O que é preciso para andar de moto com segurança?

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.
andar de moto com segurança
Motocicleta + equipamentos de segurança = uma combinação perfeita

Como andar de moto com segurança? Será que você sabe? Infelizmente, nos últimos onze anos, triplicou o número de vítimas fatais em acidentes envolvendo motos em nosso país.

Uma das seguranças para o motociclista é o uso do capacete. Afinal, andar de moto com segurança é fundamental, e o não uso deste equipamento gera multa.

Quer saber como recorrer de multas? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Sabemos que moto é um dos meios de condução mais acessível para possuir e manter.

O preço, a manutenção e o combustível são gastos menores se comparados ao automóvel e são atrativos infalíveis na hora da compra.

Além de que, de acordo com um estudo feito na Inglaterra, andar de moto traz felicidade.

Mas vou abordar mais adiante sobre isso também.

Esse post é para você que já um motociclista, para você que está iniciando e para você que está pensando em comprar uma moto.

Você vai ficar 100% atualizado sabendo de tudo o que é preciso para andar de moto com segurança.

Ficou curioso? Então siga comigo e aprenda tudo sobre segurança na moto.

Vou deixar tudo organizado separando os temas que vou abordar por tópicos.

Assim fica mais fácil para você compreender cada parte importante de como andar de moto com segurança.

  • Uma breve história da Motocicleta no Brasil
  • Como andar de moto com segurança
  • Maiores acidentes com motociclistas
  • 5 Dicas de como andar de moto com segurança
  • Multas mais frequentes em motos
  • Andar de moto traz felicidade?
  • 7 Equipamentos importantes para andar de moto com segurança

  Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

Uma breve história da Motocicleta no Brasil

A importação das motocicletas no Brasil começou no início do século passado.

As motos vinham da Europa e da América junto com a importação de veículos.

No fim da década de 1910, a Harley e a Indiam já circulavam também no Brasil.

As motocicletas do Japão começaram a chegar por volta da década de 1930, a marca dessas motos era Asahi.

Mas por causa da segunda guerra mundial, a importação das motocicletas ficou suspensa a mando do governo federal

Essa suspensão durou só no período da guerra. Logo que os conflitos acabaram, foram admitidas de novo as importações. A partir daí, as motocicletas vieram para ficar.

Não vou entrar a fundo na história da moto, pois esse artigo é sobre como andar de moto com segurança. Recomendo este texto para você saber mais da história das motos no Brasil.

Acredito que valeu dar uma passada rapidamente no surgimento das motocicletas.

 

Como andar de moto com segurança

andar moto segurança velocidade
Se andar de moto só pode trazer felicidade, imagine acompanhado!

Situações no trânsito que coloque a vida em risco, ninguém está livre delas. Mais ainda quando falamos de duas rodas.

Entenda o porquê!

Anda, para na sinaleira ou no movimento, acelera e freia, são tantas coisas para se fazer que uma hora pode dar um problema.

Para tudo isso, o motociclista precisa estar atento ao trânsito e saber respeitar o seu espaço.

E isto inclui usar equipamentos para a segurança do motociclista.

Para as motos, as dificuldades aumentam em dias de chuva e em estradas com buracos. Isso dificulta muito para uma boa condução.

O grande segredo está na pilotagem defensiva, pois a moto é menor e sua velocidade é maior.

É importante ter certeza que os outros veículos estão vendo você enquanto pilota.

Nunca ultrapasse pela direita, se for necessário, acione a buzina para que o motorista lhe veja.

Uma dica importante: se afaste dos motoristas que estão dirigindo e usando o celular!

Manter o farol acesso no dia, e também à noite, ajuda muito.

Não ande no corredor, só em caso de ultrapassagem e mesmo assim, tome muito cuidado.

O corredor não foi feito para as motos andarem, o certo é acompanhar os carros, mas sabemos que na prática, isso nunca funcionou.

Se estiver num cruzamento, reduza a velocidade e olhe para os lados, mesma que a preferência na passagem seja sua.

Quem escolhe duas rodas, é justamente pela praticidade de ir e vir mais rápido.

Mas tome cuidado! Muitos acidentes são causados por causa disso.

Quem anda de moto é preciso estar atento e saber que é mais vulnerável em caso de acidente.

…Maiores acidentes com motociclistas

Você sabia que existem mais riscos de morte no trânsito para motociclistas do que para pedestres?

E no nosso país, as principais ocorrências de acidentes são de motos, geralmente de ultrapassagens e acidentes com pedestres.

Esses dados foram traduzidos no Fórum Nacional da Cruz Vermelha Brasileira sobre Segurança Viária.

O médico Fernando Moreira, especialista em Medicina do Trânsito, disse numa entrevista à EBC Agência Brasil, que a maior parte das internações pelo Sistema Único de Saúde são dos motociclistas.

De acordo com o especialista, esses acidentes são em virtude do crescimento da frota de motos nos últimos dez anos.

Isto faz com que hoje seja o motociclista a principal vítima do trânsito.

Antes, era o pedestre que sofria mais, hoje em dia não, o motociclista que sofre muito mais acidentes.

Ele ainda salientou a importância do motociclista usar capacete e calçado fechado.

A falta desses itens é um dos principais motivos de acidentes, principalmente no interior, onde não tem muita fiscalização.

Por ser um veículo de duas rodas, menor que outros veículos, tem-se mais facilidade na locomoção.

Sendo assim, alguns motociclistas correm mais e acabam não respeitando algumas regras de trânsito.

Mas a culpa não é só dos motociclistas, os outros condutores de diferentes veículos também precisam respeitar.

Se o motociclista fizer sua parte, usando os equipamentos obrigatórios e essenciais para sua segurança, pode sim evitar um grave acidente.

Se o condutor de outro veículo saber respeitar as motos no trânsito, também poderá impedir um acidente gravíssimo.

É uma via de mão dupla, os dois precisam fazer sua parte.

Por isso, na próxima subseção, você verá dicas importantes de como andar de moto com segurança.

Quero ter certeza que não deixarei escapar nada aqui, pois o mais importante é a sua segurança.

 

…5 Dicas de como andar de moto com segurança

andar moto segurança riscos
Um descuido, uma distração, por menor que seja, pode causar um grande acidente

Nesse artigo, eu quero ajudar você a ficar mais atento ao trânsito e evitar um grave acidente.

Vamos ver então 5 dicas de como andar de moto com segurança:

  1. O retrovisor

Seu melhor amigo, pode ter certeza!

Na hora de mudar de faixa ou trocar para esquerda/direita, use ele e tenha a certeza que está liberado para seguir.

  1. Pavimento

Esteja sempre atento ao pavimento onde você trafega.

No Brasil, por exemplo, existe uma variedade de pavimento, seja em asfalto, bloquete, calçamento, concreto, pedras e etc.

Então sempre fique com o olho fixado no chão para não acontecer o pior.

  1. Conheça sua motocicleta

Estude a sua moto! Conheça bem as legislações de trânsito!

Faça da sua motocicleta um “objeto” íntimo. Muitas coisas você evitará, sabia?

Entenda como funciona o freio dela. Antes de sair de moto, ande em lugares isolados fazendo teste para se adaptar bem a ela.

Veja como seu veículo de duas rodas se comporta!

  1. Situações tensas

Veja bem, você está correndo de moto e quando percebe já está em cima da curva.

Preste atenção! Não freie a moto, por mais estranho que seja, essa não é uma boa hora para freiar.

O melhor a fazer é reduzir a velocidade da motocicleta. A partir daí você poderá usar o freio, mas aos poucos.

  1. Evite uma fechada

Esse hábito é o mais comum de se ver. São muitos carros, motos e outros veículos ocupando o mesmo espaço.

E na correria do dia a dia, ninguém presta atenção direito no trânsito e o motociclista se não prestar, com certeza será pior.

Mantenha uma distância do veículo à frente!

Quando estiver perto, evite os pontos cegos, ou seja, lugares que o motorista não pode lhe enxergar.

 

Multas mais frequentes em motos

Fiz um artigo falando das 7 multas mais frequentes em motos, mas aqui só vou relembrar.

Como falei, moto é um dos veículos mais acessíveis de se ter, pela praticidade, consumo, manutenção e etc.

Mas é preciso ficar atento as leis de trânsito na hora de andar de moto, pois as multas que os motociclistas recebem são muitas.

Vamos relembrar apenas 5 multas que estão no Código de Trânsito Brasileiro.

1 – Multa por excesso de velocidade

Art. 218. Transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local, medida por instrumento ou equipamento hábil, em rodovias, vias de trânsito rápido, vias arteriais e demais vias quando a velocidade for superior à máxima em até 20% (vinte por cento) – Valor da multa R$ 130,16 – Gravidade da multa: Média + 4 pontos na carteira de motorista.”

2 – Multa por avançar o sinal vermelho

Art. 208. Avançar o sinal vermelho do semáforo ou o de parada obrigatória – Valor da multa R$ 293,47 – Gravidade da multa: Gravíssima + 7 pontos na carteira de motorista.”

3 – Multa por dirigir sem o capacete de segurança

Art. 244, I. Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor sem usar capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção e vestuário de acordo com as normas e especificações aprovadas pelo CONTRAN – Valor da multa R$ 293,47 – Gravidade da multa: Gravíssima + 7 pontos na carteira de motorista – Medida administrativa – suspensão do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.”

4-Multa por fazer manobras

Art. 244, III. Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas uma roda – Valor da multa R$ 293,47 – Gravidade da multa: Gravíssima + 7 pontos na carteira – Medida administra – suspensão do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.”

5-Multa por ultrapassar outro veículo na contramão

Art. 203, II. Ultrapassar pela contramão outro veículo nas faixas de pedestre – Valor da multa R$ 1.467,35 – Gravidade da multa: Gravíssima + 7 pontos na carteira de motorista.”

Você viu como é importante estar atento ao trânsito?

Andar de moto com segurança respeitando as regras é essencial e você não correrá o risco de receber uma multa.

Andar de moto traz felicidade?

Lembra no início do artigo onde falei que de acordo com um estudo feito na Inglaterra andar de moto traz felicidade?

Pois então, isso é verdade!

Esse estudo foi realizado pelo instituto ICM Research a pedido da revista Gardener’s World.

Quem é amante de duas rodas, com certeza vai entender.

Agora pense, se andar de moto já traz felicidade, imagine andar de moto com segurança?

Com certeza você será mais feliz, pois estará com a consciência tranquila de que a sua parte estás fazendo.

E olha que fascinante, o estudo mostrou que além da saúde mental ajuda também na saúde física.

Pois andar de moto diminui o estresse e ajuda a perder calorias.

Se você andar apenas uma hora de moto, já gasta por volta de 150 calorias.

Além desses benefícios empolgantes, tem também o ganho de tempo que é melhor para quem é motociclista.

A questão do estacionamento, o baixo custo de combustível e manutenção e auxilia também na atividade cerebral.

Não sei você, mas estou vendo muitas vantagens de ser um motociclista.

Mas mesmo com tudo isso, o motociclista precisa ter atenção redobrada no trânsito.

 

7 Equipamentos importantes para andar de moto com segurança

andar moto segurança luvas
Faça calor ou frio, as luvas são equipamentos fundamentais de segurança

Vou falar sobre os equipamentos para andar de moto com segurança.

É sempre bom estar atento quando o assunto diz a respeito da sua segurança. Fique ligado!

Número 1: capacete

É para ser usado fechado, ou seja, com a viseira baixada.

O capacete ideal para uso urbano é o Robocop, mais conhecido e usado pelos motociclistas.

Ele tem a queixeira fixa na viseira e quando ela é levantada o queixo fica exposto.

Mas não esqueça, faço isso apenas quando der uma parada na sinaleira, assim que for arrancar abaixe ela imediatamente.

Caso você caia de moto, este tipo de capacete com a viseira fechada, te dará uma maior proteção.

Número 2: óculos

Se você gosta de usar óculos de sol com capacete, lembre-se de escolher um óculos de plástico.

Pois estes, sem dúvida alguma, são mais resistentes.

Os outros modelos, de metal por exemplo, no caso de haver um impacto a armação pode até  perfurar o seu nariz.

Número 3: calçado adequado

Provavelmente você já viu motociclista pilotando com chinelos ou sandálias.

Mas não pode! Se acontecer um acidente, seus pés não estarão protegidos.

No mínimo, use um tênis reforçado ou uma bota. De preferência sem cadarço, pois ele pode se enroscar na corrente.


Número 4: luvas

Suas mãos precisam estar protegidas, de preferência nas luvas de couro, embora seja um pouco mais cara, é a melhor.

Em dias de chuva as luvas se tornam uma grande aliada, além de proteger sua mão no caso de um impacto.

Número 5: polainas

Elas servem para proteger seus pés e não deixar que eles encharquem. O ideal é que a abertura seja atrás, assim você consegue apoiar seus pés no chão.

Você também pode optar por usar as capas para botas, que é feito de tecido sintético. Com certeza, é mais um item que ajudará você.

Número 6: mochilas

Se você não gosta de baús e prefere as mochilas, fique sabendo que existem mochilas adaptáveis para motos.

Elas vem com engate para travar a bolsa contra o peito, sendo assim, com a velocidade impede que a mochila se perca.

Número 7: roupa adequada

Um conjunto de roupa impermeável é a mais indicada para dias de chuva.

Normalmente é de vinil e as calças do conjunto devem ficar um pouco maior que suas pernas.

Assim, a acomodação na moto fica bem mais fácil.

  

Conclusão

andar moto segurança tirar CNH

Uma etapa por vez rumo à um trânsito mais seguro. Mostrei nesse artigo se é possível andar de moto com segurança.

E você viu que sim, é possível andar de moto com segurança desde que cumpra a lei e use os itens obrigatórios.

Falei, dentro da lei, de algumas multas frequentes em motos, isso te ajudará a evitar que sejas multado.

É só ter atenção dobrada no trânsito, usar todos os equipamentos de segurança, respeitar os outros veículos e as leis de trânsito.

Fazendo assim, não colocarás sua vida em risco e nem dos outros condutores.

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

Sabemos que no trânsito não é só o motociclista que precisa fazer sua parte, os outros condutores também precisam.

Mas se você fizer, diminuirá suas chances de acidente. Acredito que não queiras sofrer um acidente por não andar de moto com segurança.

E muito menos ser multado por tal infração.

Faça sua parte e compartilhe com seus amigos motociclistas a importância de andar de moto com segurança.

Ser prudente no trânsito evita muita dor de cabeça!

Seja consciente!

E aproveite seu veículo de duas rodas sendo feliz!

Deixe seu comentário. Queremos lhe ouvir!

 

Gostou do artigo? Coloque sua avaliação abaixo! Sua opinião é importante para mim 🙂

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.