Carros do Futuro: Descubra o Que Vem por Aí

carros do futuro renault trezor

Quando você olha para 2050, imagina carros do futuro voadores?

Talvez esteja assistindo a muitos filmes de ficção.

Por outro lado, a história recente mostra que a tecnologia do futuro para os automóveis não conhece limites.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Será que Henry Ford previu a fabricação de carros elétricos?

Possivelmente, não.

E olha que ele provocou uma verdadeira revolução na indústria automotiva no início do século passado.

O certo é que nós ganhamos a cada dia um carro cada vez mais completo e com muitas funções jamais imaginadas.

Você imaginaria algum dia andar dentro de um carro e poder conversar com outras pessoas ao redor do mundo?

São essas e outras perguntas que os engenheiros das grandes marcas se fazem a cada ano.

Neste artigo, traremos as maiores novidades dos grandes salões de automóveis ao redor do mundo.

Ainda não temos carros do futuro que voam, mas, sem dúvidas, há muitos carros de alta performance, com tecnologia avançada e surpreendente.

Você sabia, por exemplo, que o Renault Trezor foi eleito o carro conceito mais luxuoso e completo do Salão de Genebra? É o carro da foto acima.

Essas e outras curiosidades sobre o mundo automobilístico você só vê aqui!

 

Os Carros do Futuro Já Chegaram!

carros do futuro ja chegaram
Conheça o que o futuro reserva para o mercado automobilístico

Viver no Brasil e assistir aos carros espetaculares dos maiores salões de automóveis pode parecer um certo masoquismo.

Mas o que é amor, a não ser sonhar e sofrer, certo?

Convidamos você a passear neste artigo pelos maiores salões de automóveis ao redor do mundo.

Chicago Auto Show

O maior salão de toda a América do Norte concentra mais de 1.000 veículos por ano.

Como já é de praxe, as montadoras lutam pelos prêmios de Editor’s Choice, – escolha do editor-, em cada categoria.

Os modelos que mais chamaram atenção foram:

  • BMW i3

  • Porsche Boxster

  • Volkswagen e-Golf

Aqui, quem apareceu melhor foi a BMW com o seu modelo I3.

O modelo conceitual e híbrido promete e cumpre todos os requisitos que veremos em um tópico posterior.

Frankfurt Internationale Automobil

Um dos principais  salões automobilísticos da Europa.

Como a Alemanha é o maior berço tecnológico automobilista, aqui as marcas jogam duro.

O Salão do Automóvel de Frankfurt é realizado a cada dois anos, alternando com o Salão de Paris.

Originalmente realizado em Berlim, ele se mudou para Frankfurt em 1951 e sua última edição atraiu cerca de 810 mil visitantes para mais de 1.100 expositores.

O ano de 2017 marcou a 67ª edição dessa prestigiosa exposição, que abriu suas portas de 14 a 24 de setembro de 2017.

É como se cada espaço destinado para as empresas fossem um oásis futurístico tecnológico.

Aqui, todo mundo é obrigado a sonhar e dar o seu melhor.

Um ano ruim no Salão de Frankfurt pode causar demissões em massa, até mesmo desistência de um certo projeto.

Aqui, as marcas foram mais arrojadas no quesito força do motor. Apareceram carros como:

  • Ferrari Speedforce

  • Lamborghini Aventador

  • Mercedes-AMG Project One

Com uma tecnologia de ponta e um projeto muito bem executado, quem se deu bem nesse salão foi a Mercedes-AMG, com o seu famigerado Project One.

Salão Internacional de Genebra

Recorra sua multa de trânsito

Esse autoshow é um dos mais famosos salões do mundo na história automobilística, além de ser a maior referência para estreias mundiais.

O fato de acontecer no início do ano também ajuda a ter o status de referência.

Além disso, a sua importância fica ainda maior, pois a Suíça não possui uma fábrica de automóveis, sendo assim um território neutro para todas as marcas.

Ou seja, é um ótimo mercado e ninguém quer ficar de fora.

A edição de 2017, realizada de 9 a 19 de março de 2017, reuniu cerca de 200 expositores, 700 mil visitantes e apresentou 175 novos produtos e carros conceituais.

Os modelos que mais saltaram aos olhos, foram esses três:

  • Renault Trezor

  • Audi Q8 concept

  • Bugatti Chiron

Em Genebra, quem saiu melhor e dominou todas as disputas foi o sensacional Renault Trezor.

 

As Novas Tecnologias dos Carros do Futuro

carros do futuro as novas tecnologias
As tecnologias presentes nos novos carros do mercado têm surpreendido

Gostou das principais novidades dos salões ao redor do mundo?

Reservamos um tópico especial para lhe mostrar as especificações de cada um dos maiores campeões de 2017.

Aqui, apresentaremos detalhes mais técnicos, que foram pesquisados para trazer o conteúdo mais completo possível.

Confira!

Bmw i3

carros do futuro bmw i3
O BMW i3 é um dos destaques da lista

O BMW i3 praticamente inaugura o ramo elétrico BMW i.

Essa gama é caracterizada por muitas inovações tecnológicas, que devem marcar um novo começo para o carro elétrico.

O carro possui um motor elétrico de 125 kW que desenvolve 170 cavalos de potência, com torque de 250 Nm.

O i3 é um carro de propulsão cuja transmissão é assegurada por uma caixa com uma única engrenagem.

Já está disponível para nós brasileiros por um valor aproximado de R$ 170.000,00

O motor elétrico está equipado com a tecnologia BMW eDrive, que permite a recuperação de energia durante as fases de travagem ou desaceleração.

O poder de recuperação é de até 50 kW.

O BMW i3 oferece aceleração de 0 a 60 km/h em 3,7s e aceleração de 0 a 100 km/h em 7,9s.

Sua velocidade máxima é limitada a 150 km/h.

O carro tem um consumo elétrico de 12,9 kWh/100km.

Com o extensor de alcance, o consumo de energia é de 13,5kwh/100 km e o consumo de combustível é de 0,6 litros/100 km (uso misto).

O BMW i3 oferece dois tipos de baterias de ions de lítio:

  • A primeira tem uma capacidade de 22 kWh, dos quais 18,9 kWh utilizáveis e anuncia 190 km de autonomia no ciclo NEDC, ou seja, 130 a 160 km de autonomia em uso real.

  • O segundo foi lançado em julho de 2017 e oferece 33 kWh de capacidade (27,2 kWh utilizáveis), uma gama de NEDC de 300 quilômetros e uma gama real de 200 quilômetros.

Seja o pacote de 22 ou 33 kWh, a garantia da bateria permanece em ambos os casos de 8 anos ou 100.000 km, para uma capacidade mínima de 70%.

Em uso, diferentes modos de condução podem influenciar a nota de autonomia: ECO PRO e ECO PRO +, que podem ganhar 20 km de autonomia cada.

Em teoria, o BMW i3 pode viajar até 200 km, dependendo do estilo de condução e do tipo de viagem.

Mercedes-AMG Project One

Anunciado no último Paris Motor Show, o Mercedes-AMG Project One acaba de ser revelado em Frankfurt.

Impulsionado por um motor híbrido recarregável, anuncia um futuro modelo de série.

Apresentado como “a primeira Fórmula 1 a ser aceita para inspeção técnica”, o Mercedes-AMG Project One foi apresentado oficialmente na véspera do salão pela imprensa alemã.

Em termos de design, a aparência deste supercarro é bastante impressionante e a Mercedes procura claramente causar uma bela impressão.

O design é bastante próximo dos carros de competição.

Minimalista, o interior acomoda um volante de tipo F1 agrupando a maior parte dos controles e duas telas de dez polegadas.

Recorra sua multa de trânsito

No lado térmico, o Project One está satisfeito com um pequeno V6 1.6 l com injeção direta capaz de subir para 11.000 rpm.

Isto é suportado por quatro motores elétricos: um para o turbo, um integrado no motor e dois localizados em cada uma das rodas dianteiras e capazes de girar até 50,000 rpm.

No final, todo o sistema híbrido desenvolve até 1000 cavalos de potência e oferece transmissão total.

É um excelente desempenho para este conceito capaz de chegar até 350 km/h de pico.

Em termos de aceleração, 0-100 km/h é alcançado em 2,5 segundos e 0-200 km/h em 6 segundos.

O fabricante não fornece nenhuma indicação quanto à capacidade, anunciando apenas um alcance limitado de 25 quilômetros.

A Mercedes, por via das dúvidas, não forneceu mais dados sobre o carro com receio de ser copiada pelos concorrentes.

O modelo da série Project One deverá ser introduzido no próximo ano.

Renault Trezor

Um dos líderes no setor de carros elétricos, a Renault apresentou o TreZor, um conceito GT 100% elétrico, que anuncia que seus carros do futuro terão muito do estilo e das tecnologias da marca.

Após o conceito de carro DeZir, apresentado em 2010, a Renault está fazendo os apaixonados sonharem com um novo conceito de esportes e elétricos: TreZor.

Ele dá as principais orientações do design da Renault para os próximos anos, através de uma linha elegante e refinada – o TreZor mede apenas um metro de altura!

Do lado técnico, o motor do TreZor é derivado do Renault e.dams, vencedor duas vezes no campeonato mundial da Fórmula E.

O desempenho resultante é uma potência de 260 kW (350 CV) e um torque máximo 380 Nm. Os 0 a 100 km/h são filmados em menos de quatro segundos.

O TreZor tem duas baterias (capacidade não comunicada) localizadas na parte dianteira e traseira para uma melhor distribuição das massas e uma melhor adesão do carro.

Cada um tem seu próprio sistema de resfriamento, que funciona de forma otimizada com uma entrada de ar de geometria variável.

Para uma melhor autonomia (não especificada), a Renault equipou o GT com um sistema de recuperação de energia de travagem também derivado da Fórmula E (sistema RESS para Sistema de Armazenamento de Energia Recarregável).

A marca de diamantes também tratou a aerodinâmica e iluminação, uma vez que o TreZor possui um coeficiente aerodinâmico de 0,22 e um peso de 1600 kg, incluindo as baterias.

Para isso, o fabricante usou uma única célula central de fibra de carbono montada em uma armação de aço tubular.

Como de costume, é improvável que este grande conceito seja produzido um dia, exceto se houver alguma surpresa pelos lados da Renault.

 

7 Coisas Que Você Não Imaginava

carros do futuro 7 coisas que voce nao imaginava
Os carros do futuro certamente excedem nossa imaginação e esperança

Elétrico, conectado e autônomo, não polui, não tem acidente e permite que todos se movam tranquilamente pelas cidades.

Todas essas inovações são esperadas ano a ano, o que nos permite imaginar como serão realmente os carros do futuro.

O automóvel e a mobilidade estão mudando.

A transição de energia, a economia de compartilhamento e até nossas conexões com a internet estão alterando rapidamente o mercado.

Como já se possível perceber, as tecnologias desempenham um papel fundamental nesta metamorfose.

Talvez até mais do que algumas pessoas imaginam, às vezes de maneiras inesperadas.

Esta é, pelo menos, uma visão compartilhada por algumas empresas tecnológicas, incluindo a Qualcomm.

O que é a Qualcomm?

O fabricante de chips já é o número 1 em telemática e conectividade integrada, mas não pretende parar por aí.

A empresa apresentou sua visão de longo prazo e não corresponde ao que imaginamos.

Então, vamos conhecer!

1. Automóveis ultra-leves sem airbag

carros do futuro airbags
Veja agora as tendências de novas tecnologias

A Qualcomm planeja implementar uma série de novas tecnologias nos carros do futuro que, combinadas, abrem o caminho para veículos completamente diferentes dos que conhecemos.

Os carros do futuro serão naturalmente autônomos e ofereceram uma experiência de usuário digna de um smartphone para ocupar seus passageiros.

Mas não só a Volvo espera que os acidentes não sejam fatais até 2020.

A mais longo prazo, os carros do futuro simplesmente não terão mais acidentes.

A Qualcomm conta com isso na combinação de latências reduzidas do 5G e, em segundo lugar, de comunicações de veículos entre eles (V2V) ou infraestrutura (V2I).

Isso ajudará a antecipar os movimentos e garantir que as trajetórias nunca se cruzem.

2. Carros elétricos sem baterias?

Outra inovação terá uma influência muito mais importante do que se imagina no início: o carregamento por indução.

Neste ponto, estamos ansiosos para não ter que conectar nossos carros do futuro depois de ter estacionado.

Mas, eventualmente, a indução poderia simplesmente eliminar a operação de carregamento, ou pelo menos torná-la invisível.

A Qualcomm imagina que aumentamos gradualmente as áreas de recarga, ou ainda tendemos a uma estrada totalmente indutiva.

Recorra sua multa de trânsito

Com o passar do tempo, poderíamos reduzir drasticamente a capacidade das baterias, já que será apenas para armazenar energia suficiente para dirigir até a próxima parada.

Isso resolveria o problema do armazenamento de eletricidade, que atualmente é uma parte significativa do peso e custo de um carro elétrico.

E para viagens longas e ocasionais, você pode carregar uma bateria de grande capacidade em um reboque.

3. Seria o fim do carro individual?

A tendência fundamental para a mobilidade dos carros do futuro: o fim, senão a redução do carro individual, em favor da democratização da partilha de carros e até mesmo da inter-modalidade, isto é, o compartilhamento dos meios de transporte.

E não é apenas uma moda de ecologistas.

Mesmo alguns dos maiores fabricantes de automóveis estão tomando esse turno.

Esse é o caso da Ford, que democratizou o carro há 100 anos.

A sexta maior montadora  mundial no mercado automotivo pretende expandir seus negócios e se tornar um VIP no setor de mobilidade.

A Ford materializa um pouco mais sua ambição.

Depois de apresentar o conceito MoDe:Me no ano passado, ele apresenta este ano de concreto.

De fato, anunciou o próximo lançamento do FordPass, um serviço que conecta o usuário com uma variedade de partes interessadas nos transportes: transporte público, serviços de bicicleta ou de compartilhamento de carro, táxi, etc..

O usuário escolherá a combinação de meios de transporte que melhor se adequa a ele, de acordo com critérios pessoais (custo, velocidade e conforto).

4. Produzam baterias ou sejam demitidos!

A Europa não vai abandonar o motor a combustão tão rápido assim, mas precisa urgentemente começar a produzir suas próprias baterias de carros elétricos.

O seu maior medo é que a China, maior produtora de baterias, está muito à frente dos demais continentes.

Este comentário foi feito por Roberto Vavassori, presidente da Associação Europeia de Fornecedores Automotivos, ao portal G1:

“Vamos montar um período de transição sensato que não dê garantias indesejadas aos nossos amigos chineses”, disse ele.

Recorra sua multa de trânsito

Segundo o executivo estima, as montadoras europeias estavam pagando entre 4 mil e 7 mil euros à China por baterias para cada carro elétrico.

Vale lembrar que o Reino Unido e a França anunciaram planos para acabar com o uso de motores de combustão para tentar reduzir a poluição.

5. Greenpeace e o protesto contra a poluição

O Greenpeace costuma ser ignorado em todos os seus protestos promovidos durante os autoshows ao redor do mundo.

Mas dessa vez, a entidade conseguiu enfim ser ouvida.

No último Salão de Frankfurt, o Greenpeace fez um protesto contra os motores a combustão e tentou uma reunião com as grandes montadoras para mostrar projetos referentes à utilidade dos carros do futuro

Mas isso não era novidade para os executivos da indústria automobilística.

Na verdade, eles não tiveram tempo de se preocupar com os protestos do Greenpeace: eles estavam muito ocupados lançando seus próprios modelos sem petróleo para a imprensa mundial.

A BMW mostrou a “i Vision Dynamics”, um dos carros do futuro mais esbeltos que se tornará será o maior rival do Tesla S.

Mercedes-Benz mostrou o O EQA Concept Car e prevê que seu EV de entrada de nível será totalmente conceptível em 2020.

A Volkswagen anunciou planos para vender 3 milhões de EVs por ano até 2025.

A Honda, por sua vez, nos mostrou o seu Urban Concept EV, que é um supermini elétrico que foi uma verdadeira paixão à primeira vista!

6. Tesla está fazendo barulho!

carros do futuro tesla s
A fabricante do Tesla S teve destaque ao aceitar conversar diretamente com o Greenpeace

Muitos fabricantes de carros estavam indignados com o Greenpeace.

“Isso tudo foi uma perda de tempo, nós estamos trabalhando para fazer carros elétricos, não para criar protestos insignificantes – porque são empresas como a VW Group, que liderarão o avanço do carro elétrico”, disse o CEO Matthias Müller.

Sua resposta claramente nos remete ao Tesla S, pois a empresa foi uma das únicas que aceitou conversar diretamente com o Greenpeace e todos os seus manifestantes.

7. A Volvo vai erradicar o uso do carro movido a combustão

A partir de 2019, todos os novos modelos Volvo serão elétricos.

Este é um momento histórico na história do automóvel. A Volvo anuncia o fim dos carros de combustão!

Eles serão ou 100% híbridos ou 100% elétricos. A Volvo é o primeiro fabricante tradicional a mudar para eletricidade.

Isso provavelmente está relacionado ao fato de a Volvo pertencer desde 2010 a um grupo chinês.

No entanto, a China tornou-se o maior mercado mundial de eletricidade, devido à poluição nas cidades que atinge níveis alarmantes no inverno.

Portanto, há pressão ambiental, social e mesmo econômica.

Como esses carros do futuro são cada vez mais baratos de produzir e, como não pagamos pela gasolina, em breve serão economicamente mais vantajosos.

Resta o problema da autonomia, pois recarregar uma bateria leva tempo, muito tempo.

Mas como sabemos, a Volvo foi considerada por anos consecutivos como o carro mais seguro do mundo.

Então, só podemos esperar coisas boas dessa grande marca.

 

Conclusão

carros do futuro bmw automobilisticas
Fique por dentro das novidades no mercado automotivo!

Como você pôde ver neste artigo, mostramos o que as principais marcas automobilísticas estão preparando para os carros do futuro.

Vimos as diversas inovações da BMW e as constantes buscas por mudanças com a Volkswagen e sua criações.

Renault, Mercedes e Volvo foram outras montadoras que apareceram por aqui com destaque

Descobrimos que os motores por combustão não serão mais usados nos carros do futuro, pois há uma enorme pressão das associações automobilísticas.

O que nos resta é ficarmos atentos às constantes mudanças nas tecnologias.

Além disso, torcer para que nossos carros do futuro sejam seguros, práticos e que levem adiante essa paixão que une a nossa história.

Ficou com alguma dúvida?

Não deixe de entrar em contato conosco para o que precisar.

Lembre que Doutor Multas é a melhor solução para ajudar você a ganhar recursos de multas, com a maior taxa de vitória para os clientes.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe o artigo com seus amigos e familiares.

Eles certamente vão gostar de saber mais sobre os carros do futuro.

Recorra sua multa de trânsito