Reboques: Você Sabe o Que Diz a Lei?

 As carretas e reboques acoplados aos veículos são bastante úteis para o transporte de cargas maiores, como animais ou objetos que excedam o volume do porta-malas.

Leia mais

Para sua utilização, os condutores devem seguir algumas regras, de registro e de escolha do reboque, pois alguns dos equipamentos utilizados para acoplagem de reboque podem não estar dentro das normas de uso estabelecidas, o que representa problema para o motorista caso seja surpreendido pela fiscalização.

Leia mais

Neste artigo, você conhecerá as normas de uso para reboques e carretas em veículos e quando a sua utilização é irregular.

Leia mais

Reboque para veículo: qual comprar e como utilizar?

Leia mais

Qualquer reboque ou semi-reboque será considerado "veículo pesado" independente do carro que estiver sendo utilizado.

Leia mais

Desta forma a velocidade máxima permitida será a mesma dos caminhões.

Leia mais

Os modelos de carretas e reboques disponíveis no mercado são bastante diversos.

Leia mais

Na hora de escolher, no entanto, o que deve ser observado com cuidado é o engate a ser utilizado no veículo.

Leia mais

Esse engate deve ser fabricado por empresas com licença do INMETRO, seguindo as normas de produção estabelecidas pelo órgão.  O registro garante que o equipamento não apresente falhas ou perigo na utilização.

Leia mais

A obrigatoriedade do registro da empresa fabricante no INMETRO está disposta na Resolução 937, de 2022, do Senatran. Nela, também é possível encontrar outras especificações de uso do reboque em veículos.

Leia mais

Esta resolução trata especificamente da acoplagem de reboque em veículos de até 3500 kg de peso bruto, ao postular as normas para o uso dos engates.

Leia mais

Assim, aponta que esses veículos, para que possam tracionar os reboques, devem ter sua capacidade declarada pelo fabricante, comprovando que conseguem dar suporte a um outro veículo, que depende da sua força motora para se deslocar.

Leia mais

A resolução também aponta a necessidade de especificação do engate, registrada por meio de placa inviolável no próprio equipamento.

Leia mais

Na placa, deve conter informação sobre o tipo de veículo ao qual ele é destinado, a capacidade máxima de tração desse veículo e a referência à Resolução 937

Leia mais

, com a qual mantém acordo.

Leia mais

A informação do fabricante também deve estar disponível no equipamento, bem como seu CNPJ, para que seja possível a verificação do seu registro no INMETRO.

Leia mais

Engates que não possuírem as informações especificadas estão fora do que aponta a resolução, podendo acarretar, ao motorista, multa por uso irregular de veículo de carga acoplado.

Leia mais

No que se diferencia o reboque dos veículos automotores?

Leia mais

Apesar de depender da força de outro veículo trator por não possuir motor próprio, os reboques e carretas automotivos devem receber emplacamento próprio, assim como recebem todos os outros veículos automotores.

Leia mais

Os reboques devem ser equipados também com para-choque, para-lama, lanternas, setas, faixas sinalizadoras reflexivas, freios de estacionamento e documentação própria, já que, no tráfego de veículos, é contado como mais um veículo individual e não parte do veículo ao qual está acoplado.

Leia mais

Para poder dirigir um veículo com reboque acoplado, o condutor não necessita de uma habilitação específica, basta que ele tenha a CNH de categoria B.

Leia mais

Entretanto, se o peso bruto do veículo com reboque exceder 3500 kg, a categoria de CNH exigida passa a ser a C.

Leia mais

O estepe, diferente de veículos automotores, não é obrigatório para reboques e carretas, ficando a critério do condutor tê-lo ou não também para o veículo de carga acoplado ao seu automóvel.

Leia mais

Os reboques também se diferenciam de veículos motorizados no que se refere ao pagamento de IPVA.

Leia mais

Para este tipo de veículo, não é cobrada taxa de IPVA, não sendo obrigatório também o pagamento do seguro.

Leia mais

A única taxa obrigatória para o uso dos reboques e carretas é a taxa de licenciamento, paga anualmente.

Leia mais

Conclusão

Leia mais

Os reboques e carretas são veículos bastante úteis quando se trata do transporte de cargas.

Leia mais

Entretanto, como são acoplados a outro veículo automotor e dependem da sua tração para deslocamento, devem seguir normas específicas a fim de não causarem acidentes por desprendimento.

Leia mais

Ao deslocar-se por uma via, um reboque que se desprende do veículo ao qual está acoplado pode trazer grandes problemas, causando acidentes ao chocar-se com outros veículos.

Leia mais

Além disso, não seguir as normas de uso para este tipo de veículo gera multa grave, acarretando 5 pontos na carteira do condutor.

Leia mais

Dessa forma, é importante saber como utilizar o reboque dentro das normas estabelecidas, para que a sua utilidade seja aproveitada da melhor forma sem causar nenhum transtorno.

Leia mais

Você utiliza reboques no transporte de carga?

Leia mais

Como você costuma utilizar o veículo para transporte de carga acoplado ao seu automóvel?

Leia mais

Você ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de tema relacionado a tunning? Comente abaixo! Sua opinião é muito importante para mim.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas