Art 176 CTB: infrações gravíssimas com vítimas

A lei de trânsito mudou e a sua CNH pode estar em risco! Você tem uma multa e quer evitar a perda da habilitação? Clique aqui e fale com o especialista!

O Art 176 do CTB aborda as infrações gravíssimas relacionadas a ocorrências de trânsito com vítimas e das consequências legais para os condutores que não adotam medidas para manter a segurança no trânsito e auxiliar o atendimento policial.

São mencionadas cinco infrações, incluindo omissão de socorro, falta de sinalização no local do acidente, não preservação do local da ocorrência, não remoção do veículo quando ordenado e recusa de identificação ao policial e fornecimento de informações que sejam requeridas.

Algumas dessas condutas podem resultar em aumento da pena criminal ou serem consideradas fraude processual.

A preservação do local é obrigatória em casos com vítimas, a menos que prejudique o tráfego, autorizando a retirada pelo policial.

A recusa de identificação também é punível sob a Lei de Contravenções Penais, bem como recusar-se a prestar informações adicionais requeridas sobre o acidente.

Art. 176

Deixar o condutor envolvido em sinistro com vítima:

I – de prestar ou providenciar socorro à vítima, podendo fazê-lo;

II – de adotar providências, podendo fazê-lo, no sentido de evitar perigo para o trânsito no local;

III – de preservar o local, de forma a facilitar os trabalhos da polícia e da perícia;

IV – de adotar providências para remover o veículo do local, quando determinadas por policial ou agente da autoridade de trânsito;

V – de identificar-se ao policial e de lhe prestar informações necessárias à confecção do boletim de ocorrência:

Infração – gravíssima;
Penalidade – multa (cinco vezes) e suspensão do direito de dirigir;
Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação.

Infrações do Artigo 176

Omissão de socorro à vítima: Isso ocorre quando um condutor envolvido em um acidente de trânsito com vítima não presta ajuda ou assistência imediata à pessoa ferida. Isso é uma infração gravíssima e pode ter implicações criminais, especialmente se o ferido sofre lesões graves ou morre devido à falta de socorro. Exemplo: Um motorista atropela um pedestre e, em vez de prestar socorro ou chamar a ambulância, foge do local do acidente.

Falta de sinalização do local: Essa infração ocorre quando um condutor não sinaliza adequadamente o local de um acidente de trânsito, não alertando outros motoristas sobre o perigo. Exemplo: Após colidir com outro veículo, um motorista não coloca cones de sinalização ou triângulos de advertência para alertar outros motoristas sobre o acidente.

Não preservação do local de crime: Isso acontece quando um condutor envolvido em um acidente não mantém o local intacto para permitir uma investigação adequada das autoridades. É especialmente relevante quando há vítimas ou suspeita de crime. Exemplo: Depois de um acidente de trânsito com vítima, um motorista move os veículos envolvidos e remove evidências relevantes antes da chegada das autoridades policiais ou peritos.

Banner Consulta Grauita
Banner Consulta Grauita
Banner Consulta Grauita

Não remoção do veículo quando determinado por policial ou agente de trânsito: Se um policial ou agente de trânsito determinar que um veículo deve ser removido do local de um acidente, o condutor deve obedecer a essa ordem. Não fazê-lo constitui essa infração. Exemplo: Um policial chega ao local de um acidente e instrui o motorista a mover o veículo para liberar a pista, mas o motorista se recusa a fazê-lo.

Recusa de colaboração para o registro da ocorrência: Isso ocorre quando um condutor se recusa a identificar-se ou fornecer informações necessárias às autoridades durante o registro de um acidente de trânsito. Exemplo: Um motorista envolvido em um acidente de trânsito se recusa a fornecer seu nome, endereço e informações de seguro quando a polícia está tentando registrar o incidente.

Tabela de Infrações e desdobramentos

ARTIGO/INCISOCÓDIGODESDOB.DESCRIÇÃO
176 I52820Deixar o condutor envolvido em acidente com vítima de prestar ou providenciar socorro à vítima, podendo faze-lo .
176 II52900Deixar o condutor envolvido em acidentes com vítima de adotar providências, podendo faze-lo, no sentido de evitar perigo para o trânsito no local.
176 III53040Estacionar o veículo em desacordo com as condições regulamentadas especificamente pela sinalização (placa - ponto ou vaga de táxi).
176 IV53120Deixar o condutor envolvido em acidentes com vítima, de adotar providências para remover o veículo do local, quando determinado por Policial ou Agente da Autoridade de Trânsito.
176 V53200Deixar o condutor, envolvido em acidentes com vítima de identificar-se ao Policial e de lhe prestar informações necessárias a confecção do Boletim de Ocorrência.

Penalidades do Artigo 176 do CTB

As penalidades para a infração prevista no Artigo 176 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) são as seguintes:

Infração: Gravíssima.

Penalidade:

Medida administrativa:

  • Recolhimento do documento de habilitação (CNH).

Portanto, além da multa com fator multiplicador, os condutores que cometem as infrações descritas no Artigo 176 do CTB podem ter sua CNH suspensa e o documento recolhido pelas autoridades de trânsito.

A lei de trânsito mudou e a sua CNH pode estar em risco! Você tem uma multa e quer evitar a perda da habilitação? Clique aqui e fale com o especialista!