Mercedes e Volkswagen Anunciam o Fim dos Carros a Combustão

Última atualização em

abolicao carros combustao
Fim dos carros a combustão

Os recentes níveis de poluição, relatados por diversos órgãos responsáveis pelo controle da qualidade do ar atmosférico, levaram alguns países a estabelecerem uma data para o fim da produção de veículos à combustão.

Após receberem uma notificação da União Europeia sobre os níveis de poluição detectados no ar, a França, a Alemanha e a Inglaterra determinaram que, até o ano de 2040, a produção de carros movidos a combustíveis fósseis estará extinta.

Tendo isso em vista, algumas montadoras decidiram aderir ao programa de redução dos níveis de poluição, produzindo veículos que cooperem com o aumento da qualidade do ar atmosférico.

As duas montadoras que recentemente estabeleceram uma posição quanto à modificação dos veículos foram a Volkswagen e a Mercedes.

As duas empresas já determinaram datas para encerrar a produção de carros abastecidos por combustíveis fósseis, criando também alternativas para a substituição desses veículos.

 

O que propõem as montadoras

abolicao carros combustao proposta montadoras
A tendência é aumentar a produção de veículos elétricos

Com o término da produção de veículos a combustão, será necessário que as empresas encontrem uma alternativa.

Dessa forma, as duas montadoras passarão a produzir seus modelos de veículos tanto à combustão, como movidos a energia elétrica.

A Volkswagen dará início à produção alternativa a partir de 2030, já a Mercedes começará antes ainda, produzindo carros elétricos a partir de 2022.

Outras duas grandes montadoras, a Jaguar Land Rover e a Volvo, também já estabeleceram o prazo de encerramento para a produção de veículos movidos a combustíveis fósseis.

As duas empresas começarão a produção de veículos elétricos antes ainda da Volkswagen e da Mercedes.

A Volvo iniciará a substituição a partir de 2019 e a Jaguar Land Rover a partir de 2020.

Além das montadoras que transformarão seus modelos a combustão em veículos também movidos por energia elétrica, diversas outras empresas vêm criando modelos alimentados por eletricidade.

Dentre elas, pode ser citada a Tesla, especializada na produção de carros elétricos e que vem se popularizando com os modelos lançados recentemente.

 

A expansão dos carros elétricos

Com a determinação do fim dos veículos a combustão, a melhor solução tem sido o desenvolvimento dos veículos elétricos.

Outras alternativas, como carros movidos a hidrogênio, até foram projetadas. Entretanto, os custos de um veículo movido a hidrogênio são bem maiores quando comparados aos custos de um veículo movido a energia elétrica.

Por esse motivo, o investimento na produção de carros elétricos tem sido tomado sempre como primeira alternativa pelas montadoras.

Além disso, há, em alguns países, programas para a diminuição do valor de venda de veículos elétricos, como o realizado pela China, por exemplo, que lançou o Bajoun E100, custando apenas 5.300 dólares.

 

Conclusão

abolicao carros combustao conslusao
O principal objetivo é diminuir a poluição

Conscientes, as montadoras estão cada vez mais se aperfeiçoando de forma a produzirem seus veículos pensando na diminuição dos níveis de poluição.

De acordo com as informações vistas, a produção dos carros elétricos tem sido tomada como a melhor alternativa, tanto pelos custos como pelas consequências de uso dessa energia para a poluição, que são bem menores quando comparadas às consequências geradas pelo uso de outros combustíveis.

Dessa forma, esperamos chegar no dia em que todas as montadoras terão realizado a substituição dos seus modelos a combustão por veículos alimentados por energia elétrica.

Assim, será possível prever a melhoria necessária à qualidade do ar que respiramos hoje.