a substituição.

Seja qual for o seu veículo, a primeira dica é contar com uma série de ferramentas, como recomenda este artigo.

Afinal, você quer realizar um conserto sem danificar as peças que funcionam bem no seu veículo, não é mesmo?

Tenha em mãos os seguintes itens:

  • Um novo cabo de embreagem

  • Cavaletes de segurança;

  • Macaco;

  • Alguns panos;

  • Graxa;

  • Alicate de pressão;

  • “T” para soquete;

  • Soquetes 17mm e 19mm;

  • Extensão para soquete.

Muito importante: também utilize óculos de segurança, porque você irá ficar embaixo do carro e poderá cair terra ou óleo em seus olhos.

Não esqueça que a segurança sempre vem em primeiro lugar.

Aproveite o serviço e faça a troca do flexível da embreagem.

Realizando a troca – passo a passo

Agora, veja o passo a passo para realizar a substituição.

Veja que ele é extenso, mas bem detalhado. Tudo que você precisa para fazer um serviço bem feito.

1. O primeiro passo é soltar a pedaleira que é fixada por dois parafusos de 17 mm;

2. Ao soltar o cabo do acelerador, remova totalmente a pedaleira;

3. Ao suspender o carro, coloque-o no cavalete e retire a roda com a chave 19 mm;

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis
Mas qual roda deve ser retirada? A roda que está no lado do motorista.

4. Tirar o cabo de embreagem velho é fácil: basta soltar a borboleta de regulagem;

5. Utilize o pano e limpe a graxa do cabo

6. Se o cabo de embreagem não estiver arrebentado, tire-o pela pedal;

7. Pegue o novo cabo de embreagem e o coloque no local

8. Comece pelo túnel e unte muita graxa antes disso;

9. Chegou a hora de trocar o flexível;

10. Vá para baixo do carro e ache o velho flexível;

11. Tire o flexível velho;

12. Com a pedaleira, ache o gancho que prende o cabo;

13. Use um pequeno fio para manter o cabo no lugar;

14. Depois disso, encaixe a pedaleira e aperte os parafusos de 17 mm;

15. Deixe o pedal da embreagem na posição para baixo e encostada no assoalho do veículo;

16. Instale o novo flexível;

17. Monte o guarda-pó (borracha);

18. Ponha a borboleta de ajuste com a finalidade de prender o cabo;

19. Deixe o flexível com uma pequena curvatura;

20. Levante o pedal da embreagem;

21. Dê cerca de 10 pisadas no cabo;

22. Ajuste a borboleta. Mas cuidado: deixe folga de 1 a 2 cm;

23. Realize o teste das marchas.

Importante: utilize o alicate de pressão de forma a segurar o cabo e, então, gire a porca borboleta com seus dedos.

Perceba que é um trabalho que requer algum cuidado.

É possível realizar o serviço em casa.

Mas se você achar se não consegue, leve seu carro para uma oficina mecânica especializada.

 

Preço Médio

cabo de embreagem preco medio
Os preços do cabo de embreagem variam de acordo a marca e o modelo de veículo

A média dos valores fica entre R$ 50 e R$ 150.

Como é possível ver, não é um custo muito alto.

A nossa dica é procurar com atenção em vários sites da internet para encontrar o preço mais baixo e um produto de qualidade.

Mas fique atento para não comprar o cabo de embreagem errado.

Veja no próximo tópico as diferenças entre o cabo de embreagem das motos e dos carros.

 

Cabo da Embreagem Moto x Carro

cabo de embreagem moto carro
Entenda as diferenças entre as embreagens de motos e carros

De maneira geral, os cabos de embreagem de motos e carros não possuem preços muito caros para substituição.

Em ambos os casos, o cabo é fundamental para que as marchas sejam trocadas sem desgastar outras peças do sistema de embreagem.

Como já falamos da embreagem do carro, abordaremos agora algumas características da embreagem da moto.

De acordo com este site, era muito frequente no passado que o cabo de embreagem da moto quebrasse com frequência.

Nos dias de hoje, isso mudou porque o material do qual é feito o cabo possui uma qualidade muito melhor.

Mas como perceber que a moto está com problemas no cabo de embreagem?

Para isso, fique muito atento à alavanca de embreagem.

Se ela começar a ficar mais dura do que o normal, é provável que exista um problema com o cabo de embreagem.

Uma dica é lubrificar o cabo para prolongar a sua vida útil.

E isso é muito simples: coloque óleo na junção do cabo com a manete e perceba se o óleo escorrega até o fim.

Para que isso aconteça com maior facilidade, escolha um óleo bem fino.

Muitos motociclistas gostam de utilizar óleo em spray.

Não é incomum que muitos eles guardem um cabo de embreagem reserva junto com o cabo em uso.

A razão é simples: em caso de quebra, a substituição é imediata.

E o que fazer se o cabo de embreagem da moto quebrar?

Aqui, percebemos a maior diferença com relação ao sistema de embreagem do carro: se ele quebrar, a única solução é se dirigir a uma oficina mecânica especializada.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis
O carro simplesmente não irá funcionar sem o sistema de embreagem.

Mas na moto a situação é diferente.

Na realidade, o problema é bem menor do que acontece com o automóvel.

Por um tempo, o câmbio da moto irá realizar a troca das marchas sem maiores percalços.

Mas o maior problema será mesmo a saída.

O que fazer?

Muitos proprietários de motos de pequeno e médio porte engatam a marcha mais longa e apertam o botão da partida elétrica.

E as motos que são maiores?

Grande parte das motos maiores possuem o comando hidráulica, ou seja, não possuem cabo de embreagem.

 

20 Dúvidas Comuns Sobre a Embreagem

cabo de embreagem 20 duvidas comuns
O sistema de embreagem dos veículos costuma causar muitas dúvidas nos motoristas

Reunimos aqui algumas perguntas que você possivelmente já deve ter ouvido.

Saiba agora as respostas.

  1. Existe algum teste que o motorista possa fazer para saber se a embreagem está em boas condições?

Sim. De acordo com o engenheiro mecânico Dennis Marun, o teste é bem fácil e pode ser feito por qualquer pessoa que não possua conhecimentos sobre carros.

Em primeiro lugar, dirija seu carro por alguns poucos metro e pare.

Depois, conte até o número três e engate a ré.

Se você ouvir um barulho estranho, o problema é a embreagem.

Existe uma série de problemas que o motorista pode identificar na embreagem se ficar de olho nos sinais que o veículo dá.

  1. Quais são os sinais de problema no sistema de embreagem?

É possível apontar pelo menos quatro sinais.

O primeiro sinal é o pedal duro do carro.

Isso significa uma coisa: a existência de desgaste entre as molas do platô e o atuador.

O segundo sinal é a trepidação do veículo.

Você já reparou que a cada mudança na marcha o veículo trepida?

Isso significa que o platô ou o disco estão empenados.

O terceiro sinal é o ruído aquele de “marcha arranhando”.

Esse barulho acontece na hora de trocar as marchas e o motorista pisa fundo na embreagem.

Se o motorista ouvir o desconfortável barulho de ferro com ferro, o jeito é procurar uma oficina especializada.

O quarto sinal de problema acontece quando o pedal da embreagem está muito “em cima” ou muito “embaixo”.

Saiba mais sobre os problemas no sistema de embreagem dos veículos neste outro artigo.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

  1. Será que existe um prazo de vida útil para o sistema de embreagem?

Sim, existe: cerca de 40 mil quilômetros.

Mas se os motoristas não fizerem bom uso do sistema de embreagem, a substituição pode ocorrer antes dos 10 mil quilômetros.

Atenção: se você for um motorista que utiliza bem a embreagem, é possível chegar até os 100 mil quilômetros.

Se você tiver alguma dúvida sobre o prazo de validade do sistema, consulte sempre o manual do proprietário.

  1. Onde fica localizada a embreagem?

Entre a caixa de câmbio e o motor do veículo.

  1. Por que o sistema de embreagem é tão importante?

A razão é muito simples: sem o sistema de embreagem, o veículo não sairia do lugar.

Seria impossível arrancar, frear ou mesmo parar o veículo.

Veja só: a embreagem “leva” a força que tem origem no motor para o câmbio e para as rodas.

  1. É verdade que o sistema de embreagem dá muitos problemas?

Depende.

É fato que a embreagem é muito utilizada e a consequência disso é um maior desgaste.

A nossa recomendação é ficar de olho nos sinais que o carro dá de que a embreagem está com problemas.

Não deixe o problema piorar.

Sim, você vai gastar dinheiro.

Mas se não consertar logo o problema, no futuro, será gasto ainda mais dinheiro para o conserto.

  1. É verdade que existem consequências para o carro quando o motorista arranha a marcha?

Com certeza, é verdade.

Veja o que diz esta reportagem da Quatro Rodas:

“O engate forçado durante a troca de marchas pode quebrar ou tirar ‘lascas’ dos dentes das engrenagens do câmbio. Essas ‘lascas’ ficam no óleo de lubrificação do câmbio. Como o bujão do óleo é magnético, ele atrai essa limalha.”

No momento que o óleo do câmbio for trocado, será possível ver as partículas porque elas estarão grudadas no ímã do bujão.

Se isso acontecer, o óleo deverá ser substituído o mais rápido possível.

Se você não fizer isso, a situação pode ficar ainda pior.

Os pedaços de metal irão prejudicar o funcionamento de outras engrenagens do câmbio.

8. É verdade que os veículos com muita quilometragem ficam com o pedal da embreagem mais rígido?

Sim, é verdadeira essa questão sobre a alta quilometragem.

E existe uma explicação lógica para isso.

No momento que o sistema de embreagem fica desgastado, possivelmente a mola do disco perdeu entre 20 e 30% de sua flexibilidade.

E isso somado ao desgaste da mola do platô deixa apenas uma coisa a ser feita pelo motorista.

Você já deve imaginar o que é, não é mesmo?

Será necessário substituir o conjunto da embreagem.

  1. Mas o que realmente causa o desgaste da embreagem?

São duas as principais causas: a temperatura elevada e os choques mecânicos.

Por isso, é preciso tomar cuidado ao acionar o sistema de embreagem.

  1. Quais seriam as dicas para desgastar menos o sistema de embreagem?

Na hora de executar a troca de marchas, realize de maneira suave.

Também tome cuidado para usar a embreagem somente quando for realmente necessário.

Procure nunca “descansar” o pé no pedal, ou seja, apenas o acione quando for necessário.

Evite o que muitos motoristas fazem: nunca “segure” o veículo com a embreagem e o acelerador quando estiver em um aclive.

11. Qual a outra função da embreagem além de fazer o carro rodar?

A outra função é agir de forma a reduzir os ruídos e desgastes nos componentes do sistema de transmissão.

  1. Quais são os componentes mais importantes do sistema de embreagem?

Rolamento, disco e platô.

  1. O que é disco de embreagem?

O disco de embreagem é uma peça que liga o motor e a transmissão do veículo.

  1. Qual a função do disco de embreagem?

De acordo com o blog Canal da Peça, o disco de embreagem tem como função originar o atrito do qual depende a transmissão da rotação do motor para o câmbio.

Isso possibilita as trocas de marchas suaves.

Além disso, o disco de embreagem protege o sistema de transmissão e o propulsor de possíveis sobrecargas.

Em outras palavras, ele é vital para o funcionamento do sistema de embreagem.

  1. Quais são as dicas para fazer o disco de embreagem durar mais tempo?

Procure não reduzir a velocidade de forma brusca.

Em nenhuma hipótese carregue mais peso no veículo do que o recomendado pela manual do proprietário.

Se você possui o hábito de deixar o pé no pedal da embreagem mesmo sem usá-lo, procure se reeducar.

  1. Como funciona o disco de embreagem?

No momento em que o disco de embreagem é acionado pelo platô ao volante do motor, ocorre a transmissão do torque do motor à transmissão.

Quando o motorista pisa no pedal da embreagem, o movimento é transmitido pelo cabo em direção ao garfo de embreagem.

Por sua vez, o garfo libera o disco de embreagem e interrompe o torque.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

  1. Quais são os sinais de que o disco de embreagem está com problemas?

Vamos citar alguns deles:

  • Acionamento pesado do pedal de embreagem;

  • Dificuldade de engatar as marchas;

  • Trepidação do pedal de embreagem;

  • Transmissão de torque do motor patinando;

  • Ruídos no acionamento.

  1. O ruído na embreagem indica que o rolamento está estragado?

Pode ser, sim.

De acordo com o portal Terra, o rolamento estragado também recebe o nome de colar da embreagem.

O maior desgaste do rolamento pode ter sido causado por uma lubrificação ruim ou pelo tempo de uso.

Mas se o seu carro passou por algum local alagado, a enchente também pode ter estragado o rolamento do veículo.

A função do rolamento é vital: empurrar o platô.

Se o rolamento não estiver funcionamento bem, a embreagem pode acabar pifando.

Se o problema for lubrificação do rolamento, a única saída é a substituição da peça.

Mas também existem outros motivos para o sistema de embreagem fazer um barulho incômodo.

O disco de embreagem pode estar quebrado ou mesmo a mola de retenção pode estar frouxa.

  1. Por que andar com o pé no pedal da embreagem pode danificar todo o sistema de embreagem?

Se você fizer isso com muita frequência (muitos fazem sem perceber), a embreagem pode simplesmente parar de funcionar de forma repentina.

Veja o que diz o supervisor do Senai no Rio de Janeiro, Edilson Caldas:

“Quando você fica com o pé no pedal, pressiona a embreagem, afasta o platô do disco, e promove o lixamento dele”.

O desgaste antecipado do disco causará o superaquecimento de todo o sistema de embreagem.

Isso significa que, cedo ou tarde, a embreagem vai parar de funcionar.

E é aí que mora o perigo.

Existe o risco de acidente nesses casos.

  1. O que o proprietário do veículo deve fazer quando a embreagem estraga?

É necessário realizar a substituição de todo o sistema.

Se você estiver longe de casa, a solução imediata é chamar um guincho com destino a uma oficina mecânica especializada.

Como uma peça desgastada prejudica todo a embreagem, a dica é trocar o rolamento, platô e o disco de uma só vez.

Vai sair mais caro, mas o problema será resolvido.

 

Conclusão

cabo de embreagem conclusao
Não deixe de cuidar bem das peças do seu veículo!

Neste artigo, vimos que o cabo de embreagem é um item muito importante para o funcionamento do veículo porque possibilita a troca de marchas.

Se o sistema de embreagem estiver com problemas, será necessário levar o veículo a uma oficina mecânica especializada.

Não é algo que possa ser negligenciado, até mesmo para a sua segurança ao dirigir.

Ficou com alguma dúvida sobre cabo de embreagem?

Entre em contato conosco ou deixe um comentário abaixo.

Se gostou deste artigo, lembre de compartilhar o conteúdo com seus amigos.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis
Referências:

  1. http://g1.globo.com/carros/blog/oficina-do-g1/post/voce-troca-marcha-e-ouve-um-ruido-saiba-identificar-problemas-na-embreagem.html
  2. http://blog.masada.com.br/5-problemas-e-suas-solucoes/
  3. https://quatrorodas.abril.com.br/auto-servico/verdades-e-mitos-sobre-a-embreagem/
  4. https://www.canaldapeca.com.br/guia-do-consumidor/disco-de-embreagem
  5. https://www.terra.com.br/economia/carros-motos/meu-automovel/chiado-na-embreagem-pode-ser-rolamento-estragado-entenda,1cc8796f02bbf310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html
  6. http://economia.terra.com.br/carros-motos/meu-automovel/nao-e-mito-pe-na-embreagem-pode-danificar-o-carro,d0d6ee94afc7f310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html
Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.