Quando Começa a Contar o Prazo de Suspensão da CNH

Quando o condutor atinge o limite de 20, 30 ou 40 pontos na carteira, ou comete infração autossuspensiva, o prazo de suspensão da CNH começa a contar somente após todos os recursos administrativos estejam esgotados.

Leia mais

O condutor terá um prazo para entregar sua CNH de acordo com notificação emitida pelo Detran. Caso a CNH não seja entregue até a data limite, começa a contagem do prazo da suspensão.

Leia mais

Os recursos de multa podem ser apresentados sem que o teto de pontos seja atingido. Na verdade, isso é o mais recomendado para o condutor proteger seu direito de dirigir.

Leia mais

A primeira oportunidade de apresentar recurso é na defesa prévia. Nesta primeira etapa, é recomendado que a defesa foque em apontar erros formais que podem invalidar a infração e a aplicação da penalidade.

Leia mais

O condutor tem o prazo de 15 dias para manifestar seu recurso. E caso não seja aceito, pode apresentar uma nova defesa, desta vez em segunda instância, chamada JARI no prazo máximo de 30 dias.

Leia mais

Se o recurso for indeferido na JARI, haverá uma terceira oportunidade. O motorista pode recorrer ao CETRAN, considerada a segunda instância de recursos na esfera administrativa.

Leia mais

Caso o recurso ao CETRAN também seja indeferido, será aplicada a suspensão do direito de dirigir e a CNH deverá ser entregue para ficar retida.

Leia mais

Se o motorista possui a versão digital da carteira de motorista, esta ficará indisponível no aplicativo.

Leia mais

https://www.youtube.com/watch?v=01qljBmBHzQ

Leia mais

Por quanto tempo a CNH fica suspensa?

O tempo de suspensão da carteira de motorista vai variar conforme a natureza da infração cometida.

Leia mais

Tempo de suspensão por pontos: quando a suspensão é aplicada por pontos, terá duração de 6 meses a 1 ano.

Leia mais

Se o motorista sofrer a mesma punição no prazo de 12 meses, seu período de suspensão aumenta para 8 meses até 2 anos, conforme o art. 261, § 1º – I.

Leia mais

Tempo de suspensão por infração autossuspensiva: quando o condutor for autuado pelo cometimento de uma infração autossuspensiva, a suspensão da CNH será de 2 a 8 meses.

Leia mais

Caso seja reincidente em um período de 12 meses, a penalidade aumentará para 8 a 18 meses, exceto se o prazo estiver estipulado no artigo da infração (art. 261, § 1º – II).

Leia mais

Tempo de suspensão da CNH na Lei Seca: as infrações descritas no artigo 165 (dirigir alcoolizado) e 165-A (recusa ao teste do etilômetro) configuram excepcionalidades, uma vez que seus dispositivos infracionais estipulam a suspensão da CNH por 12 meses.

Leia mais

Tempo de suspensão da CNH por interrupção de via: Conforme a Lei nº 13.281/2016, há mais uma excepcionalidade. O artigo 253-A (usar veículo para, deliberadamente, interromper a via) estipula um período de 12 meses de suspensão da carteira.

Leia mais

De acordo com o CONTRAN, o órgão responsável pela aplicação da punição determinará o prazo da suspensão, considerando a gravidade da infração, circunstâncias e antecedentes do condutor infrator.

Leia mais

Você também pode se interessar:

Leia mais
  • CNH suspensa na Lei Seca
  • Suspensão da CNH
  • Infrações autossuspensivas
  • Limite de pontos na CNH
Leia mais

Qual o valor para regularizar CNH suspensa?

Antes de tudo, convém saber que reverter uma suspensão da carteira de motorista requer uma análise minuciosa do caso em específico.

Leia mais

Dificilmente este tipo de problema será resolvido com modelos de recursos, pois é preciso apontar possíveis falhas e fornecer uma justificativa que possa ter um embasamento legal, bem como questionar de forma técnica a interpretação da lei pelo agente de trânsito.

Leia mais

Quando a CNH é suspensa por pontos, pode-se recorrer das infrações cujos recursos têm maior chance de sucesso.

Leia mais

Desta maneira, seja suspensão por pontos ou não, é extremamente recomendada a análise de um especialista em direito de trânsito, principalmente de um especialista experiente em recursos de multas bem-sucedidos.

Leia mais

O que acontece se eu não entregar a CNH suspensa?

Se o motorista não entregar a CNH, receberá outra notificação, conforme descrito no art. 15 da Resolução 723 do CONTRAN com um novo prazo.

Leia mais

Segundo a mesma resolução, ainda assim, caso a carteira não seja entregue no prazo devido, constará no registro do condutor.

Leia mais

Após a entrega da CNH, o prazo da suspensão começa a contar e a carteira ficará retida e devolvida após o cumprimento do prazo de suspensão e a comprovação da realização do curso se reciclagem.

Leia mais

Será lançado o bloqueio da CNH no prontuário do condutor independentemente da entrega da CNH.

Leia mais

Conclusão

Se você está com excesso de pontos na CNH, com risco iminente de ter o direito de dirigir suspenso ou mesmo com um processo de suspensão já instaurado, pode entrar em contato com nossa equipe de especialistas para uma análise inicial gratuita do seu caso.

Leia mais

Traçaremos a melhor estratégia, totalmente dentro da lei, para que o seu direito de dirigir não seja afetado!

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas