Carro Fervendo, O Que Fazer?

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.

carro fervendo o que fazer(1)

Já aconteceu de você ter de parar na beira da estrada por estar com o carro fervendo?

Mesmo que você nunca tenha enfrentado essa situação, a leitura desse artigo é importante.

Afinal, basta ter um veículo para estar sujeito a problemas desse tipo. E, se um dia isso acontecer, é muito melhor estar bem informado.

Isso significa saber quais os possíveis motivos para o superaquecimento e, mais importante do que isso, o que fazer numa hora dessas.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Não estamos falando que você precisa ser um especialista no assunto.

Isso fica por conta dos mecânicos, que precisam desse tipo de conhecimento para o exercício de sua profissão.

Separamos também um vídeo do “Mecânica Fácil” para facilitar o entendimento.

Mas ter conhecimentos básicos sobre o funcionamento do seu veículo ajuda bastante e não custa nada.

O primeiro passo você já deu: está buscando esse conhecimento. Lendo este artigo até o fim, é isso que você vai adquirir.

Assim, se um dia se deparar com o carro fervendo, não precisará ficar desesperado.

Afinal, você saberá identificar os sinais do superaquecimento e evitar que a situação se torne perigosa.

Seguir dirigindo com o carro fervendo pode causar danos severos no motor e até mesmo iniciar um incêndio.

Por isso, embora o extintor de incêndio não seja mais obrigatório (por enquanto), é importante ter um.

Tomara que você nunca precise, mas trata-se de uma questão de prevenção.

Caso aconteça alguma coisa, você está preparado.

Enfim, seja qual for o sinal observado – um barulho estranho, os indicadores do painel do automóvel ou vapor saindo do motor –, aqui você entenderá quais as possíveis causas do superaquecimento.

Mas lembre-se de que vamos proporcionar um entendimento muito básico.

Não tente resolver sozinho os problemas do veículo.

O ideal é ter um mecânico da sua confiança e deixar a cargo dele as revisões, ajustes e manutenções necessárias em seu veículo.

Agora, siga a leitura e veja tudo o que você precisa saber caso esteja com o carro fervendo.

Por Que o Carro Ferve

carro fervendo por que ferve
Saiba o que causa o aquecimento na maioria das vezes

Não precisa estar 40 graus de temperatura para você ficar com o carro fervendo.

Embora a situação possa piorar em dias quentes, há vários motivos que levam a esse problema, independentemente das condições climáticas.

Antes de listar as possíveis razões, é interessante entender como funciona um veículo, qual o mecanismo que nos permite esse meio de locomoção tão ágil.

Os motores mais utilizados atualmente funcionam com gasolina, por meio da combustão interna.

No motor de quatro tempos, a mistura entre gasolina e ar é comprimida dentro de um cilindro, e a combustão inicia a partir de uma faísca que ocorre na vela de ignição.

O resultado é a queima do combustível, que faz os pistões entrarem em movimento.

Essa energia passa pelo virabrequim e sistema de transmissão antes de, finalmente, fazer as rodas girarem.

Por que toda essa explicação? Para você perceber que o funcionamento do motor de um veículo depende de um processo que acontece em altíssimas temperaturas.

Mas é claro que há limites para essa temperatura, que deve ser controlada.

Caso contrário, alguns componentes do motor podem ser danificados.

Isso fica a cargo do sistema de arrefecimento.

Esse sistema existe para garantir que o veículo permaneça sempre em uma temperatura de no máximo 70 ou 90 graus.

Ou seja, para que você não fique com o carro fervendo.

Ele engloba o radiador, mangueiras, ventoinha, bomba d’água, válvula termostática e reservatório de expansão.

O sistema de arrefecimento é acionado quando a temperatura do motor está alta demais. Ele funciona liberando um líquido que é uma mistura especial de água limpa e desmineralizada com um líquido aditivo.

Esse líquido circula pelos canais internos do motor, absorvendo o calor.

Ele é levado até o radiador, onde transfere o calor para o ar.

Um problema nesse sistema, portanto, pode ocasionar a condição de estar com o carro fervendo. A seguir, vamos falar mais especificamente de cada possibilidade.

Engarrafamento

carro fervendo engarrafamento
Engarrafamentos são uma das causas comuns do superaquecimento do motor

Antes de abordar os possíveis problemas no sistema de arrefecimento do carro, vamos falar sobre as condições que levam o veículo a exigir mais dele.

Ao contrário do que muitas pessoas podem supor, as chances de ficar com o carro fervendo não são maiores quando se está dirigindo em altas velocidades.

É mais comum que o motor fique superaquecido no acelera e para de um congestionamento.

O que acontece é que, com o carro ligado, mas praticamente parado, a circulação de ar pelo motor é muito menor.

Outro fator negativo do engarrafamento é que, o asfalto absorve uma grande quantidade de calor. No verão, ele contribui bastante para aquecer o motor, uma vez que estão muito próximos.

Isso exige muito mais do sistema de refrigeração.

Então, se ele não estiver 100%, os problemas começam a aparecer e você fica com o carro fervendo.

Aí sim, como falamos no início do texto, um dia de altas temperaturas torna a situação ainda pior.

Outra situação propícia ao superaquecimento do motor é exigir demais dele.

Por exemplo, subir uma serra com o veículo muito carregado, o ar condicionado ligado e o pé no fundo do acelerador.

Repetindo: o sistema de arrefecimento serve justamente para controlar esses aumentos na temperatura.

Ou seja, as situações que acabamos de descrever são a primeira causa do carro fervendo, mas o problema só surge se alguma coisa estiver errada nos mecanismos de refrigeração do motor.

Problema na bomba de água

Um dos problemas mais comuns no sistema de arrefecimento de um veículo é algum defeito na bomba d’água.

Você se recorda quando explicamos que, para controlar a temperatura do veículo, é necessário um líquido de arrefecimento?

Pois o que faz com que esse líquido seja enviado para resfriar o motor é a bomba d’água. Ela o bombeia para as partes internas em um ciclo constante.

Caso esse líquido não esteja circulando corretamente, o motor ficará superaquecido em momentos em que muito se exige dele.

Geralmente, a bomba d’água fica na parte central do motor.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Ela é composta por um cubo, rolamento, carcaça, selo mecânico e rotor.

Ela é acionada a partir de uma correia, que faz o fluxo do líquido de arrefecimento se movimentar.

Um defeito nessa correia pode ser a origem do mau funcionamento da bomba.

A manutenção ou troca da bomba d’água é relativamente simples.

Uma bomba nova custa cerca de R$ 150, e o serviço não costuma tomar mais que um par de horas.

Vazamento de líquido de arrefecimento

carro fervendo vazamento liquido
Problema na ventoinha é um dos possíveis motivos de vazamentos

Esse é um problema que pode estar diretamente relacionado com a bomba d’água.

É possível que algum defeito nesse equipamento faça o líquido de arrefecimento vazar.

Conforme já explicamos aqui, esse líquido é essencial no sistema de refrigeração do motor, pois conduz o calor para fora do veículo.

Sem ele, não há como controlar a sua temperatura.

Esse vazamento pode estar também no reservatório destinado ao líquido ou no próprio radiador.

Problema na ventoinha

A ventoinha é como se fosse um ventilador.

Ela tem a função de aumentar a circulação de ar no motor. Isso ajuda a diminuir o calor.

Isso é essencial especialmente em um congestionamento.

Afinal, como destacamos antes, nesse cenário pouco ar é direcionado de forma natural ao motor, já que o veículo está parado ou quase parando.

Se a ventoinha não estiver funcionando a pleno, o resultado pode ser um carro fervendo, já que o fluxo de ar frio não é suficiente para diminuir a temperatura no motor.

Em situações normais, o condutor não ouvirá o ventilador, mesmo que ele esteja em pleno funcionamento.

Caso o equipamento esteja fazendo bastante barulho, isso significa que pode haver algum problema nele ou em outro componente do sistema de arrefecimento, que exige um trabalho forçado da ventoinha.

Problema na válvula termostática

Você já entendeu que a bomba d’água é o equipamento responsável por levar o líquido de arrefecimento até o motor, para que o seu aquecimento seja controlado e não fique o carro fervendo.

Mas qual é o mecanismo que define o momento em que a bomba deve entrar em ação para cumprir com essa importante função?

Essa é a tarefa da válvula termostática.

Ela considera a temperatura do motor para bloquear o fluxo do líquido quando o motor está frio e liberar quando ele ultrapassa determinada temperatura.

Afinal, o líquido de arrefecimento não precisa circular o tempo inteiro pelo motor, apenas quando é necessário controlar a temperatura.

Se a válvula termostática não está funcionando ou está com defeito, o líquido não é liberado no momento certo, o que causa o superaquecimento que deixa o carro fervendo.

Tampa do reservatório

Se você está com o carro fervendo, a razão pode ser muito mais simples do que todas as outras hipóteses que apresentamos até aqui.

É possível que o único problema seja um defeito na tampa do reservatório onde fica o líquido de arrefecimento.

Esse componente normalmente é chamado de tampa do radiador, embora tecnicamente ela não seja exatamente isso.

Seu papel é simplesmente manter o líquido de refrigeração dentro do compartimento destinado a ele.

Um dos possíveis defeitos da tampa pode ser o vazamento.

Nesse caso, o problema é o mesmo que explicamos anteriormente, no caso do vazamento na bomba d’água.

Como a quantidade de líquido não é adequada, ele não cumprirá com perfeição o seu papel de remover o excesso de calor do motor.

Esse vazamento pode acontecer devido ao desgaste na borracha que existe para selar o orifício e evitar que o líquido transborde.

Outra possibilidade é um problema na válvula que abre quando há excesso de pressão no radiador.

Sua função é despressurizar o compartimento, evitando danos no sistema de arrefecimento.

Se a válvula não estiver funcionando corretamente, causará uma série de problemas que resultarão no mau funcionamento da refrigeração do motor como um todo.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

O que Fazer Se o Seu Carro Está Fervendo

carro fervendo o que fazer
Saiba o que fazer quando o carro superaquecer em momentos inesperados

A primeiríssima coisa que você precisa fazer ao notar o carro fervendo é parar.

Jamais insista em dirigir quando o motor estiver superaquecido.

Mais adiante, vamos ensinar quais são os sinais que o carro fervendo dá ao motorista.

Se você perceber um deles, pare e desligue o motor.

Não desobedeça essa dica nem para se dirigir a uma oficina mecânica.

Chamar um guincho é sempre a melhor opção.

Isso porque o superaquecimento contínuo começará a queimar algumas peças fundamentais para o funcionamento do motor.

Geralmente, a primeira que derrete é a junta que liga o cabeçote ao restante do motor do veículo.

O cabeçote é parte da câmara de combustão, responsável pelo fechamento dos cilindros.

É por ele que acontecem os processos de admissão e escape de gases e do combustível.

Se ele for danificado, a peça vai custar alguns milhares de reais, sem contar a mão-de-obra do mecânico.

Mas as consequências podem ser ainda pior. Em um cenário extremo, seguir dirigindo um carro fervendo pode resultar em motor fundido.

Se você esperar o motor esfriar e depois seguir viagem, talvez as consequências não sejam trágicas, mas ainda assim não é recomendado.

Pare e ligue para a seguradora ou para um serviço de guincho.

Você deve estar familiarizado com a cena do motorista levantando o capô do carro enguiçado e procurando o que está errado no motor, certo?

Tudo bem fazer isso se você achar que tem alguma condição de identificar o problema, mas antes espere o motor esfriar para não se queimar.

Talvez o defeito mais fácil de identificar seja o baixo nível do líquido de arrefecimento no reservatório.

Muita atenção aqui: nunca tente abrir a tampa do compartimento, pois ela estará fervendo. Ele é transparente justamente para que você possa verificar o nível do líquido sem abri-la.

Um erro muito comum é esperar o seu esfriamento, abrir a tampa e encher o reservatório com água fria.

Essa mudança brusca de temperatura pode ser prejudicial ao motor.

Se for para inserir algo, que seja o líquido de arrefecimento, que pode ser comprado em um posto de combustíveis, ou então água em temperatura ambiente.

Mas só faça isso e tente ligar o carro depois se você tiver certeza de que o problema está aí.

Em caso de dúvidas, espere o auxílio de um profissional.

Vale lembrar que, na hora de parar o veículo, deve-se ter o cuidado para que ele não obstrua a pista de rolamento.

Caso contrário, poderá ser multado. Veja alguns exemplos de infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

Art. 179. Fazer ou deixar que se faça reparo em veículo na via pública, salvo nos casos de impedimento absoluto de sua remoção e em que o veículo esteja devidamente sinalizado:

I – em pista de rolamento de rodovias e vias de trânsito rápido:

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – remoção do veículo;

II – nas demais vias:

Infração – leve;

Penalidade – multa.”

Art. 181. Estacionar o veículo:

(…)

V – na pista de rolamento das estradas, das rodovias, das vias de trânsito rápido e das vias dotadas de acostamento:

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – remoção do veículo;”

Art. 253. Bloquear a via com veículo:

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa e apreensão do veículo;

Medida administrativa – remoção do veículo.”

Se você estiver com o carro fervendo e for estacionar no acostamento de uma rodovia, não esqueça de sinalizar com o triângulo para que os condutores percebam à distância o veículo parado e não ocorram acidentes.

 

Como Saber Se o Carro Está Esquentando

Em um carro fervendo, o principal sinal do superaquecimento está no painel do veículo. Primeiro, confira onde está o ponteiro que indica a temperatura do motor.

A maioria dos automóveis também possuem uma luz vermelha que acende quando a temperatura da água do radiador está alta demais.

Outro possível sinal de carro fervendo é o barulho do motor.

Desconfie se estiver estranho, fora do normal.

Também pode acontecer de, como falamos antes, a ventoinha estar sobrecarregada e fazer um barulho alto demais.

Se você notar que, no chão da sua garagem, embaixo do carro, há um líquido azulado ou avermelhado, esse pode ser um sinal de que o líquido de arrefecimento está vazando.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Não subestime esses problemas.

Mesmo que o carro siga rodando sem dificuldade na dirigibilidade, pode ser que o motor já esteja sendo danificado pelo superaquecimento.

O último sinal é quando começa a sair vapor do motor.

O ideal é que você consiga notar o problema antes de isso acontecer.

O vapor é como a fumaça, porém tem a cor branca. Se o gás que sai é de cor escura, isso significa que alguma coisa está queimando.

Em qualquer uma dessas hipóteses, pare o carro imediatamente.

 

Evitando o Superaquecimento do Motor

carro fervendo evitando esquecimento
O superaquecimento pode ser evitado de várias formas; confira

Sabe quando você está em um posto de gasolina e o frentista pergunta se você deseja que ele verifique o nível do óleo e da água do radiador?

Quando o nível do reservatório está baixo, no entanto, não basta preenchê-lo com água, e sim como líquido de arrefecimento de que tanto falamos aqui.

O primeiro cuidado é, portanto, verificar semanalmente o nível do reservatório e fazer a reposição, caso necessário, com o líquido adequado.

Isso porque a sua composição é especialmente pensada para alterar o ponto de ebulição e congelamento da água – e também a oxidação das peças.

Além disso, a revisão periódica do veículo é fundamental.

O sistema de arrefecimento do carro é uma das partes que devem ser checadas por profissionais.

Antes de fazer uma longa viagem, essa revisão é fundamental.

Já imaginou ficar empenhado no meio do caminho e cancelar todos os planos das férias?

Mesmo que você não esteja planejando viajar, de tempos em tempos é bom revistar o automóvel mesmo assim.

Principalmente se você mora em uma grande cidade e enfrenta congestionamentos com frequência.

Lembra do que dissemos sobre os engarrafamentos?

Como há pouca circulação de ar nessa condição, exige-se mais da bomba d’água, ventoinha, válvula termostática e radiador.

 

Dicas Para Evitar Problemas Mecânicos Com o Carro

carro fervendo dicas para evitar problemas mecanicos
É sempre melhor e mais barato prevenir do que remediar, não?

A prevenção é a melhor maneira de evitar o superaquecimento no motor ou qualquer outro problema com o veículo.

O que acontece é que muitos proprietários de veículos só procuram uma oficina mecânica quando o problema já apareceu.

Mas se tivesse feito uma revisão preventiva antes, a manutenção corretiva seria desnecessária.

O problema é que remediar é sempre mais caro do que prevenir.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

No check up do veículo, solicite ao mecânico atenção especial com:

  • Óleo: deve ser verificado se está na hora de trocar o óleo. Com o tempo, ele perde a eficiência, podendo causar sérios danos ao automóvel. O filtro do óleo, responsável por reter as impurezas, também deve ser substituído;

  • Geometria e balanceamento: é muito importante verificar se os pneus estão alinhados e o conjunto de rodas equilibrado, garantindo um contato uniforme do carro com a pista e maior estabilidade;

  • Fluido de freio: é uma substância fundamental para o bom funcionamento dos freios. Também deve ser trocado periodicamente;

  • Luzes: o sistema de iluminação do veículo deve estar bem regulado, de modo a iluminar bem a pista sem ofuscar os demais condutores;

  • Filtro de ar condicionado: com o tempo, ele vai acumulando sujeira e bactérias. Por isso, deve ser limpo periodicamente, para garantir uma boa qualidade de ar ao motorista e passageiros.

 

Conclusão

carro fervendo conclusao
Não postergue revisões em seu veículo, pois poderá se arrepender ao se deparar com imprevistos!

Esperamos que, com todas essas dicas, você consiga evitar ficar com o carro fervendo, seja em uma viagem ou em um trajeto curto dentro da cidade.

Não custa repetir mais uma vez que, para evitar problemas com o automóvel, a prevenção é sempre a melhor ideia.

Então, jamais deixe de fazer uma revisão completa, com foco especial no sistema de arrefecimento, antes de viajar.

Mas é claro que problemas podem acontecer mesmo com quem cuida super bem de seu veículo.

Afinal, nenhum carro é uma máquina perfeita e infalível.

Ao menor sinal de superaquecimento (luz no painel, ponteiro da temperatura do motor, barulho estranho ou vapor saindo debaixo do capô), portanto, pare o carro.

Jamais siga conduzindo um carro fervendo.

Do contrário, podem ocorrer danos sérios ao motor do veículo. Em casos extremos, ele pode até fundir.

Ainda tem dúvidas sobre o superaquecimento do motor?

Então, entre em contato conosco ou deixe um comentário abaixo.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

 

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.