Perdeu a Chave do Carro? Descubra O que Fazer e Quanto Custa

Última atualização em

chave de carro maneiras variadas de fazer uma copia
Perdeu as chaves do carro? Veja algumas soluções

Com a chave do carro, não se brinca.

Além do risco de abordagem por criminosos, cuidar bem desse acessório é essencial para evitar um transtorno que pode ser grande, tanto do ponto de vista burocrático, quanto financeiro.

Esse transtorno refere-se à perda da chave, que pode resultar em um prejuízo próximo dos R$ 4 mil, no caso de sistemas mais sofisticados.

Além disso, há o fato de ter que esperar por um bom tempo até receber o novo acessório.

Mas não se surpreenda com isso, pois essa aparente burocracia é fruto de um processo tecnológico que torna as chaves de carros codificadas cada vez mais especiais.

Aquela ideia de uso da chave apenas para dar a partida ficou no passado.

Aliás, nos carros modernos, ela nem faz mais isso.

A chave, assumindo outros papéis, realiza funções incríveis, e não precisa sequer sair do bolso para que o seu automóvel seja ligado.

Tudo isso parecia uma ideia muito futurista há alguns anos.

Mas as chaves para carros realmente evoluíram e tais funcionalidades não mais surpreendem.

Neste artigo, vamos falar dos tipos de chaves, explicar quanto custa uma chave codificada e outros modelos, onde fazer a cópia de chave do carro e muito mais.

Você ainda vai conferir detalhes sobre o funcionamento de cada modelo e ter importantes lições para não correr o risco de perder a chave.

Uma dica que já posso adiantar é a mais simples e óbvia de todas: fique sempre atento quanto ao local onde deixa as suas chaves.

Se você é do tipo de pessoa que guarda um objeto em um local e depois não faz ideia de onde está, redobre a sua atenção com a chave do carro.

E também sempre tenha a chave reserva consigo em um local seguro e de que você se lembre, caso precise.

Portanto, nada de guardar a chave reserva no veículo.

Pode parecer bobo, mas muitos motoristas têm o hábito de guardar as chaves reservas dentro do veículo, o que torna elas inúteis em caso de necessidade.

Acompanhe a leitura!

 

Conheça os tipos de chaves

chave de carro conheca tipos chaves
Entenda mais sobre os tipos mais comuns logo abaixo

Você sabia que existem diferentes tipos de chave?

Neste artigo, falarei sobre 4 tipos: a comum, a codificada, a canivete e a presencial.

Mas é interessante saber que elas não são as únicas.

Além delas, existem os modelos de luxo.

Segundo a revista Quatro Rodas, há um Top 10 das chaves mais caras e surpreendentes do mundo.

Algumas são utilizadas até mesmo como joias ou relógios.

Já pensou o relógio de pulso que você usa ser, também, a chave do seu carro?

Não é ficção, mas realidade – de poucos, é claro.

E tem ainda as chaves que avisam até quanto de combustível há no automóvel. Muito útil, não é mesmo?

Isso sem falar de outras que são em formato de carros em miniatura. Se você tocar na porta direita desse “pequeno carrinho”, é destravada a porta direita do seu veículo (o de verdade!).

E isso se repete a cada nova interação com sua chave.

As chaves sobre as quais falamos são dos modelos Koenigsegg, Aston Martin, Bugatti, Pagani, Volkswagen com a sua versão de luxo PCP, Spyker, BMW com seu carro híbrido esportivo i8 e a Ford, com a tecnologia “My Key”, que é utilizada pela marca em suas versões de luxo.

Mas agora vamos voltar à realidade e falar mais sobre as chaves que usamos no dia-a–dia.

Chave comum

chave de carro comum
Mais comum em carros antigos, ela não conta com tecnologia avançada

Quem nunca viu uma chave do carro antigo, não é mesmo?

Elas se parecem muito com as chaves convencionais, como as que usamos para abrir e fechar a porta de casa.

Nelas, não existe nenhuma tecnologia avançada antifurto.

A combinação desse tipo fica na parte metálica e é bem simples de realizar uma cópia.

Aliás, qualquer chaveiro consegue fazer sem nenhum problema.

Essa característica acaba sendo um risco para o proprietário, pois o veículo se torna mais vulnerável a furtos.

Dependendo do modelo e do ano, uma chave “micha”, muito conhecida por estar na mão de criminosos, pode abrir o veículo e ligá-lo.

Vale ressaltar que, nos dias atuais, o proprietário desse tipo de veículo pode se precaver e efetuar a troca da chave para um modelo mais seguro, como uma codificada, sobre a qual ainda abordarei neste texto.

Chave canivete

chave de carro canivete
O nome se dá por conta do mecanismo de abertura da chave

Uma chave de carro mais atual, conhecida pelos motoristas, é a chave canivete.

Não há muita mágica ou segredo nesse tipo de chave.

Ela se caracteriza pela similaridade do mecanismo utilizado nos canivetes em que a chave fica “escondida” em uma caixa plástica na qual também há as teclas do alarme do veículo.

Esse modelo normalmente vem de fábrica, mas pode ser replicado por chaveiros.

Ela é uma chave mais confortável para carregar no bolso, por exemplo, uma vez que o acessório não deixa a chave exposta.

Porém, precisamos lembrar que esse modelo de chave do carro pode ou não ser seguro.

Tudo depende da codificação utilizada na chave (se ela existe no modelo), como falarei a seguir.

Chave codificada

chave de carro codificada
A chave codificado tem a presença de um chip que carrega dados importantes

Para diminuir a chance de ladrões furtarem seu veículo, existe a chave codificada.

Este modelo já circula há um certo tempo em território nacional.

O mecanismo é mais complexo do que o da chave de carro comum.

Enquanto a comum contém um código na parte metálica apenas, a codificada vai além.

Como o nome indica, ela possui um código único que é reconhecido apenas pelo seu veículo.

Ao comprar um carro zero km, o proprietário do automóvel recebe da concessionária um cartão com todas as informações de código, além das chaves principal e reserva.

Os modelos que usam a chave do carro codificada possuem uma espécie de identidade própria, não sendo possível burlar o sistema para furtar o carro.

Ou seja, cada carro tem um código específico.

Por isso, nesses casos, os criminosos costumam praticar roubos (presenciais) e não furtos (sem a presença do motorista).

Em bom português: ele precisa abordá-lo e pegar sua chave para levar seu carro.

A codificação é realizada por meio da aplicação de um chip transponder dentro da chave do veículo.

Depois de realizado o procedimento, ela só vai abrir o carro caso haja comunicação entre a chave e a central eletrônica do carro.

E essa comunicação só funciona se o código da chave bater com o código registrado na central. Caso contrário, o carro não abre.

Mas há um detalhe a mais que você precisa observar para cuidar da sua segurança: é importante sempre verificar se as portas realmente travaram.

Existe um aparelho que criminosos estão utilizando para intervir no sinal da chave e fazer com que o carro fique aberto e exposto.

Por isso, sempre teste se a sua porta foi realmente trancada após acionar o alarme.

Importante dizer, ainda, que a cópia da chave do carro codificada tem que ser realizada nas concessionárias.

E, para fazê-la, é necessário levar junto o cartão com as informações de código.

Vale lembrar que a confecção dessa nova chave demora de cinco a dez dias para ficar pronta, dependendo da complexidade do modelo.

Por isso, é necessário guardar o cartão-código como se fosse um de seus bens mais preciosos e exclusivos.

Faça isso em local seguro do qual você lembre.

Já pensou na situação de perder a chave e, ao mesmo tempo, não saber onde guardou o cartão?

Presencial

chave de carro presencial
Esse tipo de chave utiliza tecnologia avançada e funciona através de conexão bluetooth ou wifi

Esse modelo de chave do carro ainda é novo por aqui, mas está se inserindo aos poucos na vida dos motoristas.

Por ser um tipo de chave mais sofisticado, ele está presente em veículos com um valor de mercado mais elevado.

O modelo prioriza, e muito, a segurança, o conforto e a comodidade do motorista.

Trata-se de um tipo que dispensa os modelos em que é necessário inserir a chave no tambor do carro.

Nos veículos que possuem a chave de carro presencial, inclusive, nem existe compartimento para inseri-la.

Quanto ao seu design, a chave presencial lembra muito um controle de alarme. Com ela, é possível abrir e fechar as portas, abrir porta-malas e até ligar o carro apenas com um toque.

Porém, alguns motoristas deste tipo de carro costumam temer que esse sistema, tão moderno, possa falhar – como uma ressalva/resistência às novas tecnologias.

Se você compactua com essa insegurança, fique tranquilo: trata-se de um sistema bem seguro.

Para abrir seu veículo, é necessário que esteja a, pelo menos, um metro dele, sem que seja preciso apertar qualquer botão.

É só se aproximar do carro e pronto!

Basicamente, o processo é semelhante ao da chave codificada. Porém, nesse caso, o sistema aciona via conexão bluetooth ou wifi, dependendo do carro.

No Brasil, este tipo de chave é considerado um dos mais seguros.

Por outro lado, no exterior, já existem casos de chaves hackeadas.

Infelizmente, à medida que a tecnologia de segurança dos carros aumenta, a tecnologia de furto de veículos a acompanha.

ignição, nesse tipo de carro, costuma se dar por um botão de partida, como em motos com partida elétrica, ou simplesmente por sensores que detectam quando a pessoa começa a acelerar.

Esse tipo de ignição gera algumas controvérsias.

Há quem defenda que há certo risco, acreditando na possibilidade de um erro de leitura que provoque algum tipo de acidente, ou, até mesmo, que carros ligam sozinhos na garagem durante a noite.

Por isso, é sempre importante pesquisar antes sobre o modelo de veículo e a chave do carro que ele utiliza antes de comprá-lo.

Agora, tratarei sobre um problema um “pouquinho” maior: e se você perder a chave do carro?

 

O que fazer se você perder a chave do carro

chave de carro o que fazer se voce perder
Saiba exatamente o que fazer em caso de perda da chave do carro

No passado, a maior dor de cabeça era fechar o porta-malas do carro com a chave lá dentro. Só o chaveiro resolvia.

Você lembra disso?

Hoje, assemelha-se a esse transtorno o simples fato de perder a chave do carro – ainda mais se você não tiver uma chave reserva.

Mas, ainda assim, existe uma solução. Gostaria de saber qual é?

Simples: faça a cópia da chave do seu carro!

A grande maioria dos carros utiliza chaves comuns, que são rápidas de fazer e, logicamente, mais baratas.

Assim, se você se encaixa nesse público, um chaveiro de confiança já resolve o seu problema.

Por outro lado, se você não faz parte desta maioria e tem uma chave de carro codificada, o processo para a realização da cópia é um pouco mais delicado.

Portanto, acompanhe o tópico abaixo e veja o passo a passo desse processo.

Como fazer uma chave do carro codificada

chave de carro com fazer uma chave codificada
Por ser mais segura, a chave codificada tem valor bastante alto

Para facilitar a explicação de como é realizada a cópia de uma chave codificada, elaborei um passo a passo. Veja-o abaixo e entenda como ele ocorre: 

  1. A primeira ação é ir até um chaveiro automotivo especializado em codificação ou até a uma concessionária, de preferência àquela em que você adquiriu seu veículo, ou a que presta a assistência para você;
  2. eles utilizarão aparatos para realizar a leitura dos códigos da chave do carro e as senhas do veículo;
  3. para isso, são usados computadores autorizados pelas montadoras, que fazem a codificação das chaves novas;
  4. dependendo do modelo do veículo, como, por exemplo, o Audi A3, o valor de uma nova chave pode chegar a R$ 4 mil e levar um prazo de até 30 dias para ficar pronta;
  5. há outros casos, como o do Chevrolet Cruze, da General Motors, em que a chave pode chegar a R$ 1,5 mil e exigir dez dias de prazo para a entrega da cópia;
  6. entre os valores mais em conta dos carros zero quilômetro está o do Fiat Mobi, cujo preço de uma nova chave pode variar entre R$ 700,00 e R$ 800,00 – ainda assim, um valor bastante alto.

Dica: algumas apólices de seguro preveem a substituição das chaves.

Caso o valor para fazer uma nova chave do seu carro seja muito alto, vale a pena incluir o item na apólice.

A inclusão da chave no seguro é vantajosa pois é melhor pagar R$ 1,8 mil para acionar a franquia do seguro do que R$ 4 mil por uma nova chave, certo?

Agora que você já tem uma noção de valores, deixo um questionamento: você acredita que é melhor realizar a cópia da chave do carro na concessionária ou em um chaveiro especializado no assunto?

A resposta para essa questão você encontra no tópico a seguir.

É melhor fazer a chave do carro na concessionária ou num chaveiro especializado?

chave de carro e melhor fazer na concessionaria ou num chaveiro especializado
Essa é uma questão muito mais relativa do que você pode imaginar

A resposta é: varia de caso a caso.

Como já mencionei, vai depender do tipo de chave que seu veículo utiliza.

Se a chave do carro for do tipo comum, é mais barato ir até um chaveiro e pedir para fazer a cópia 

Porém, se sua chave é codificada, você precisará orçar e conhecer a qualidade do serviço dos chaveiros e/ou das concessionárias, pois depende muito do tipo de codificação da chave de seu carro.

Chaves codificadas mais antigas não têm uma tecnologia de codificação tão complexa.

Nesses casos, as cópias podem ser feitas em chaveiros especializados a um valor mais em conta do que o das concessionárias.

Caso ela seja mais complexa, minha dica é que você vá até uma concessionária para poder garantir um bom serviço de codificação.

Afinal, nas montadoras (concessionárias), eles têm todo o aparato tecnológico para realizar o serviço de uma nova chave que não trará problemas futuros.

Por fim, caso sua chave de carro seja do tipo presencial, você será obrigado a ir até uma concessionária para pedir uma segunda via da chave.

Isso ocorre devido à alta tecnologia incorporada.

No entanto, em outros países, existem profissionais que fazem esse tipo de trabalho – o que não deve demorar a chegar ao Brasil.

Mas não tente economizar nessa hora, pois lembre que o barato costuma sair caro.

De nada adianta optar pela cópia mais barata se ela tem maiores chances de falhar e deixar você na mão, não é mesmo?

Então, dê sempre preferência a profissionais realmente especializados.

Agora, com tanta tecnologia para a fabricação de chaves de carros, você pode imaginar que o mercado continua inovando, certo?

Pois saiba que já existem formas de ligar o veículo ainda mais inovadoras que as citadas, até aqui, neste artigo. Curioso? Então, leia o próximo tópico e saiba quais são!

 

O Futuro das Chaves de Carro

chave de carro o futuro
Muitos carros já contam com a tecnologia da chave com chips e partida por meio de um botão de ignição

Como você já viu, existe uma contínua evolução dos carros e, por consequência, de sua segurança.

Essa evolução, é claro, inclui a chave dos veículos.

Até bem pouco tempo atrás, esse acessório muito se parecia com as chaves comuns das portas das casas.

Mas, com a evolução do automobilismo e da tecnologia em tudo a sua volta, a chave de carro se atualizou e passou a ficar mais complexa e mais completa, com o objetivo de diminuir o número de furtos de veículos, prática recorrente em várias cidades.

Então, qual será a próxima novidade?

As chaves codificadas com transponder são uma forma muito interessante de dar segurança aos motoristas.

Nelas, existe uma comunicação entre chave e o motor do carro.

É necessário que haja um chip incorporado à chave do seu veículo.

Caso contrário, sem a comunicação, o carro não liga.

É simples assim.

Mas, vamos além, pois, atualmente, temos as chaves presenciais ou smartkeys.

Com elas, o proprietário do veículo não precisa inserir a chave no carro, pois a comunicação se dá via wifi ou bluetooth connection.

Ao que parece, isso é só o começo.

Conforme o site Tecmundo, no futuro, os celulares também poderão ser utilizados como chaves do veículo.

Seria só mais uma das grandes utilidades que esse aparelho cumpre no nosso dia a dia.

A ideia é que seja incorporado a ele a codificação do carro, como que o transformando na chave presencial.

Segundo o site, a Hyundai trabalha nessa tecnologia desde 2012.

E não apenas para abrir e fechar o carro que esse sistema seria utilizado, mas, também para ajustes de bancos, de espelhos e do volante, dentre outros.

É como se fosse uma programação focada em determinado motorista e no seu modo de dirigir.

Ou seja, seu celular vai identificar se quem está dirigindo o carro é você, sua esposa ou seu filho.

Levando em conta tudo isso, a tendência é que cada vez as codificações fiquem mais sofisticadas, a fim de evitar que criminosos invadam o sistema e furtem os veículos.

Não há limite quando o tema é tecnologia; um exemplo disso são as chaves de luxo que citei logo no início do artigo.

É possível, no futuro, até mesmo que o veículo responda por comando de voz ou leitor biométrico e não seja nem mesmo necessário qualquer tipo de dispositivo para acioná-lo.

 

Conclusão

chave de carro conclusao
Com a chave do seu carro não se brinca!

Neste artigo, você percebeu que, dependendo do tipo de chave do carro e da situação financeira, existem maneiras variadas de fazer uma cópia.

Também viu os diferentes tipos de chaves de carro e descobriu por que é tão importante não perder a sua.

E a razão principal está no bolso, já que uma chave nova pode buscar até R$ 4 mil – um valor bem alto!

Você aprendeu que, quanto mais complexo o sistema da chave, mais difícil se torna fazer uma cópia.

Tudo isso é válido para desestimular ações de criminosos.

Por outro lado, exige que você gaste mais e utilize uma assistência especializada caso perca a chave, pois precisará de uma nova.

E, se desejar atualizar o sistema de chave do seu carro, é preciso avaliar se vale a pena.

No caso de carros muito antigos, com um valor de mercado baixo, às vezes compensa mais trocar de veículo e pegar um que já possua um sistema de chave de carro codificada do que implantá-lo no automóvel.

Pode parecer estranho, mas é isso mesmo.

Afinal, o investimento não é pequeno.

Então, que tal cuidar melhor da sua chave de carro e evitar transtornos desnecessários?

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre o tema, entre em contato comigo.

Minha equipe e eu estamos sempre preparados para responder a todas as suas questões.

Gostou do artigo? Lembre-se de compartilhar com familiares e amigos, pois esse conhecimento que obteve hoje pode ser decisivo para alguém.

Referências:

  1. https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/top-ten-as-chaves-de-carro-mais-surpreendentes-e-luxuosas/
  2. https://doutormultas.jusbrasil.com.br/artigos/531460568/meu-carro-foi-roubado-e-agora-saiba-como-proceder-nessa-situacao
  3. https://chiptronic.com.br/blog/como-funcionam-as-chaves-de-carros-codificadas
Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH: Clique aqui para ter uma CONSULTA GRATUITA com o Doutor Multas.