Contran Determina que Semáforos Sonoros Sejam Padronizados no Brasil Até 2021

A lei de trânsito mudou e a sua CNH pode estar em risco! Você tem uma multa e quer evitar a perda da habilitação? Clique aqui e faça uma Consulta GRATUITA (em menos de 02 minutos) da sua multa ou processo administrativo de trânsito!
Processo de suspensão em aberto? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH:  Clique AQUI para receber uma consulta gratuita do seu caso com o Doutor Multas.

semaforos sonoros

Processo de suspensão em aberto? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH:  Clique AQUI para receber uma consulta gratuita do seu caso com o Doutor Multas.

Desde 2016, quando entrou em vigor, a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência) representou um novo olhar aos 45 milhões de pessoas que possuem algum grau de deficiência no Brasil.

Desde então, diferentes ações estão sendo colocadas em prática para que o país assegure e promova, em condições de igualdade, direitos e autonomia à pessoa com deficiência, visando a sua inclusão social.

Uma dessas iniciativas foi recentemente regulamentada pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), no dia 10 de outubro de 2017. A medida estabelece padrões e critérios para a sinalização semafórica com sinal sonoro para travessia de pedestres com deficiência visual.

A lei de trânsito mudou e a sua CNH pode estar em risco! Você tem uma multa e quer evitar a perda da habilitação? Clique aqui e faça uma Consulta GRATUITA (em menos de 02 minutos) da sua multa ou processo administrativo de trânsito!

Com isto, até o ano de 2020, todos os semáforos brasileiros deverão regulamentar seus sinais sonoros, visuais e vibratórios, estando, assim, mais acessíveis para aqueles que precisam destes equipamentos para se locomover de forma segura.

Elmer Vicenzi, diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), aponta que essa determinação fará com que haja uma padronização nos sinais de trânsito em qualquer lugar do Brasil, contribuindo para que o deficiente visual utilize os equipamentos de sinalização sempre da mesma maneira.

O diretor também acrescenta que a resolução parte da necessidade de conferir maior segurança à travessia desse tipo de pedestre, conforme aponta a Lei Brasileira de Inclusão.

Apesar de tudo que a medida representa, seu funcionamento, segundo o Contran, acontece de forma bem simples.

Para utilizar, o usuário vai precisar manter o botão de acionamento por três segundos para ativar o modo sonoro de batoeira, que emitirá, então, uma mensagem verbal de indicação.

Quando este sinal for ativado, um som será emitido para permitir a travessia, permanecendo durante o tempo de verde e de vermelho.

Conforme o Conselho, este som não deverá ser interrompido por outro sinal sonoro ou mensagem verbal sob qualquer hipótese.

Conheça mais detalhes da resolução de n°704 do Contran.

 

A regulamentação como caminho para a Inclusão

Consulte qualquer veículo pela placa.

A medida vem em boa hora. Isto porque segundo dados, divulgados em 2016, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há 500 mil cegos no Brasil e, ao menos, 5,5 milhões de deficientes visuais.

Destes, 2,7 milhões circulam pelas ruas de São Paulo, onde existem apenas oito semáforos acessíveis.

Não fique sem diriger.

Em Manaus, capital do estado de Amazonas, que contabiliza 50 mil cegos, dos 250 cruzamentos com semáforos, apenas 12 possuem, atualmente, equipamento com sinais sonoros.

Ou seja, essas mudanças estavam sendo aguardadas, e já estão sendo comemoradas por todos que precisam da acessibilidade para ter seu direito de ir e vir assegurado.

 

O que diz a Lei de Inclusão

semaforos sonoros inclusao
A Lei reforça a importância de garantir autonomia e capacidade aos cidadãos com alguma deficiência

Em suma, a Lei Brasileira de Inclusão afirma a autonomia e a capacidade dos cidadãos com alguma deficiência no Brasil.

Com isto, ela defende o exercício da inclusão e da busca pela igualdade destas pessoas perante a sociedade brasileira.

Você ainda não me acompanha no Youtube? São quatro vídeos INÉDITOS toda semana 100% gratuitos.  Clique AQUI e acesse agora meu canal do Youtube!

Desde que entrou em vigor, a batalha é tornar real o rol de direitos garantidos pela lei em áreas como saúde, educação, trabalho, assistência social, esporte, entre outras.

Em seu Art.3, a mobilidade urbana é assegurada, considerando necessário que haja um conjunto de objetos existentes nas vias e nos espaços públicos, superpostos ou adicionados aos elementos de urbanização ou de edificação, de forma a assegurar a acessibilidade.

Ou seja, a padronização dos semáforos está completamente de acordo com o que a lei já prevê e representa uma grande mudança na busca pela acessibilidade no trânsito no Brasil.

O que você acha dessa medida? Já presenciou situações em que o semáforo adaptado fez falta? Compartilhe aqui nos comentários!

 

Referências:

  1. http://www.denatran.gov.br/images/Resolucoes/Resolucao7042017.pdf
  2. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm
Processo de suspensão em aberto? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.
Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH e economizar:  Clique AQUI para receber uma consulta gratuita do seu caso com o Doutor Multas.