Como Personalizar Caminhões Dentro da Lei e Evitar Multas

personalizar caminhoes 2018

Personalizar caminhões pode ser um sonho ao seu alcance.

Não são apenas os donos de carros e de motos que gostam de customizar seus veículos.

Tem muita gente interessada em deixar seu caminhão com um visual diferente e arrojado.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Mas você sabe o que a lei diz sobre personalizar caminhões? O que pode ou não fazer?

Será que caminhão tunado pode levar multa? E se leva, qual é o valor?

Além disso, como funciona o processo para regularizar caminhões rebaixados e tunados?

Não se preocupe se você não sabe as respostas para essas e outras perguntas sobre personalizar caminhões.

Ao longo deste artigo, vamos esclarecer tudo o que você quer saber sobre o assunto.

Tenha uma ótima leitura!

 

O Que a Lei Diz Sobre Personalizar Caminhões

personalizar caminhoes o que a lei diz sobre
Você sabe o que a lei diz sobre a personalização de caminhões?

Se você tem a ideia de personalizar caminhões, conhecer a lei é sempre uma boa forma de começar.

O artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) fala em algumas mudanças que o proprietário não pode fazer no veículo.

Importante ressaltar que, embora não citem especificamente o caminhão, se aplicam a qualquer tipo de veículo.

Veja o que ele diz:

“Art. 230. Conduzir o veículo:

(…)

VII – com a cor ou característica alterada;

(…)

XII – com equipamento ou acessório proibido;

XIII – com o equipamento do sistema de iluminação e de sinalização alterados;

(…)

XV – com inscrições, adesivos, legendas e símbolos de caráter publicitário afixados ou pintados no pára-brisa e em toda a extensão da parte traseira do veículo, excetuadas as hipóteses previstas neste Código;

XVI – com vidros total ou parcialmente cobertos por películas refletivas ou não, painéis decorativos ou pinturas;

XVII – com cortinas ou persianas fechadas, não autorizadas pela legislação;

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – retenção do veículo para regularização;”

A partir daí, você consegue identificar o que é ou não permitido.

Por exemplo, você pode personalizar os bancos do seu caminhão do jeito que achar melhor.

O que você não pode fazer em nenhuma hipótese é se esquecer de instalar o cinto de segurança (é um equipamento obrigatório).

Uma dica é também personalizar o cinto de segurança de forma que não prejudique a segurança dos passageiros.

Nunca esqueça: a segurança sempre vem em primeiro lugar.

E é completamente proibido mudar a cor do caminhão?

Na verdade, não é.

Mas tome cuidado se você for mudar totalmente a cor da pintura do caminhão.

Se a ideia é essa, será necessário primeiro avisar o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) para não ter problemas depois.

Se você alterar a cor do caminhão em mais de 50%, essa comunicação é obrigatória.

Farol de xenon: pode ou não?

Agora preste bastante atenção.

Abordaremos um erro na personalização de caminhão que também é passível de multa.

Estamos falando do farol de xenon.

A regra é simples: o acessório está proibido no trânsito brasileiro, mas com duas exceções:

    1. Se o caminhão veio com o farol xênon de fábrica você não terá problemas com a lei;

Se o motorista regularizou o caminhão com farol de xênon antes da lei de proibição entrar em vigor, também está liberado.

Baixe o PDF grátis

Você saberia dizer qual foi a Resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que vetou o farol de xênon em todos os tipos de veículos (carros, motos, caminhões, etc)?

Foi a Resolução 384, de 2 de junho de 2011.

A partir dela, não tem mais como instalar e legalizar xenon.

Quem descumprir a lei receberá uma multa grave.

Ou seja, terá que pagar R$ 195,23 e receberá 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Lembrando que, se somar 20 pontos ao longo de 12 meses, você terá sua CNH suspensa.

Além da multa e dos pontos na CNH, existe ainda a aplicação de uma medida administrativa: a remoção do caminhão até a regularização do farol.

Caminhão pode ter película nos vidros?

personalizar caminhoes como o que diz lei
Outra forma de personalizar caminhões é a película escura

Tenha cuidado para não colocar uma mais escura que o permitido.

Afinal, isso também é uma infração de trânsito.

Se você for parado pela autoridade, terá que remover ela na hora.

As pessoas conhecem as películas pelo termo insufilm, que na verdade é o nome de uma das tantas marcas existentes.

Muitos motoristas preferem utilizar uma película mais escura nos vidros sob a alegação de que assim estarão mais protegidos contra os raios solares.

Outra justificativa é evitar assaltos, uma vez que o criminoso supostamente hesitaria por não ter certeza de quantas pessoas estão dentro do veículo.

Quanto à proteção contra raios solares, não existe uma relação direta entre o quanto a película é escura e o quanto ela protege.

Atualmente, existem películas totalmente transparentes com um fator de proteção de 1.700, ou seja, mais do que a proteção de qualquer película escura.

Quanto à questão de assaltos, uma película muito escura também faz com que a polícia não possa identificar se está ocorrendo um sequestro.

Esse é mais um dos motivos pelos quais ela é proibida, assim como a do tipo espelhada.

Segundo a Resolução 254 do Contran, a transparência mínima da película dos veículos deve ser de:

      • 70% no para-brisa colorido;

      • 75% no para-brisa incolor;

      • 28% nas janelas laterais traseiras e no vidro de trás.

A recomendação é cumprir à risca o que diz a lei sobre a transparência do vidro.

Quem não a cumpre recebe multa de R$ 195,23 e recebe 5 pontos na CNH.

E painéis luminosos?

O Contran também proíbe a utilização de painéis luminosos nos veículos.

A alegação é que eles tiram a concentração do motorista no trânsito.

A regra está na Resolução 580.

Nesse caso, vale a mesmo aplicado à alteração dos vidros.

A exceção são os ônibus, que podem utilizar os painéis luminosos para indicar os itinerários, por exemplo.

Se você descumprir a lei e colocar um painel luminoso no seu caminhão, estará sujeito a uma multa de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH.

Caminhões rebaixados

Agora, abordaremos os caminhões que são rebaixados e os tunados.

Afinal, é proibido arquear a traseira do caminhão?

Na verdade, depende do nível de inclinação da traseira.

Alguns motoristas gostam de dirigir seus caminhões com a traseira arqueada.

Se for o seu caso, tome cuidado para não levar uma multa.

O Contran regulamentou na Resolução 479, em 2014, a inclinação da traseira do caminhão.

E o que ela diz?

Se o caminhão tiver mais de 3.500kg, o ângulo de inclinação da longarina pode ser no máximo de 2 graus.

Veja um trecho do texto:

“§2º Nos veículos com PBT acima de 3.500 kg:

I – em qualquer condição de operação, o nivelamento da longarina não deve ultrapassar dois graus a partir de uma linha horizontal.

II – A verificação do cumprimento do disposto no inciso I será feita conforme o Anexo I.

III – As dimensões de intercambiabilidade entre o caminhão trator e o rebocado devem respeitar a norma NBR NM – ISO 1726.

IV – É vedada a alteração na suspensão dianteira, exceto para instalação do sistema de tração e para incluir ou excluir eixo auxiliar, direcional ou auto direcional.”

Como você pode perceber, diferentemente de carros, não é possível rebaixar todo o caminhão.

O que acontece é que é vedada a alteração na suspensão dianteira.

Recorra sua multa de trânsito Baixe o PDF grátis

Mexer nos freios? Nem pensar!

Uma característica que não pode ser modificada de maneira alguma é o sistema de freios.

Reiteramos: o freio deve ser o de fábrica.

Mas o que fazer se o sistema de freios estragar?

Simples: substitua por um modelo igual.

Caminhões tunados

Agora, vamos para os caminhões tunados, outra forma de personalizar caminhões.

Você sabe o que é um caminhão tunado?

É um veículo que prioriza o ganho de potência ao mesmo tempo em que não é necessário aumentar o motor.

Outra vantagem é que o veículo tunado gasta menos combustível.

Por isso, os veículos tunados se popularizaram no Brasil e no mundo.

Mas fique atento: a potência somente pode ser aumentada em 10%.

Se ela for aumentada demais, colocará o veículo em risco por causa da instabilidade.

Respeitando os 10%, você pode até mesmo acrescentar nitro e turbos.

Mas será que dirigir um caminhão tunado pode resultar em infração de trânsito?

Descubra a resposta no próximo tópico.

 

Caminhão Tunado Pode Levar Multa?

personalizar caminhoes caminhao tunado levar multa
Se a ideia de personalizar caminhões inclui “tunar” o veículo, é bom ficar ligado

Você pode levar uma multa se estiver com o caminhão tunado fora dos padrões estabelecidos pela legislação.

Trata-se de uma infração grave, ou seja o motorista deverá pagar R$ 195,23 e recebe cinco pontos na CNH.

E tem também a medida administrativa, que é a retenção do veículo para regularização.

Isso significa que o caminhão será guinchado?

Para compreender, leia com atenção o artigo 270 do CTB:

“Art. 270. O veículo poderá ser retido nos casos expressos neste Código.

§1º Quando a irregularidade puder ser sanada no local da infração, o veículo será liberado tão logo seja regularizada a situação

§2º Não sendo possível sanar a falha no local da infração, o veículo, desde que ofereça condições de segurança para circulação, poderá ser liberado e entregue a condutor regularmente habilitado, mediante recolhimento do Certificado de Licenciamento Anual, contra apresentação de recibo, assinalando-se prazo razoável ao condutor para regularizar a situação, para o que se considerará, desde logo, notificado.

§3º O Certificado de Licenciamento Anual será devolvido ao condutor no órgão ou entidade aplicadores das medidas administrativas, tão logo o veículo seja apresentado à autoridade devidamente regularizado.”

Recorra sua multa de trânsito

Baixe o PDF grátis

Não ficou claro?

Se você conseguir resolver o problema na hora, pode ir embora com o veículo.

Se não conseguir fazer isso de forma a assegurar a segurança do trânsito, também não terá o carro guinchado.

Por outro lado, terá o CRLV recolhido.

Infelizmente, esse é o caso de um motor tunado.

Não tem como mudar essa característica na hora, como faria com um farol ou uma película, que pode ser removida.

Nessa situação, você receberá do agente uma notificação com um prazo para regularizar a situação.

Conclusão: o veículo não será guinchado, mas você terá que gastar novamente para deixar o motor do jeito original, ou seja, terá gasto para customizá-lo e, depois, para retornar o padrão.

 

Como Personalizar Caminhões

personalizar caminhoes como
Saiba como a personalização de caminhões é possível de ser feita

Até aqui, você acompanhou que há uma série de restrições impostas a quem deseja personalizar caminhões.

Mas esse não é um sonho impossível.

Neste tópico, vamos explicar o que está ao seu alcance para deixar o veículo com a sua cara.

O primeiro passo é observar qual o orçamento disponível para personalizar o caminhão.

Feito isso, responda: qual é o estilo que o seu caminhão personalizado vai ter?

Essa é a hora de você soltar a imaginação.

Como parece o caminhão perfeito na sua mente?

É um caminhão com visual agressivo ou mais discreto?

As opções são inúmeras.

Procure na internet imagens de caminhões personalizados para ter uma ideia mais aproximada do que você deseja fazer.

Imagine ter um caminhão que não se pareça com nada que as pessoas já tenham visto na rua.

Você deve se perguntar: a pintura será personalizada?

O caminhão poderia ser da cor preta e detalhes como caveiras, por exemplo.

Ou uma imagem de Nossa Senhora Aparecida.

E as rodas?

Se você personalizar as rodas, o visual do caminhão ficará mais bonito.

No interior do caminhão, é uma possibilidade personalizar o piso de forma que combine com as cores da lataria.

E não se esqueça de um aparelho de som potente.

Mas cuide para não ser multado por perturbação sonora.

Há muitos ítens que podem ser customizados na hora de personalizar caminhões.

Só é fundamental ter cuidado ao escolher aquele visual caprichado para o caminhão.

Pense bem se, com o tempo, você não vai ficar enjoado do mesmo visual.

Outro ponto a ser considerado é se você pretende vender o caminhão em um futuro breve.

Dependendo das mudanças que fizer, a venda pode ser tornar mais difícil.

Isso sem falar que todo o investimento realizado dificilmente será recuperado.

 

Como Regularizar Caminhões Rebaixados e Tunados

personalizar caminhoes como regularizar tunados rebaixados
Entenda como é possível realizar a regularização de caminhões tunados e rebaixados

Se você dirige pelas estradas brasileiras com o caminhão rebaixado ou tunado e não levou multa, não abuse da sorte.

Regularize já o seu caminhão e acabe com o risco de levar multa.

Fazer isso não é nenhuma missão impossível, mas dá um bom trabalho, porque envolve muita burocracia.

Para você trafegar com seu caminhão rebaixado ou tunado, é necessário ter toda uma documentação que deve ser expedida pelos órgãos de trânsito.

Em primeiro lugar, se dirija a uma unidade do Detran e especifique as mudanças que você intenciona realizar.

A documentação precisa ser aprovada pelo Detran.

Se as alterações no caminhão forem muito severas, também será obrigatório pedir uma inspeção em uma sede das Instituições Técnicas Licenciadas (ITLs).

Quando você ter em mãos o Certificado de Segurança Veicular (CSV), será possível dirigir sem medo de multas.

Contudo, isso só ocorre no final do processo. Lembre que você terá que gastar com isso.

Nossa dica é reservar pelo menos R$ 500 para esse processo e pedir autorização para fazer o máximo de alterações ao mesmo tempo.

Isso reduz o valor total que você irá gastar.

No final do processo, o dono do caminhão receberá em mãos o Certificado de Registro de Veículo (CRV) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) com as especificações do CSV nas observações.

Ou seja, se você for parado, a autoridade irá ver que as alterações estão legalizadas.

Como avisamos, personalizar caminhões envolve muita burocracia.

Mas vale a pena.

Assim, você vai realizar seu sonho e ficar dentro da lei.

 

Perguntas e Respostas

personalizar caminhoes perguntas respostas
Ainda tem dúvidas sobre personalizar caminhões?

Responderemos agora as perguntas mais frequentes sobre o assunto.

Confira!

1. Quais são alguns estilos possíveis de personalizar caminhões?

De acordo com este site, faz muito tempo que os motoristas personalizam seus caminhões.

Nas décadas de 1960 e 1970, eram extremamente populares os detalhes cromados, cornetas sob a cabine e calotas que literalmente cobriam todas as rodas.

Já nos dias de hoje, as opções para personalizar caminhões são mais variadas.

Mas a ideia principal continua a mesma: deixar o caminhão com mais personalidade.

Alguns dos estilos possíveis são:

      • Extreme;

      • Grafitado;

      • Conservador;

      • Estilo “verdura”.

O estilo Extreme é uma forma extremada de estilização.

Em outras palavras, literalmente tudo no caminhão é mudado: suspensão, cor, rodas, painel, poltronas, etc.

Obviamente, custará bastante dinheiro personalizar totalmente o seu caminhão.

Falaremos agora do estilo Grafitado, que é muito parecido com o Extreme.

A diferença é que não é alterada a lataria do caminhão.

Além disso, a cabine sempre possui um grafite.

Como são desenhos extremamente bem feitos, é um trabalho que custa bastante dinheiro.

Afinal, não é todo mundo que pode ter uma verdadeira obra de arte na cabine do caminhão, não é mesmo?

Já o estilo Conservador é mais comedido.

Ou seja, é dada uma atenção especial às características originais do caminhão.

A pintura, por exemplo, não é alterada.

São adicionadas rodas feitas de alumínio, alterações na suspensão e tanques cromados.

Já o estilo “Verdura” é muito comum nos caminhões que transportam verduras pelas estradas do Brasil.

A suspensão do caminhão é muita alta, possui uma lameira que se destaca pelo tamanho, o escapamento é direto, as rodas possuem porcas cromadas, entre outras mudanças.

Se você deseja personalizar seu caminhão e não tem muito dinheiro para isso, esse é o estilo mais recomendado.

2. Por que o farol de xenon é tão desejado entre caminhoneiros?

Em muitos casos, a razão é estética: um caminhão com farol de xenon emite uma luz que facilmente se destaca das demais.

De acordo com este site, a potência é muito maior do que a dos faróis normais.

E isso ajuda os motoristas em locais muito escuros e em viagens noturnas.

Para quem ganha a vida dirigindo caminhões à noite, o farol de xenon tem uma importância que não é somente estética, pois eleva a sua segurança.

Entretanto, o farol de xenon foi proibido por um bom motivo: existe perigo em seu uso.

Há possibilidade de ofuscar a visão do condutor que vem em direção oposta.

Com isso, há boas chances de ocorrer um acidente.

Importante: isso não acontece com projetos de fábrica, apenas com acessórios instalados posteriormente.

3. Existem empresas especializadas em personalizar caminhões dentro da lei?

Sim, existem.

Inclusive, essa é uma excelente ideia se você quiser ter certeza de que terá um projeto atendendo 100% às determinações da lei.

Se você não conhece nenhuma dessas empresas, faça uma busca na internet.

Talvez existe uma mais perto de você do que pensa.

Recorra sua multa de trânsito Baixe o PDF grátis

4. É possível fazer um seguro de um caminhão tunado?

Excelente questionamento esse.

De acordo com este site, há não muito tempo, era bem complicado contratar um seguro para carros modificados (tunados ou rebaixados).

Hoje, a situação mudou bastante.

Ainda assim, não são todas as seguradoras que aceitam tais veículos.

Importante: é a seguradora que realiza uma vistoria para definir se cobre o veículo modificado ou não.

Portanto, existem duas classificações: os veículos normais e os modificados.

5. Custa muito caro personalizar caminhões?

Depende de quais modificações você deseja fazer no caminhão.

Como você leu, é possível gastar muito dinheiro com a customização.

É por isso que a primeira dica é sempre olhar para o próprio orçamento disponível para o projeto.

 

Conclusão

personalizar caminhoes conclusao
Fique ligado na legislação para evitar problemas!

Você conferiu neste artigo que os caminhões customizados chamam bastante a atenção das pessoas e são um sonho de consumo para muitos condutores.

Em alguns casos, o veículo se torna literalmente uma obra de arte.

Mas para personalizar caminhões, é preciso ter atenção para não cometer nenhuma infração de trânsito.

Afinal, nunca é uma boa ideia levar uma multa e receber pontos na CNH, não é mesmo?

Mas se você leu tudo com cautela, poderá se dedicar ao projeto e dirigir seu caminhão customizado sem nenhum problema pelas estradas brasileiras.

Tem alguma pergunta sobre como personalizar caminhões ou sobre tunning?

Quer ajuda para recorrer de uma multa por não ter regularizado seu caminhão? Clique na imagem abaixo.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe este conteúdo com seus amigos e familiares.