Saiba Tudo Sobre Seguro Para Carros e Escolha a Melhor Opção Para Você

 

Quando adquirimos um bem, nos preocupamos em mantê-lo seguro. Afinal, nem sempre é fácil conquistá-lo.

Os carros, por exemplo, representam o sonho de muitas pessoas pelo Brasil afora. No entanto, muitos brasileiros precisam fazer esforços para que consigam comprar seu automóvel.

Seja novo ou usado, o fato é que ninguém quer ter o prejuízo de perder seu veículo em um acidente ou passar pela desagradável situação de roubo.

Para manter seu carro protegido, é necessário procurar empresas responsáveis por garantir a segurança dos veículos.

Essas seguradoras servem para cobrir alguns gastos que você pode ter com seu carro, de modo que não seja preciso deixá-lo parado na garagem caso alguma situação inesperada aconteça.

Você sabe como funciona o seguro para carros? Neste artigo, vou trazer uma série de informações importantes para tirar as principais dúvidas referentes ao assunto.

Por isso, não deixe de fazer a leitura até o final deste guia sobre seguro para carros.

 

O que é e Como Funciona o Seguro Para Carros

Para começar a falar sobre seguros de veículos, é interessante que você saiba o que, de fato, é um seguro para carros e como funciona esse serviço.

O seguro para carros nada mais é do que um contrato. Esse acordo é feito entre o proprietário do veículo e a seguradora.

O seguro garante que o proprietário terá a cobertura de possíveis prejuízos com seu veículo. Tais prejuízos deverão estar previstos na apólice.

Por essa razão, é necessário escolher o tipo de seguro que mais convém a você. Porém, falarei sobre isso mais adiante.

No momento em que você conversa com a seguradora, a empresa procura saber uma série de informações a respeito do veículo e de você para determinar, assim, quanto deverá ser pago pela cobertura.

A partir dos dados levantados pela seguradora, torna-se possível calcular o preço a ser cobrado, o qual permita que ela tenha condições de pagar sua possível indenização.

A abrangência do seguro também influencia na hora de contratar o serviço. Quanto mais abrangente for o contrato assinado junto à seguradora, maior será o valor cobrado de você.

O dinheiro utilizado para cobrir os danos é proveniente da junção dos valores pagos por todos os segurados pela empresa.

Mas como a seguradora consegue cobrir as despesas dos segurados e, além disso, lucrar com isso?

A resposta é simples: nem todos os proprietários de veículos acionam o seguro ao mesmo tempo. Com isso, é possível reservar dinheiro para as coberturas e fazer a arrecadação dos lucros.

O pagamento do seguro é feito, normalmente, por meio de boleto bancário. No entanto, existem seguradoras que aceitam pagamento via cartão de crédito ou débito em conta.

Você precisa estar atento na hora de contratar um seguro para seu carro. Por isso, leia o tópico a seguir e descubra quais aspectos devem ser analisados antes de assinar com a seguradora.

 

O que Analisar na Hora de Contratar um Seguro Para Seu Automóvel

Alguns pontos importantes devem ser analisados antes de contratar um seguro para seu carro

Assim como passamos certo tempo pesquisando para escolher o melhor carro na hora de comprar, devemos fazer o mesmo quando formos escolher a melhor opção para protegê-lo.

Antes de começar a buscar opções para o seguro do seu carro, é importante que você pense em quais são as suas necessidades, para que você precisa do seu veículo e o que poderia ser visto como fator de risco para o automóvel.

Por exemplo, se você vive em uma cidade violenta, na qual o índice de roubo de veículos seja alto, é importante investir em um seguro contra roubo e furto de veículos.

Porém, sei que o ponto mais relevante, na maioria dos casos, é a condição financeira do proprietário do veículo. E eu concordo que você se preocupe com isso, pois não é interessante escolher por uma cobertura que você não poderá pagar.

Por isso, procure não comprometer sua renda, pois um veículo gera outros gastos, muitas vezes, imprevistos.

Será necessário que você procure um corretor de seguros. Esses profissionais são os responsáveis por acompanhá-lo durante todo o processo de contratação, sendo capacitados para ajudá-lo a escolher a opção que melhor se adapta às suas necessidades.

Depois de considerados esses pontos, procure por seguradoras. Veja se são conhecidas ou se possuem boa reputação na internet. Um bom meio de fazer isso é realizar pesquisa no Reclame Aqui.

Saber a opinião de clientes da seguradora é uma ótima maneira de verificar se a empresa presta um bom serviço e, assim, considerar se vale a pena contratá-la.

Quando você definir com quais seguradoras quer conversar, passe para a etapa de cotação. Nesse momento, você irá simular o contrato, de modo a saber quanto custará o serviço que irá pagar.

Pode ser que o valor apresentado seja um pouco alto, isso porque a seguradora fará o cálculo do seguro com base nas necessidades de proteção do seu carro.

Como eu disse na seção anterior, a seguradora solicitará informações sobre seu carro, bem como sobre você e as demais pessoas que conduzem o veículo.

Todos esses dados são importantes e é indispensável que você seja honesto no momento de passar as informações à seguradora.

Se você omitir ou alterar alguma informação, a seguradora poderá negar o pagamento da indenização caso você venha a precisar.

O próximo passo consiste em decidir com qual seguradora você assinará o contrato. Nesse momento, você deixará definida a cobertura do seu seguro e a forma como irá realizar o pagamento.

Preste atenção à proposta de seguro que você irá assinar. Esse documento será seu comprovante até que a apólice de seguro chegue até você.

É possível que a seguradora solicite vistoria em seu veículo. Porém, sobre isso, vou comentar mais adiante.

O mais importante é que você defina quais são as suas necessidades para que não pague por uma cobertura que não é de sua necessidade.

 

Tipos de Seguro Para Carros

Veja quais são os tipos de seguro para carros

Existem alguns tipos de seguro para carros, e você já deve saber o motivo. Isso porque as coberturas variam de acordo com a necessidade do proprietário do automóvel.

São muitos os tipos de seguro auto à disposição, o que faz com que não seja tão simples listar e diferenciar cada um deles.

Por essa razão, decidi comentar alguns tipos de seguro para você entender melhor.

Um deles é o seguro compreensivo. Essa é uma das opções mais completas para quem deseja contratar um seguro para seu carro.

Dentre vários aspectos inclusos na cobertura do seguro compreensivo, estão casos de incêndio, colisão, roubo ou furto, além de proteção contra terceiros e assistência.

Ou seja, nesse tipo de seguro, o proprietário tem uma série de proteções para seu veículo, o que faz com que ele seja mais caro do que outras opções.

Porém, você pode escolher uma opção mais específica, como o seguro contra roubo e furto. A esse tipo de seguro, podem ser adicionadas algumas coberturas extras, como perda total em caso de colisão.

Quando você opta por esse seguro, é importante saber que somente receberá a indenização caso seu veículo não seja recuperado ou caso seja encontrado com danos que ultrapassem 75% do valor do automóvel.

Outro seguro incluído no seguro compreensivo, mas que pode ser contratado separadamente, é o seguro para terceiros.

Nesse caso, a cobertura visa reparar danos causados a terceiros. Esses danos podem ser materiais, corporais ou morais.

O que esse tipo de seguro tem de interessante é a garantia de pagamento de indenização a outros condutores, pedestres e até mesmo patrimônios alheios, como postes de iluminação pública.

Sendo assim, se você causar um acidente e isso gerar danos a terceiros, as despesas serão cobertas pela seguradora, evitando que o dinheiro saia diretamente do seu bolso.

Existe uma série de seguros para as mais variadas situações. A partir de agora, vou listar algumas delas. Por isso, siga a leitura.

 

Seguro para carros financiados

Muitas pessoas optam pelo financiamento de veículos na hora de adquirir um automóvel. Essa é uma das melhores opções, quando não se pode pagar à vista.

Porém, veículos financiados também precisam de proteção, até porque, quando você compra um carro por financiamento, a instituição financeira empresta dinheiro para que o carro possa ser pago à prestação.

Com isso, o veículo não é 100% seu até que o financiamento seja quitado. Mas e se você tiver o veículo destruído, por exemplo? Será que precisará seguir pagando por um carro que já não pode mais usar?

Nesse caso, será muito importante que seu automóvel esteja protegido.

O seguro para carros financiados é muito semelhante ao seguro de carros quitados. Porém, existe diferença em caso de perda total do veículo.

Se isso acontecer, você terá 2 maneiras de ser indenizado. Uma delas é quitar o financiamento e, com isso, receber o valor integral do carro sem nenhum desconto.

Por outro lado, se você não tiver como quitar o veículo, o seguro pode fazer isso por você. Nesse caso, o valor da indenização sofrerá o desconto do valor que a seguradora teve que cobrir, pagando para você apenas a diferença para alcançar o valor do veículo comprado.

 

Seguro para carros antigos

Não são poucos os amantes de carros antigos. Muitas pessoas possuem verdadeira paixão por automóveis fabricados há muitos anos.

Porém, os proprietários de veículos antigos enfrentam dificuldades na hora de encontrar um seguro para seus carros.

Isso porque carros com mais de 10 anos de fabricação possuem peças que já não estão mais disponíveis no mercado, fazendo com que as seguradoras sintam maior dificuldade para cobrir problemas enfrentados por esses automóveis.

Além disso, considera-se que veículos antigos são mais propensos a acidentes, como colisões ou incêndios.

Desse modo, algumas seguradoras oferecem seguro não compreensivo a proprietários de veículos antigos, o qual cobre casos de roubo ou furto.

Além disso, o seguro para carros antigos pode oferecer assistência 24 horas. Nesse caso, o proprietário pode contar com a seguradora em alguma situação inesperada, como a falta de gasolina no meio da estrada.

Com essa cobertura, o condutor do veículo dispõe de assistência de chaveiro, mecânico, entre outros serviços.

 

Seguro para Uber

Motoristas de Uber devem contratar seguro para seus veículos? Descubra agora!

Provavelmente, você já tenha se deslocado, utilizando o serviço de transporte solicitado por aplicativo.

Os aplicativos de transporte estão crescendo e se popularizando cada vez mais no Brasil. Uma das plataformas mais famosas a oferecer serviços nesse segmento é a Uber.

Apesar de novo, esse segmento vem chamando a atenção de todos e as empresas que trabalham com seguro para carros já destinam certa atenção a esses veículos.

Quando o assunto é a proteção dos passageiros, a Uber disponibiliza um seguro próprio para acidentes pessoais com passageiros.

Nesse caso, usuários do aplicativo que sofrerem danos causados por um acidente deverão ser indenizados. Mas e o motorista?

O seguro da Uber não oferece, ainda, cobertura em caso de dano em seu veículo ou a terceiros. Nesse caso, é preciso contratar um seguro por fora.

Porém, não é tão simples contratar seguro para carros utilizados por motoristas de aplicativo. As seguradoras não consideram que esses veículos sejam como os carros de passeio, visto que rodam muito mais e, com isso, estão mais sujeitos a acidentes.

Por essa razão, muitas já estão destinando cobertura própria para motoristas de Uber.

E atenção! Se você dirige para a Uber (ou qualquer outro aplicativo), evite contratar seguro para seu carro como se não utilizasse o veículo para fins comerciais. Caso você precise ser indenizado, a seguradora poderá recusar o pagamento.

 

Seguro para carros modificados

Qual o melhor seguro para carros tunados?

Hoje, modificar carros é uma verdadeira sensação. É muito comum encontrar veículos modificados (ou tunados) rodando pelas vias do país.

Esses veículos passam por modificações não somente em sua aparência, mas também na parte mecânica.

Com isso, o carro perde suas características originais, mas, desde que a modificação seja realizada dentro da lei, não há problema algum nisso.

No entanto, nem sempre é tranquilo contratar seguro para veículos tunados, principalmente por causa dessas alterações em suas características.

Antigamente, era ainda mais complicado, tendo em vista o número mais baixo de veículos tunados pelo país.

As seguradoras ainda estavam procurando entender a situação desses automóveis e quais seriam as principais necessidades de proteção apresentadas por eles.

Algo importante de saber é que, quanto mais modificações forem apresentadas pelo veículo, maior será o valor a ser pago pelo seguro.

Atualmente, aconselha-se a assinatura de uma apólice mais específica, que inclua proteção contra roubo ou furto e contra terceiros.

Além disso, é interessante contratar cobertura contra danos pessoais e assistência 24 horas.

 

Seguro para carros com isenção de impostos

A lei brasileira prevê o direito de isenção de impostos relacionados aos veículos a determinados grupos de pessoas.

Exemplos disso são pessoas com deficiência e motoristas profissionais, como os taxistas.

Com esses descontos, é possível comprar carros com desconto. Alguns impostos dos quais essas pessoas são isentas são o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), entre outros.

Porém, existem algumas dúvidas a respeito do seguro para carros com isenção de impostos.

A primeira dica que deixo para você é não esquecer de informar sobre a isenção à seguradora. Isso porque o valor a ser cobrado pelo seguro é influenciado pelo valor do automóvel.

Além disso, caso o carro seja adaptado, não deixe de fornecer essa informação, pois é possível solicitar cobertura para o equipamento instalado no veículo.

A indenização de seguro para carros com isenção de impostos pode acontecer de algumas maneiras diferentes.

A primeira opção é contratar o seguro com base em 100% do valor do carro na tabela FIPE. Nesse caso, se o proprietário precisar ser indenizado por perda total, terá que pagar os impostos do carro para, então, receber o valor da indenização.

A segunda opção também consiste em calcular o valor do seguro com base no valor total da tabela FIPE do veículo. Porém, a seguradora arca com os impostos. Nesse caso, o valor pago pela indenização sofrerá o desconto referente ao pagamento dos impostos assumido pela seguradora.

Existe, ainda, uma terceira opção, que consiste em pagar menos que o valor total da tabela FIPE do automóvel. Dessa forma, caso o veículo apresente perda total, o segurado receberá apenas o valor contratado e não precisará arcar com o pagamento dos impostos.

 

Seguro para carros de leilão

Uma alternativa para adquirir um automóvel é a compra em leilões. Muitas pessoas compram seus veículos utilizando esse meio para a realização desse sonho.

Porém, o leilão ainda não é a forma mais comum de aquisição de um veículo, pelo menos não para a maior parte da população brasileira.

Por isso, acabam surgindo algumas dúvidas em relação a vários aspectos relacionados ao veículo comprado após a disputa de lances, e uma delas diz respeito à contratação de seguro.

Carros de leilão costumam passar por uma espécie de pente fino das seguradoras. Isso porque elas procuram levantar o máximo de informações possível sobre o automóvel e o proprietário.

Muitas vezes, as condições para a contratação do seguro não são fáceis, podendo o valor ser alto e até mesmo a proposta de seguro ser recusada.

Isso acontece porque é normal as seguradoras enxergarem os carros de leilão como perigosos, no sentido de necessitarem de indenização a qualquer momento.

 

Seguro para carros de luxo

Veja como proteger carros de luxo

Veículos de luxo são diferenciados, principalmente por causa do alto valor de mercado que possuem.

Por essa razão, não é aconselhável compará-los aos carros populares, nem quando o assunto é seguro para esses automóveis.

Por ser muito bem valorizados, acaba sendo um pouco difícil encontrar seguros que estejam à altura dos carros de luxo.

Com isso, as seguradoras costumam oferecer planos especiais que procurem atender às necessidades dos proprietários desses veículos.

O valor do seguro para carros de luxo precisa ser condizente com o valor do veículo, pois o conserto de carros como esses costuma custar caro, até mesmo porque o valor das peças não costuma ser baixo.

A cobertura para consertos precisa ser diferenciada, pois não é fácil encontrar profissionais especializados em trabalhar em manutenções de carros de luxo.

A preocupação com a possibilidade de o veículo ser roubado ou furtado é grande, pois isso geraria um alto prejuízo ao proprietário.

Por essas e outras razões, todo o atendimento da seguradora prestado aos proprietários de carros de luxo costuma ser diferenciado e, com isso, o valor do seguro é, normalmente, bem alto.

 

Dicas Para Pagar Menos Pelo Seguro

Muitos proprietários de carros, ao pesquisarem opções de seguro para seus veículos, acabam optando por não contratar proteção para seu bem, devido ao valor cobrado.

No entanto, isso pode ser prejudicial, pois, caso o veículo sofra algum tipo de dano, os gastos para sua recuperação podem ser muito maiores do que o valor cobrado pela seguradora.

Pior ainda, os danos podem ser irreparáveis e você pode ficar sem seu veículo.

Por isso, é importante proteger seu carro. Mas como fazer para não pagar tão caro pelo seguro?

Saiba que existem algumas maneiras de deixar o contrato mais atrativo, e eu vou apresentar algumas dicas para você a partir de agora.

O primeiro conselho é pesquisar. Não se contente com apenas uma seguradora. Existem várias disponíveis no mercado, e comparar o maior número de opções pode ajudar a estabelecer a relação entre custo e benefício para que você possa decidir qual delas compensa.

Veja quais seguradoras oferecem maior flexibilidade. Existem algumas que permitem a contratação de seguro para casos específicos. Assim, você contrata uma apólice que atenda mais aos seus interesses.

Você sabia que existe a opção de seguro popular? Essa opção está disponível para os proprietários de veículos desde 2016.

Essa modalidade de seguro para carros é destinada a veículos seminovos e oferece apólices com valor mais baixo, devido ao fato de utilizarem, por exemplo, peças que custem menos para o conserto do automóvel.

Vale lembrar que, apesar de permitir a utilização de peças mais baratas ou de reuso, a qualidade do produto a ser utilizado no reparo deve ser comprovada. Caso sejam utilizadas peças usadas, o desmonte de onde saiu o equipamento deve ser legalizado.

Entre todas as alternativas que você pode encontrar no mercado, existe uma bem interessante e econômica.

É a Ituran com Seguro. Essa opção é mais barata que os seguros tradicionais e consiste em cobertura para casos de roubo ou furto do seu veículo.

Caso não seja possível recuperar seu carro, a Ituran garante indenização de 100% do valor do veículo na tabela FIPE.

No entanto, é interessante destacar que o índice de recuperação de automóveis protegidos pela Ituran com Seguro é bem alto, e você tem assistência 24 horas enquanto sua apólice estiver vigente.

Se você preferir, é possível contratar coberturas adicionais, como seguro para terceiros e para perda total por colisão.

 

Conclusão

Agora que você sabe mais sobre seguro para carros, pesquise e escolha a melhor opção para o seu veículo

Neste artigo, procurei trazer informações relevantes a respeito de seguro para carros.

Você viu o que é seguro auto e como ele funciona. Além disso, eu trouxe várias informações sobre seguro para carros, nas mais diversas situações.

Espero ter conseguido tirar todas as suas dúvidas.

Você conheceu, ainda, uma opção interessante de seguro para seu automóvel: a Ituran com Seguro.

Mas, agora, gostaria de lembrar que você pode recorrer de qualquer multa recebida no trânsito e, se precisar de ajuda, eu e minha equipe estamos prontos para ajudar.

Por isso, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou ligue para 0800 6021 543 e explique o seu caso.

Se este artigo foi útil para você, compartilhe.

Ficou com alguma dúvida? Deixe-a nos comentários.

Saiba Tudo Sobre Seguro Para Carros e Escolha a Melhor Opção Para Você
5 (100%) 1 vote