17 Sinais de Trânsito Que Todo Mundo Precisa Conhecer

sinais de transito o que sao

Você acha que tem bons conhecimentos sobre os sinais de trânsito e seus significados?

Você sempre sabe os nomes das placas de trânsito de advertência, por exemplo?

O fato é que há muitas placas e outros componentes da sinalização que boa parte dos motoristas até já viu, mas nunca soube o seu real significado.

É claro que, entre os condutores que desconhecem boa parte dos sinais, há muita gente que dirige muito bem e procura respeitar sempre as regras de trânsito.

Mas pode surgir um momento em que a interpretação correta de uma placa pode ser decisiva para a sua segurança.

Ou, então, para não cometer uma infração e acabar recebendo uma multa. Que seria uma consequência menos trágica do que um acidente, mas ainda assim incômoda.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Principalmente se considerarmos que a multa por infração gravíssima com fator multiplicador, por exemplo, pode custar milhares de reais ao infrator.

A solução para evitar esses prejuízos é buscar se  informar quanto aos sinais de trânsito.

Se é esse o seu objetivo, está no lugar certo.

Boa leitura!

 

O Que São Sinais de Trânsito

sinais de transito significado
Vamos começar entendendo o significado dos diversos sinais de trânsito segundo o CTB

O principal texto legal que dispõe sobre a organização do trânsito brasileiro é a Lei Nº 9.503/1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O CTB é conhecido principalmente por descrever as condutas consideradas infrações de trânsito e suas respectivas penalidades. Mas ele traz outras normas e definições importantes.

Em seu anexo I, ele traz uma lista de conceitos e definições relacionados a termos muito usados no próprio CTB e em outros textos, como as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Nesse glossário, encontramos o que estamos procurando: a definição de sinais de trânsito. Confira:

“SINAIS DE TRÂNSITO – elementos de sinalização viária que se utilizam de placas, marcas viárias, equipamentos de controle luminosos, dispositivos auxiliares, apitos e gestos, destinados exclusivamente a ordenar ou dirigir o trânsito dos veículos e pedestres.”

Quando se fala em sinais de trânsito, frequentemente utiliza-se a palavra sinalização, que tem uma definição à parte no Código de Trânsito:

“SINALIZAÇÃO – conjunto de sinais de trânsito e dispositivos de segurança colocados na via pública com o objetivo de garantir sua utilização adequada, possibilitando melhor fluidez no trânsito e maior segurança dos veículos e pedestres que nela circulam.”

Sinais de trânsito, portanto, são elementos individuais.

Enquanto a sinalização consiste na sua disposição em uma determinada via, com a finalidade de comunicar aos motoristas, ciclistas e pedestres as regras de circulação no local.

Por exemplo, uma placa indicando o limite de velocidade em uma rodovia é um sinal de trânsito.

Se na pista da mesma via estiver pintada uma linha longitudinal amarela contínua separando os dois sentidos de tráfego, eis outro sinal.

Cada um tem seu significado, mas os dois sinais de trânsito compõem a sinalização da rodovia.

 

Qual a Importância dos Sinais de Trânsito

sinais de transito qual a importancia
Já imaginou ruas, avenidas e estradas sem a devida sinalização?

A implantação dos sinais de trânsito que compõem a sinalização de uma via tem a finalidade de organizar a circulação de pessoas nas vias públicas.

Isso vale não apenas para quem está conduzindo veículos automotores, mas também para pedestres e condutores de veículos de propulsão humana ou tração animal, como a bicicleta e as carroças.

E como os sinais possibilitam essa organização?

Fornecendo informações que orientam os usuários a adotarem os comportamentos adequados e se deslocarem de maneira ordenada.

O objetivo final será sempre a segurança em primeiro lugar, mas também a melhor fluidez do trânsito.

Eles também podem servir para advertir os usuários quanto a possíveis perigos existentes na via, sejam eles momentâneos ou permanentes.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Vale destacar que, para que os sinais de trânsito cumpram tudo isso que se espera deles, sua colocação precisa ser muito bem planejada e executada pelos órgãos de trânsito.

Além de seguir as regras estabelecidas pelo Contran para a colocação dos sinais, é necessário bom senso e inteligência.

Primeiro para definir quais regras estarão vigentes em cada trecho para que o trânsito flua da melhor maneira possível.

Depois, para que a sinalização seja instalada de modo que essas regras fiquem claras para os condutores.

 

Como São Classificados os Sinais de Trânsito – Tipos

sinais de transito como sao classificados tipos
A sinalização de trânsito brasileira não é composta apenas de placas

O artigo 87 do Código de Trânsito classifica os sinais de trânsito nas seguintes categorias:

“Art. 87. Os sinais de trânsito classificam-se em:

 I – verticais;

 II – horizontais;

 III – dispositivos de sinalização auxiliar;

 IV – luminosos;

 V – sonoros;

 VI – gestos do agente de trânsito e do condutor.”

Para explicar a você os tipos de sinais, usaremos uma classificação mais detalhada, tirada da Resolução Nº 160/2004 do Contran.

Ela estabelece o anexo II do CTB, que apresenta todos os sinais de trânsito, classificados nos seguintes grupos.

Sinalização Vertical

Compreende as placas de sinalização, fixadas na posição vertical, que transmitem mensagens através de legendas ou símbolos. Esse grupo de sinais é dividido em três categorias:

  • Sinalização Vertical de Regulamentação: informa os usuários sobre as condições, proibições obrigações ou restrições no uso das vias. O desrespeito às suas mensagens constitui infração.

  • Sinalização Vertical de Advertência: alerta os usuários quanto a condições potencialmente perigosas, indicando sua natureza.

  • Sinalização Vertical de Indicação: tem a finalidade de informar aos usuários as vias e locais de interesse e orientar motoristas quanto aos destinos, distâncias e serviços auxiliares. Também pode ter caráter educativo.

Sinalização Horizontal

São as linhas, marcações, símbolos e legendas pintados sobre o pavimento das vias.

Sua função é organizar o fluxo de veículos e pedestres, além de orientar os deslocamentos.

Em alguns casos, tem poder de regulamentação, como as linhas que estabelecem a proibição ou permissão para ultrapassar e a faixa de pedestres.

Dispositivos Auxiliares

São compostos por diferentes materiais e têm funções diversas.

Entre elas, incrementar a percepção da sinalização, reduzir a velocidade, oferecer proteção aos usuários e alertar os condutores quanto a situações de perigo.

Os dispositivos são aplicados ao pavimento da via, junto a ela ou nos obstáculos próximos.

Alguns exemplos muito comuns são tachões, gradis e defensas metálicas (guardrails).

Sinalização Semafórica

Engloba dois tipos de semáforo.

O primeiro é o mais conhecido, de três cores, que tem a função de controlar os deslocamentos alternando o direito de passagem de veículos e pedestres.

O segundo tipo é o dos semáforos de advertência, que são sinais luminosos que visam advertir a existência de obstáculos.

Sinalização de Obras

É a utilização de elementos dos grupos anteriores – sinais verticais, horizontais, semáforo e dispositivos auxiliares – combinados para advertir os usuários da via quanto à realização de uma obra na pista.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Gestos

Em situações especiais, um agente de trânsito pode estar em um cruzamento para controlar o tráfego.

Suas ordens prevalecem sobre as regras de circulação e demais sinais de trânsito.

Sinais Sonoros

Os agentes podem utilizar apitos para auxiliar no controle do tráfego, de modo que:

  • Um silvo breve significa “siga”;

  • Dois silvos breves significam “pare”;

  • Um silvo longo é orientação para diminuir a marcha.

 

Como Aprender Sinais De Trânsito e Dicas Para Não Esquecer

sinais de transito como aprender dicas nao esquecer
Preparamos algumas dicas e macetes para você ter em mente os significados

A lista de sinais de trânsito é muito grande.

Tanto que pode parecer impossível memorizar o que cada sinal quer dizer.

Mas está longe de ser tão difícil assim.

Por que dizemos isso?

  • Os gestos do agente de trânsito são fáceis de entender;

  • Os sinais sonoros são apenas três;

  • A sinalização de obras é sempre autoexplicativa, assim como a sinalização vertical de indicação;

  • A sinalização semafórica é simples de entender (depois falaremos especificamente sobre ela);

  • Os dispositivos auxiliares não comunicam nenhuma norma, então, não é necessário racionalizar nenhuma mensagem.

Sobram a sinalização horizontal e vertical de regulamentação e advertência.

Boa parte dos sinais são intuitivos.

Afinal, quando foram criados, pensou-se no desenho, formato ou dizeres que iam transmitir a mensagem com a maior clareza e objetividade possível.

Mas alguns sinais podem não ser tão óbvios assim.

Nesse caso, o primeiro passo é compreender o significado desses sinais.

Você pode fazer isso consultando a Resolução Nº 160/2004 (acesse aqui) do Contran, o material didático da autoescola (se você tiver) ou, então, os manuais de sinalização do Contran, que podem ser acessados aqui:

Volume I – Sinalização Vertical de Regulamentação

Volume II – Sinalização Vertical de Advertência

Volume IV – Sinalização Horizontal

Leia os manuais com atenção especial aos sinais que lhe despertam dúvidas.

A partir daí, você terá muito mais facilidade para memorizar os significados se encontrar uma imagem de aplicação real do elemento em uma via pública.

Melhor ainda se, em vez de uma foto, você enxergar esses sinais in loco, passando por locais onde eles estão instalados.

Se estiver dirigindo, é mais um fator que ajudará, pois você terá a memória visual e prática.

Quanto à sinalização vertical, é importante saber diferenciar logo de cara uma placa de regulamentação de uma de advertência.

O primeiro tipo tem formato circular – com exceção da placa de pare e de dê a preferência – e tem bordas vermelhas, fundo branco e dizeres ou desenho na cor preta.

Já as placas de advertência, que não estão associadas a infrações de trânsito, são quadradas, dispostas na diagonal e têm as cores amarela e preta.

 

17 Sinais de Trânsito e Seus Significados

sinais de transito significados
Chegou a hora de testar seus conhecimentos!

A seguir, vamos dar alguns exemplos de sinais de trânsito que boa parte dos motoristas podem até já ter enxergado por aí, mas não sabem realmente o seu significado.

Confira:

Sinais de Regulamentação Para Conversão e Retorno

Sinal Código Significado
sinais de transito 01 R-4a Proibido virar à esquerda
 sinais de transito 02 R-4b Proibido virar à direita
sinais de transito 03 R-5a Proibido retornar à esquerda
sinais de transito 04 R-5b Proibido retornar à direita

Os significados desses sinais podem parecer bastante óbvios.

Mas tem gente que se confunde.

O que acontece é que às vezes é possível converter mas não retornar, e vice-versa.

Fique atento, portanto, para não fazer uma manobra proibida.

Sinais de Regulamentação Para Parada e Estacionamento

Sinal Código Significado
sinais de transito 05 R-6a Proibido estacionar
sinais de transito 06 R-6c Proibido parar e estacionar

Destacamos esses sinais porque há quem não conheça a diferença entre parada e estacionamento.

Parada, segundo o Código de Trânsito, quando o veículo fica imobilizado pelo período necessário para o embarque e desembarque.

Enquanto o estacionamento é quando fica parado por um tempo maior que o necessário para isso, tanto faz se o veículo estiver ligado ou desligado.

Na placa R-6c, portanto, o motorista não pode parar sequer para que alguém desça ou entre do veículo.

Sinais de Regulamentação Para Troca de Faixa

Sinal Código Significado
sinais de transito 07 R-8a Proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da esquerda para direita
sinais de transito 08 R-8b Proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da direita para esquerda

Destacamos essas duas placas porque elas costumam ser muito desrespeitadas.

Os motoristas não compreendem que, em determinados trechos de algumas vias, a mudança de faixa pode ser perigosa ou atrapalhar a fluidez do trânsito.

Sinais de Advertência Para Estreitamento de Pista

Sinal Código Significado
sinais de transito 09 A-21a Estreitamento de pista ao centro
sinais de transito 10 A-21b Estreitamento de pista à esquerda
sinais de transito 11 A-21c Estreitamento de pista à direita

Como se trata de sinalização de advertência, desrespeitar o que ela comunica não é, por si só, uma infração de trânsito.

O que as placas do grupo A-21 informam é que, à frente, haverá um estreitamento de pista, portanto é prudente que o condutor fique atento e já comece a reduzir a velocidade.

Sinais de Advertência Para Pista Escorregadia

Sinal Código Significado
sinais de transito 12 A-28 Pista escorregadia

O sinal A-28 indica que, à frente, o motorista pode se deparar com uma situação de pista escorregadia.

Isso significa, mais uma vez, que a velocidade deve ser reduzida e a atenção redobrada.

Sinais de Advertência Para Vento Lateral

Sinal Código Significado
sinais de transito 13 A-44 Vento lateral

O sinal de vento lateral indica que o condutor está prestes a chegar em um local onde costumeiramente há fortes rajadas de vento.

O motorista precisa ficar atento à possibilidade de perder a estabilidade do veículo.

Trata-se de uma situação perigosa especialmente para motociclistas.

 

Sinais de Trânsito Mais Comuns no Brasil

Você já se deparou com todos esses sinais de trânsito?

Alguns deles talvez não sejam tão comuns, como o de vento lateral, por exemplo.

Mas às vezes mesmo os sinais mais frequentes nas ruas não são tão bem conhecidos assim pelos motoristas brasileiros.

Quer ver?

Pare

Sinal Código Significado
sinais de transito 14 R-1 Parada obrigatória
sinais de transito 15 A-15 Parada obrigatória à frente

O primeiro sinal, o vermelho, indica que o motorista deve parar o veículo, não apenas reduzir a velocidade.

Essa é um sinal de regulamentação e, portanto, desrespeitá-lo pode resultar em uma multa.

Já o sinal A-15, o amarelo, é de advertência, e apenas sinaliza que haverá, à frente, um local em que a parada é obrigatória.

Você conhecia a diferença entre os dois sinais?

Velocidade Máxima

Sinal Código Significado
sinais de transito 16 R-19 Velocidade máxima permitida

Trata-se de um sinal amplamente conhecido por todos.

Mas destacamos ele aqui porque muita gente se equivoca e, em um trecho com fiscalização, acaba andando alguns quilômetros acima do limite por conta da “margem de tolerância”.

Vários motoristas não sabem o que diz a lei sobre essa margem.

Alguns pensam que trata-se de 10% sobre a máxima permitida.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Na realidade, a margem consiste no erro máximo admitido para a medição do radar.

A tabela com as velocidades medidas e consideradas está no anexo II da Resolução Nº 396/2011 do Contran.

Mas o condutor não deve contar com essa margem na hora de controlar o velocímetro.

Afinal, é possível que o radar realmente meça com algum desvio, e nesse caso o erro já terá sido descontado.

Siga, portanto, sempre o que diz a placa.

Dê a Preferência

Sinal Código Significado
sinais de transito 17 R-2 Dê a preferência

Para você pode ser óbvio, mas há muitos condutores que enxergam esse triângulo invertido e não sabem o que ele quer dizer.

Essa placa sinaliza que o motorista deve dar preferência de passagem para os veículos da via que está prestes a acessar ou cruzar.

 

O Que Significam As Cores dos Semáforos

sinais de transito o que significam cores semaforos
É comum surgirem dúvidas em relação à cor amarela

O semáforo é um instrumento que dispõe de sinais luminosos.

Ele é instalado em alguns pontos de ruas e avenidas para controlar o tráfego de veículos e pedestres.

Ele é utilizado principalmente em cruzamentos em que é necessário alternar a permissão de passagem de veículos.

Mas também podem ser instalados apenas para interromper temporariamente a marcha dos veículos somente para permitir a travessia de pedestres.

Para comunicar tudo isso, o semáforo utiliza sinais luminosos compostos por três cores:

  • Verde: quando a luz verde está ligada, é sinal que o veículo pode avançar.

  • Amarela: é a luz que indica o término da permissão de passagem.

  • Vermelha: quando o semáforo está nessa cor, o condutor está proibido de avançar.

Um grande problema entre os condutores do Brasil é que eles não compreendem corretamente para que serve o sinal amarelo.

Quando enxergam que o semáforo mudou do verde para o amarelo, aceleram para passar a tempo, antes que ele fique vermelho.

Muitas vezes, acabam cruzando no vermelho mesmo, embalados por já terem acelerado antes.

Quando o comportamento mais prudente deveria ser justamente o contrário: reduzir a velocidade ao ver que o sinal virou para o amarelo.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Ele existe justamente para alertar que o seu sentido será fechado pela luz vermelha.

Não tem problema atravessar um cruzamento no amarelo se, no momento em que esse sinal acende, o veículo já estiver muito próximo do local.

Nessa situação, o imprudente seria brecar de supetão, o que poderia causar um acidente com o veículo que vem atrás.

Se o condutor está respeitando a velocidade máxima do local, ele só passará no sinal vermelho se o semáforo estiver descalibrado.

Pois haverá tempo suficiente para frear se a distância for razoável, ou de passar no amarelo se a distância for curta.

 

Multas Por Desrespeitar a Sinalização

Alguma vez você já foi multado por desrespeitar alguma regra de que era informada por um sinal de trânsito?

Saiba que, para que essa multa seja legítima, esse sinal precisa estar em condições de total visibilidade e legibilidade.

Veja o que diz o parágrafo 1º do artigo 80 do Código de Trânsito sobre isso:

“§ 1º A sinalização será colocada em posição e condições que a tornem perfeitamente visível e legível durante o dia e a noite, em distância compatível com a segurança do trânsito, conforme normas e especificações do CONTRAN.”

O artigo 90 é mais claro quanto ao fato de que as autuações só podem ocorrer se a sinalização for suficiente:

“Art. 90. Não serão aplicadas as sanções previstas neste Código por inobservância à sinalização quando esta for insuficiente ou incorreta.”

Se você se sentiu injustiçado por receber uma multa nessas condições, tem todo o direito de recorrer e buscar a sua anulação.

Há três oportunidades: defesa prévia e recurso em primeira e em segunda instância.

O segredo é anexar à defesa fotos do local onde ocorreu a infração, comprovando a deficiência da sinalização.

Para entender melhor os procedimentos para se defender contra uma autuação, acesse esta página e baixe nosso ebook “Como Recorrer Multas de Trânsito”.

 

Conclusão

sinais de transito conclusao
Desrespeitar a sinalização de trânsito pode comprometer sua segurança!

Se a leitura deste artigo não fez de você um verdadeiro expert em sinais de trânsito, pelo menos agora você já sabe o caminho para aprender mais.

Consulte os manuais do Contran e comece a prestar atenção nos sinais que enxerga.

Caso você ainda não seja um motorista, mas sim apenas um candidato à primeira habilitação, conhecer os sinais de trânsito é importante.

Esse é um dos assuntos que caem no exame teórico no qual é necessário obter aprovação antes de iniciar as aulas práticas.

O exame tem 30 questões de múltipla escolha, das quais é preciso acertar pelo menos 21 para ser aprovado.

É claro que apenas algumas terão como tema a sinalização de trânsito.

Mas errá-las pode custar a aprovação e fazer com que você tenha que repetir a prova.

Quer saber se já está preparado para o exame?

Então, faça um simulado do Detran online para testar seus conhecimentos.

Ainda tem dúvidas sobre os sinais de trânsito?

Deixe um comentário abaixo ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em ajudar.

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis