Infração 689-00

Transitar com o veículo excedendo a Capacidade Máxima de Tração (CMT) é uma infração grave, prevista no artigo 231, inciso X, do Código de Trânsito Brasileiro. A CMT é o máximo de peso que a unidade de tração do veículo é capaz de tracionar, conforme indicado pelo fabricante. Quando um veículo é flagrado transportando uma carga acima desse limite, o proprietário é penalizado com multa e o veículo é retido até que o excesso de carga seja removido.

Leia mais

A constatação dessa infração é feita por meio de abordagem e pode ser configurada em várias situações. Por exemplo, se um veículo é fiscalizado por meio de documento fiscal e este não contém a informação do peso da carga, ou se o veículo é fiscalizado por meio de documento fiscal sem inscrição da tara, quando não for possível aferir a tara do veículo por outros meios.

Leia mais

Exemplos de Como a Infração 689-00 Ocorre

Para ilustrar, imagine um veículo de carga (CVC) cuja CMT, verificada na plaqueta de identificação do fabricante, é inferior ao Peso Bruto Total Combinado (PBTC). Ou ainda, um veículo cuja placa é XXXXXXX, a tara é XXXX, a CMT conforme o fabricante é XXXXXXX, e está transportando XXXXXXXkg de asfalto, conforme Nota Fiscal nº XXXXX. Se a aferição da balança rodoviária (INMETRO XXXXXX) indicar que o peso da carga excede a CMT, a infração será caracterizada.

Leia mais

Como Recorrer da Infração

Se você foi autuado por transitar com o veículo excedendo a CMT, é possível recorrer. Um dos argumentos técnicos para a defesa é a aferição da balança rodoviária. Se a balança não estiver aferida corretamente, a medição do peso da carga pode ser imprecisa, e isso pode ser usado na sua defesa. Outro argumento é a ausência de informações claras no documento fiscal sobre o peso da carga ou a tara do veículo. É importante lembrar que cada caso é único e deve ser analisado individualmente, considerando todas as circunstâncias da infração.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas