Fatos Curiosos Sobre Carros: Descubra 16 Muito Interessantes

Uma das características inerentes aos seres humanos é a curiosidade. Quem não gosta de descobrir algo diferente? O mundo é cheio de fatos curiosos, e quando falamos em carros não é diferente. Por isso, o que você acha de descobrir alguns fatos curiosos sobre carros? Neste artigo, você poderá conhecer 16 curiosidades bastante interessantes sobre a história, mecânica, valores e outros aspectos do mundo automotivo. Tenho certeza de que você vai curtir ler este conteúdo!

Fatos curiosos sobre carros são sempre instigantes, não é mesmo?

Muitas vezes, descobrimos coisas sobre determinados assuntos que sequer fazíamos ideia da existência ou origem.

Se você analisar bem, tudo, absolutamente tudo, tem um quê por trás que você desconhece.

E o desconhecido gera o quê? Isso mesmo: curiosidade.

No mundo automobilístico, não é diferente.

Existe uma série de fatos curiosos sobre carros que você provavelmente não tem conhecimento.

Pensando nisso, elaborei este artigo com algumas curiosidades em relação ao mundo automotivo brasileiro e mundial.

Então, quer ganhar um tempinho com uma leitura leve, informativa e instigante?

Siga comigo e vamos juntos descobrir fatos interessantes sobre o universo das quatro rodas.

Ao longo deste artigo, você vai poder matar sua curiosidade automotiva em 4 categorias diferentes.

Tenho certeza de que você vai curtir muito os 16 fatos curiosos em destaque neste texto.

Boa leitura!

 

Fatos Curiosos Sobre Carros: História

Que tal viajar no tempo, e conhecer um pouco da história dos carros?

A primeira categoria que quero apresentar é a de fatos históricos.

É sempre interessante descobrir a origem das coisas, não é mesmo?

Por isso, a partir de agora, confira 8 fatos muito legais sobre a história dos carros.

1- Quem inventou o carro?

O alemão Karl Benz inventou o carro em 1878

Para abrir nossa lista de curiosidades, começarei pela pergunta mais clássica de todas: quem inventou o carro?

Na verdade, não há como precisar um único nome responsável pela invenção do carro.

Isso porque houve uma série de personalidades que uniram seus trabalhos para desenvolver o primeiro veículo automotor.

Mas sempre há alguns nomes que se destacam.

Registros históricos apontam que o primeiro carro surgiu em meados de 1678 e foi desenvolvido por um padre belga chamado Ferdinand Verbiest.

O padre teria feito o primeiro veículo terrestre, movido a vapor, para o imperador da China.

Mas, como o modelo era “primário” e movido a vapor, o padre não foi considerado, exatamente, o inventor do carro.

Tal título foi atribuído, anos depois, a partir de 1878, ao alemão Karl Benz – responsável pelo desenvolvimento de motores de combustão interna.

2- Quando chegou o primeiro carro ao Brasil?

O primeiro automóvel a rodar no Brasil foi trazido por Henrique Santos Dumont, em 1893.

Esse sobrenome não lhe é estranho, certo?

Henrique era irmão de Alberto Santos Dumont, o famoso aeronauta, esportista e inventor, considerado o pai da aviação brasileira.

O automóvel, que chegou ao Brasil de maneira inédita, era um Peugeot com motor Daimler movido a vapor.

3- Qual foi o primeiro carro fabricado em solo brasileiro?

Conheça o primeiro carro a ser fabricado em solo brasileiro

Antes de mencionar qual foi o primeiro carro produzido no Brasil, um dado interessante: não existe, e nunca existiu, nenhuma montadora 100% brasileira.

O que acontece é que os carros são produzidos no Brasil e controlados por capital de países estrangeiros.

Em contrapartida, nosso país é um dos maiores produtores automotivos do mundo.

No ranking mundial, ocupamos a 6ª posição, com uma produção que chega, em média, a 2 milhões de veículos fabricados por ano.

As montadoras de maior relevância nos campos de produção e venda em solo brasileiro são:

  • Fiat (Itália);
  • Chevrolet (Estados Unidos);
  • Volkswagen (Alemanha);
  • Ford (Estados Unidos);
  • Hyundai (Coréia do Sul);
  • Renault (França);
  • Toyota (Japão);
  • Honda (Japão);
  • Nissan (Japão)
  • Jeep (Estados Unidos).

Mas, agora, vamos voltar ao primeiro carro produzido no Brasil.

O primeiro carro fabricado em série em solo brasileiro data de setembro de 1956.

Tratava-se de um Romi-Isetta, fabricado em Santa Bárbara d’Oeste, interior de São Paulo.

O veículo era pequeno, tinha capacidade para transportar dois adultos e uma criança.

A velocidade que ele alcançava era de até 85 km/h e o motor fazia 25 km com 1 litro de gasolina.

4- Como foi o primeiro acidente automobilístico ocorrido no Brasil?

Um dos primeiros acidentes de carro de que se tem registro na história do Brasil foi causado por ninguém menos que o consagrado poeta Olavo Bilac, autor do nosso hino à Bandeira.

Bilac estava acompanhado do abolicionista José do Patrocínio, outro nome de peso.

O acidente aconteceu em 1897 e, felizmente, não deixou ninguém gravemente ferido.

O poeta teria perdido o controle e batido em uma árvore.

5- Rolls-Royce: o carro que transporta presidentes desde a década de 50 no Brasil

Certamente, este é um dos carros mais famosos no Brasil

Nas cerimônias de posse dos presidentes eleitos no Brasil, ganha destaque um belíssimo Rolls-Royce.

Trata-se de um carro modelo Silver Wraith, fabricado em 1952, na Inglaterra.

Ele foi transportado de navio de Londres até o Rio de Janeiro – até então, a capital brasileira.

Desde sua chegada ao Brasil, o veículo pertence à Presidência da República e conduziu os presidentes nas mais diversas ocasiões.

Ele foi utilizado pela primeira vez pelo presidente Getúlio Vargas em 1953, durante a comemoração do Dia do Trabalho.

A partir disso, o Rolls-Royce passou a ser utilizado tradicionalmente nas cerimônias de posse dos Presidentes da República, começando com Juscelino Kubitschek, em 1956.

Algumas pessoas acreditam que o carro teria sido enviado ao Brasil como presente da rainha da Inglaterra, Elizabeth 2ª.

No entanto, conforme afirma o historiador Lira Neto, o veículo foi apenas encomendado pela própria presidência brasileira.

6- Quando surgiram o limpador de para-brisa e o espelho retrovisor?

Que o limpador de para-brisa e o espelho retrovisor são itens bastante úteis nos carros já não é dúvida para ninguém.

Porém, saiba que nem sempre eles estiveram presentes nos automóveis.

O limpador de para-brisa foi instalado em um veículo pela primeira vez em 1903, quando foi patenteado pela americana Mary Anderson.

Esse tipo inicial funcionava manualmente, chegando o mecânico somente em 1916, nos Estados Unidos.

Já o espelho retrovisor tem origem incerta, mas muitos dizem que, apesar de ter sido patenteado em 1921, a ideia teria surgido anteriormente.

Um fato interessante sobre o uso desse equipamento no Brasil é que demorou até que ele fosse obrigatório nos veículos.

Sua obrigatoriedade foi determinada apenas em 1997.

7- Como surgiu o para-choque?

Nem sempre os carros contaram com esse equipamento

Você já sabe que o para-choque é um item importante dos carros.

E essa importância foi constatada há muito tempo, pelos tchecos, que desenvolveu o dispositivo no ano de 1897.

Entretanto, apenas 15 km depois de rodar com o primeiro para-choque instalado, o veículo perdeu o equipamento, que não pôde ser instalado novamente.

Então, em 1905, o inglês F. R. Simms instalou um para-choque de borracha em seu carro, dando modelo definitivo ao item.

8- Desde quando os carros têm rádio?

Talvez você possa ser do tipo de motorista que curte ouvir um sonzinho enquanto dirige.

Principalmente em locais em que o trânsito é congestionado, a música pode ser uma boa aliada para ajudar a manter a calma.

Mas se você dirigisse antes de 1922, não teria essa funcionalidade ao seu dispor.

Isso porque o rádio foi implantado em um carro pela primeira vez nesse ano, por um americano de apenas 18 anos, chamado George Frost.

Depois de 5 anos dessa iniciativa, os rádios automotivos passaram a ser fabricados em escala industrial.

A seguir, confira mais fatos curiosos sobre carros.

 

Fatos Curiosos Sobre Carros: Mecânica

Chegou a hora de descobrir algumas curiosidades sobre a parte mecânica dos veículos

Agora que você já viajou pela história dos carros e viu fatos bastante curiosos, chegou a hora de mudar a categoria.

Para isso, separei algumas curiosidades a respeito da mecânica dos veículos.

Quer saber mais sobre as curiosidades dessa categoria?

Então, prossiga com a leitura.

9- Por que o motor tem cavalos?

Cavalos foi uma forma de comparar a força desempenhada pelo motor dos automóveis aos veículos de tração animal, e foi criada por James Watt

Certamente, você já ouviu falar que a potência do motor de um carro se mede em cavalos, não é mesmo?

Mas você sabe o que isso significa?

Será que um motor de 100 cavalos é o mesmo que 100 cavalos puxando o carro?

Essa relação é comum de ser feita e não está totalmente equivocada.

Cavalo é uma unidade que mede a potência do motor de um automóvel.

Mas por que o nome “cavalo”?

O inventor dessa medida foi o escocês James Watt, um engenheiro que criava motores a vapor no século XVIII.

Para conseguir vender esses motores, ele precisava de alguma maneira mais prática e lúdica para demonstrar a potência das máquinas.

Assim, ele passou a dizer que tal motor desempenhava a força de 20, 80, 100 cavalos.

A unidade perpetuou-se nos séculos seguintes com a sigla HP, que significa Horse-Power (potência de cavalo).

No Brasil, a medida cavalo-vapor (CV) significa o trabalho realizado para levantar 75 kg a 1 metro de altura no tempo de 1 segundo.

10- Qual o carro mais rápido produzido no Brasil?

O BMW X3 M4Oi chega a 250 km/h

Já que, no tópico anterior, tratei da medida de potência dos motores, é válido mencionar qual é o carro mais veloz produzido em solo brasileiro.

Afinal, velocidade e potência são aspectos que muitas pessoas priorizam na hora de comprar um carro, não é mesmo?

Antes disso, porém, vou responder uma dúvida que costuma surgir quando esse tema é abordado: afinal, a potência do motor torna o carro mais veloz?

Na verdade, o carro veloz está atrelado à potência do motor, mas o contrário não necessariamente acontece.

Pense em um caminhão, por exemplo.

Com todo o seu tamanho e para transportar toneladas de carga, ele precisa de um motor extremamente potente, certo?

Mas isso não o torna um veículo veloz.

No entanto, um carro, para ser veloz, exige um motor com mais potência.

Não se pode comparar o desempenho de um carro 1.0 com um 2.8, por exemplo.

Agora, vamos à curiosidade!

O modelo mais veloz produzido no Brasil é o BMW X3 M40i, conforme matéria da Revista Auto Esporte.

Os 5 modelos mais potentes produzidos no Brasil são:

  • BMW X3 M40i
  • BMW 328i Active Flex
  • Mercedes-Benz C300 Sport
  • Volkswagen Golf GTI
  • BMW X4 xDrive 28i X Line

O primeiro colocado conta com um motor de 6 cilindros 3.0 turbo e pode atingir 250 km/h – e só não ultrapassa essa marca devido ao limitador eletrônico, que acompanha o veículo assim que ele sai de fábrica.

11- Carros elétricos e híbridos disponíveis no Brasil: quais são?

Hoje em dia, muito se fala na produção de gases poluentes que são liberados pelos veículos na queima de combustível.

Como já mencionei, com a grande frota de veículos circulando pelas ruas, fica muito difícil pensar em uma solução imediata, não é mesmo?

Mas uma alternativa já existe no mercado: os carros elétricos e híbridos, que prometem diminuir muito a emissão dos gases nocivos.

Como forma de incentivar a utilização desses veículos mais “ecologicamente corretos”, os carros elétricos e híbridos ganharam algumas vantagens.

Eles passaram a ter isenção do imposto de importação (se tiverem autonomia mínima de 80 km), e tiveram seus juros reduzidos, uma queda de 35% para entre 7% e zero.

Alguns estados específicos ainda desenvolvem outras formas de incentivo.

Em São Paulo, os proprietários de veículos híbridos e elétricos têm metade do IPVA devolvido.

O “porém” é que esses carros ainda são muito caros, por isso, são poucas as pessoas que têm condições de adquiri-los.

Com isso, abandonar o veículo tradicional e comprar um híbrido ou elétrico, na tentativa de contribuir com o meio ambiente, não é para muitos.

Os valores cobrados por eles ainda são extremamente altos.

Mas não se esqueça de que você também pode ajudar, deixando seu carro na garagem, sempre que possível, e investir em outros meios de transporte.

Opte por usar, por exemplo, o transporte público (que ajuda a diminuir a frota de carros nas ruas), as bicicletas e a boa e velha caminhada.

Vale ressaltar que o compromisso com a redução da emissão de gases poluentes também consta em texto de lei.

A Lei nº 8.723, de 1993, regulamenta os limites para tal emissão.

O controle fica a cargo das fabricantes de motores, veículos automotores e dos fabricantes de combustíveis.

Atualmente, discute-se a obrigatoriedade de divulgar a emissão dos gases poluentes e de gás carbônico (CO2) emitidos na atmosfera pelos veículos automotores.

De acordo com o Projeto de Lei (PL) 3.955/12, essas informações devem ser indicadas no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e na nota fiscal.

Na próxima seção deste artigo, passemos à outra categoria de curiosidades, na qual falarei sobre fatos curiosos em relação ao mercado automotivo.

Por isso, siga a leitura.

 

Fatos Curiosos Sobre Carros: de Mercado

Chegou a hora de falar de um aspecto delicado: o valor dos veículos

Todo mundo sabe que, para comprar um carro, é preciso ter determinada quantia em dinheiro.

Essa informação é tão senso comum, que sequer pode ser chamada de curiosidade.

Mas o que você sabe sobre os preços dos automóveis no Brasil e no mundo?

Certamente, as informações a seguir serão bastante interessantes.

Por isso, leia os tópicos seguintes.

12- Quais os 5 carros novos mais baratos fabricados no Brasil?

Não acredito que, em se tratando de Brasil, “barato” seja uma palavra adequada para se referir ao preço dos carros.

Isso porque, se comparado a outros países, claramente ficamos além dos valores dos mercados de fora.

Principalmente, devido às altas taxas de impostos cobradas por aqui.

Mas, realizando a comparação de preços dentro dessa nossa realidade, o blog Vrum elencou os carros mais baratos atualmente no Brasil.

Veja a relação dos 5 carros com menor preço abaixo:

Renault Kwid Life – R$ 34.790;

Fiat Mobi Easy – R$ 34.990;

Fiat Uno Attractive – R$ 44.190;

HB20 Sense – R$ 44.990;

Ford Ka S – R$ 46.680.

13- E os 5 carros novos mais caros?

Saindo da categoria mais econômica e passando para os luxuosos, no Brasil, você pode encontrar carros que custam alguns milhões de reais.

A página do André Bona, educador financeiro, apresentou uma lista com os 5 carros mais caros à venda no Brasil.

Vamos à lista e aos valores:

Rolls-Royce Wraith -R$ 3,2 milhões;

Ferrari 812 Superfast – R$ 4,2 milhões;

Rolls-Royce Cullinan – R$ 4,4 milhões;

Lamborghini Aventador S – R$ 5,3 milhões;

Rolls-Royce Phantom – R$ 6,2 milhões.

14- Qual foi o carro mais caro produzido no mundo?

Dá pra perceber por que ele é o carro mais caro da história?

Se você achou que os carros listados acima são caros, prepare-se para o que verá agora.

Já que estamos falando sobre os carros mais caros, por que não conhecer o carro mais caro de todos os tempos?

Atualmente, o carro considerado mais caro de todos os tempos é o La Voiture Noire, da Bugatti.

Apresentado no Salão de Genebra de 2019, o carro foi vendido por R$ 72 milhões.

Com isso, tornou-se o carro mais caro da história.

Na próxima seção deste artigo, você confere alguns fatos curiosos sobre assuntos gerais relacionados a carros.

Então, continue com a leitura.

 

Fatos Curiosos Sobre Carros: Geral

Até aqui, você conferiu curiosidades acerca de questões pontuais, mas está na hora de irmos caminhando para o final deste artigo.

No entanto, não quero que você termine esta lista sem antes ver mais duas curiosidades gerais sobre automóveis,

Por isso, prossiga com a leitura dos próximos fatos curiosos sobre carros.

15- Quantos carros existem no mundo?

O número de carros no mundo aumenta mais do que o de pessoas

Você já deve ter reparado que o trânsito nas cidades está cada vez mais caótico, não é mesmo?

Isso se dá, essencialmente, pelo grande número de carros trafegando nas ruas. E a quantidade de veículos vem aumentando a cada ano.

Para você ter uma ideia, o número de carros no mundo aumenta em um ritmo duas vezes maior que o da população. É, literalmente, mais carro do que gente.

Atualmente, existe mais de 1 bilhão de carros rodando pelo mundo.

Mas esse valor ainda pode ser mais alarmante: a previsão é de que, em 2030, esse número aumentará para, pelo menos, 2 bilhões de veículos.

A cada ano, cerca de 60 milhões de carros são depositados nas ruas do planeta. São 165 mil carros por dia!

Não é à toa que mais da metade do petróleo produzido em todo o mundo é consumido por carros.

16- Quais são o menor e o maior carro do Brasil?

O tamanho dos veículos também é levado em consideração no momento da compra.

Quem tem uma família grande, possivelmente, irá priorizar um carro espaçoso.

Por outro lado, uma pessoa que costuma andar sozinha poderá preferir um veículo mais compacto.

É claro que, nesse campo, existem os extremos: carros muito pequenos e outros muito grandes.

Para você ter uma ideia, um dos menores carros produzidos no Brasil, em extensão, é o Fiat 500.

Ele tem 3,54 metros de comprimento, 1,62 de largura e 1,49 de altura.

Há, ainda, outros carros que compõem a série dos mais compactos do país.

Entre eles, estão: Chery New QQ, Fiat Mobi, Kia Picanto, Volkswagen up!, Suzuki Jimny, Renault Kwid, Toyota Etios, Fiat Uno e Nissan March.

Quando o assunto é carro grande, no entanto, não há informações precisas disponíveis.

O tamanho irá depender, principalmente, da categoria a que o veículo pertence: camionetes, sedans etc.

O maior sedan compacto do Brasil é o Nissan Versa, com 4,49 metros de comprimento.

Entre os sedans médios, a primeira posição é ocupada pelo Audi A4, que mede 4,72 metros.

Já o maior sedan grande é o Kia Cadenza, que tem comprimento de 4,96 metros.

Agora, se o assunto for picapes, um nome que está em alta e que dispara no ranking das gigantes é a F-Maxx, assinada pela empresa paranaense Tropical Cabines.

A camionete tem 7,5 metros de comprimento e tem capacidade para carregar até 9 passageiros.

É, realmente, uma gigante, não é mesmo?

Conclusão

Após essa leitura, é hora de relaxar e compartilhar seus novos conhecimentos com seus amigos

Neste artigo, procurei trazer para você algumas informações curiosas sobre carros.

As curiosidades foram desde o inventor do primeiro veículo automotor, até a inovação dos carros elétricos e híbridos.

Essa categoria de carros promete ser uma alternativa menos nociva ao meio ambiente.

Além disso, trouxe fatos curiosos sobre a parte mecânica dos automóveis, do valor dos veículos e muito mais.

Você pôde conferir, por exemplo, que o carro mais caro da história custa mais de 70 milhões de reais.

Espero que você tenha gostado das curiosidades trazidas neste artigo!

Se você tiver alguma curiosidade para compartilhar com os outros leitores, escreva nos comentários.

E não deixe de enviar este artigo aos seus amigos, para que eles possam descobrir 16 fatos curiosos sobre carros.