A Extinção dos Veículos a Combustão Está Próxima!

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.
combustão motor veículo
Veículos a combustão estão com os dias contados (reprodução/youtube)

Alguns dos países mais importantes da Europa terão de adaptar-se a um novo sistema de produção de veículos a partir de 2040 e os veículos a combustão estão com os dias contados.

Estamos falando da proibição da produção de veículos com motor a combustão. O governo desses países incentiva o término da queima de combustíveis como fonte geradora de energia mecânica para mover os veículos.

A justificativa é plausível. Alguns países da Europa foram notificados pela União Europeia quanto à qualidade do seu ar, que está muito abaixo do indicado para que não afete a saúde da população. Esta, então, é uma das medidas adotadas, em princípio, pela França, Inglaterra e Alemanha, para diminuir seus níveis de poluição.

A Alemanha, antecedendo os outros países, estabeleceu 2030 como prazo para o fim da produção de veículos movidos a combustível.

Tem-se, ainda, a informação de que a Noruega e a Índia, em 15 e 13 anos respectivamente, pretendem extinguir a produção de carros à combustão.

Para que haja essa rápida modificação, a acessibilidade em relação a esse tipo de veículo, nos países que pretendem modificar sua frota, está sendo ampliada, tanto no quesito dos custos quanto no do abastecimento, por exemplo.

Quais serão as alternativas?

veiculos a combustao dias contados alternativas
Veículos elétricos poderão substituir veículos à combustão

Nos países que decretaram o fim, para os próximos anos, da produção de veículos à combustão, tem-se um incentivo à utilização dos carros elétricos como substituição para os veículos movidos a combustível.

No Brasil, no ano de 1972, chegou a ser lançado um modelo de carro elétrico, que acabou não se popularizando.

O carro foi criado com base em idealização nacional, pelo fabricante Amaral Gurgel, sendo chamado de Itaipu, fazendo referência à Usina brasileira de geração de energia elétrica.

Depois desse lançamento, nenhuma outra empresa investiu em modelos alimentados por energia elétrica. Entretanto, fora do Brasil, são lançados inúmeros modelos de carros elétricos.

A Tesla, empresa que a cada dia tem seu reconhecimento ampliado no mercado de carros elétricos, tem investido em modelos de valores mais acessíveis, com o intuito de incentivar a utilização de carros movidos à eletricidade ao invés de carros alimentados por combustíveis.

O seu último lançamento, o Model 3, convertido em moeda nacional, custaria em torno de R$ 100.000,00, tendo, assim,  um valor bem mais baixo que outros modelos como o Model S, por exemplo, que, em conversão direta, custa em torno de R$ 250.000,00, estando muito longe de um veículo de valor popular ou próximo a isso no Brasil.

Outra alternativa seria o carro abastecido a hidrogênio. Entretanto, o custo de um carro elétrico é bem menor em relação ao custo de um carro abastecido com o gás, e, além disso, transportar hidrogênio é uma tarefa bastante difícil, já que ele é capaz de atravessar metais como o aço, ainda que em pequenas quantidades, sendo também altamente inflamável.

E dentre as possíveis alternativas de alimentação de automóveis, faz-se necessário esclarecer que a água não pode ser utilizada como combustível para gerar energia mecânica, desfazendo o mito de que carros movidos a água podem existir no futuro.

Para que a água pudesse ser utilizada como combustível, seria necessária a extração do hidrogênio da sua composição e, para isso, a ação de outra fonte de energia deveria ser aplicada.

Para gerar essa energia, seria necessária a utilização de outro combustível, o que seria indiferente, portanto, para objetivo da não utilização de combustíveis para a geração de energia.

 

O que precisa mudar para o fim do uso dos veículos a combustão?

veiculos a combustao dias contados mudancas
Quase não existem pontos de recarga para veículos elétricos no Brasil

A maioria dos carros elétricos, fora do Brasil, são acessíveis quando nos referimos a valores. Porém, essa acessibilidade acaba no momento em que seu custo é convertido em Real, pois ele se torna, dessa maneira, três vezes mais caro que o valor de um carro popular brasileiro.

O Model 3 produzido pela Tesla, citado anteriormente, passa a ser, então,  uma das poucas opções de carros elétricos acessíveis ao condutor brasileiro.

Entretanto, sua comercialização ainda não alcançou o Brasil, que tem como carro elétrico mais barato o Toyota Prius, custando cerca de R$123.000,00.

A questão da acessibilidade relativa ao abastecimento também é um problema, principalmente no Brasil, onde quase não existem pontos de recarga para veículos.

No país, há possibilidade de, ao haver um grande crescimento da frota de veículos elétricos, as usinas de energia elétrica terem de adaptar-se para produzir a quantidade de energia necessária para o abastecimento de todos os veículos.

Caso não haja uma adaptação, tendo por base a quantidade de energia que já é consumida atualmente, o risco de apagões se torna muito mais alto.

Em alguns países, como a Alemanha, tem-se a geração de energia elétrica pela queima de combustíveis fósseis, e aí estaria mais um problema a ser solucionado.

Para a implantação das frotas movidas à energia elétrica, a forma como essa energia é gerada deve ser modificada.

Só assim é que faria sentido a alteração do sistema de abastecimento de veículos, pois o intuito da proibição da produção de veículos a combustão é justamente eliminar a queima de combustíveis fósseis para diminuir os níveis de poluição.

 

Vídeo mostra como é a combustão de um motor

O motor do vídeo, não é o mesmo dos veículos atuais. Foi feito uma amostra especialmente para mostrar melhor como acontece a combustão em câmera lenta.

É realmente impressionante. O que você achou?

 

Conclusão

veiculos a combustao dias contados
Carros elétricos têm menor custo de abastecimento

Embora exista mais de uma fonte de energia disponível para substituir combustíveis como gasolina ou diesel, os carros elétricos ainda podem ser classificados como os que exigem o menor custo para abastecimento.

Sabemos que há muitas coisas a serem adaptadas para que os carros elétricos possam ser adquiridos e utilizados pelos condutores.

Mas, com o investimento dos fabricantes em modelos mais baratos, é possível que países como o Brasil, em breve, possam estar disponíveis para a compra de carros cujo preço se equipare aos valores dos carros populares disponíveis hoje no mercado automobilístico.

Qual a sua opinião sobre o fim dos veículos a combustão? Você acha que o Brasil já está preparado para os carros elétricos?

Comente abaixo a sua opinião!

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.