Viaje com segurança | Check list veículos

Check list é a melhor maneira de programar sua viagem

Você já fez o seu check list do seu veículo?

Fiz esse artigo pensando em você que vai viajar nas festas de fim de ano. Se o condutor não tomar as devidas providências na revisão de seu carro, alguns problemas podem aparecer, da mesma forma que se abusar da velocidade pode ser multado.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

No presente artigo eu mostro quais os cuidados necessário para quem vai pegar estrada. Indico quais procedimentos devem ser feitos e a melhor forma de preparar seu carro para por na estrada. Então selecionei os seguintes assuntos:

⇒ Faça você mesmo.

⇒Principais itens do check list.

⇒ Atenção aos pneus.

⇒ Trocando o pneu do carro.

⇒ Tipos de check list.

⇒ 10 dicas pana não ser enganado por uma oficina.

⇒ Como usar o extintor de incêndio.

⇒ 12 dicas para economizar combustível.

 

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

Check list veículos | Revise você mesmo o carro antes de viajar.

Revisão no carro

⇒ Dirigir sem inspeção gera multa grave como determinado no Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

Art. 230. Conduzir o veículo:

VIII – sem ter sido submetido à inspeção de segurança veicular, quando obrigatória;

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – retenção do veículo para regularização;

⇒ Você mesmo pode fazer o check list do seu carro e evitar qualquer transtorno futuro, não é uma tarefa muito difícil. Conferir se seu veículo está apto para pegar a estrada é algo que você pode fazer, é claro que nem tudo pode ser feito em casa, por isso quando necessário procure um mecânico de sua confiança.

Antes de mais nada você não pode sair de casa sem esses itens:

Itens que devem constar no seu veículo

 

Fique atento! Esses itens não podem ser esquecidos na sua viajem! Não levar o triângulo ou a chave de roda por exemplo, gera multa gravíssima de R$ 293,47.

Abaixo eu listo o que você mesmo pode conferir em sua casa:

Cheque e anote todas as lâmpadas queimadas do carro, se houver.

Verifique o nível de óleo.

Verifique o nível de água do radiador.

Veja se alguma luz vermelha ou amarela do painel fica acesa com o motor ligado.

Tenha certeza de que seu carro carrega o estepe e as ferramentas para a troca do pneu.

Nunca viaje com uma bateria com mais de dois anos de fabricação.

Provavelmente se você usar uma bateria velha durante a viagem ela pode dar algum tipo de problema. Consulte um revendedor de confiança.

 

 

Principais Itens do Check list veículos.

Parte elétrica

⇒ Não há como ficar isento de imprevistos em uma viagem, porém verificar os principais itens do carro antes de pegar a estrada é a maneira mais eficiente de reduzir muito as chances de algo dar errado com seu automóvel no meio do caminho.

Check list veículos | Parte Elétrica

A iluminação do veículo garante uma boa visibilidade em viagens noturnas, e sinaliza frenagens (luz de freio), mudança de direção (setas) e ajuda na segurança em dias com pouca visibilidade (neblinas e chuvas), por isso é importante verificar o bom funcionamento das lâmpadas do seu carro ou moto.

Com isso você pode evitar as multas de trânsito. Caso seja necessário substituir alguma lâmpada ou solucionar algum problema elétrico do carro, você pode verificar isso no manual do seu veículo. Não se esqueça também de verificar a lâmpada da placa, se ela estiver queimada você pode ser penalizado por isso.

Quando foi a última vez que verificou a bateria do carro? Verifique se a sua está em dia. Toda bateria tem data de validade, caso ela não esteja apropriada para uso eu indico a troca dessa peça.

Check list veículos | Combustível.

Se você tiver um posto de confiança abasteça nele sempre. Os combustíveis adulterados podem causar muitos problemas além de contribuírem para o desgaste de peças e mal funcionamento do veículo.

Check list veículos | Lubrificação.

Filtros do carro

Verifique o nível e a validade do óleo no motor. Sempre consulte o manual do seu veículo ele aponta qual o óleo para usar, o período de troca e indica onde se localiza a “vareta” que mede o nível do mesmo.

O mesmo serve para óleo de freio, transmissão e diferencial. A falta de lubrificação reduz o tempo de vida útil das peças e pode causar sérios problemas para o automóvel.

Check list veículos | Filtros.

Filtro de óleo do motor, combustível e ar são fundamentais para o perfeito funcionamento do motor. Não trocar os filtros de seu carro, pode causar acumulo de sujeira e até mesmo entupir, consulte o manual do veículo e acompanhe sempre o período de troca.

Check list veículos | Água do radiador.

O sistema de resfriamento mantém a correta temperatura de funcionamento do motor. Portanto sempre respeite o limite de troca do líquido do radiador, nunca permita que ele fique abaixo do recomendado. Peça para o seu mecânico avaliar o funcionamento da bomba d’água, ventoinha e válvula termostática.

Água do radiador

Check list veículos | Correias.

Substituir as correias evita graves problemas no motor. Se a correia dentada quebrar, o motor pode parar de funcionar trazendo com isso um grande prejuízo financeiro.

Check list veículos | Freios.

Verifique as pastilhas, lonas, discos ou panelas do seu carro, a confiabilidade do freio é primordial, principalmente em terrenos serranos ou montanhosos.                                           

Check list veículos | Suspensão.

A estabilidade do seu veículo é agravada quando a suspensão não está em bom funcionamento, pivôs, buchas, terminais, bandejas e molas precisam ser avaliadas pelo seu mecânico.

 

Check list veículos | Cabos e velas

Vidros do carro

Fazer a manutenção das velas e cabos de vela garantem o bom funcionamento do motor e ajudam o veículo a melhorar o desempenho, além de economizar combustível.

Check list veículos | Vidros.

A devida limpeza dos espelhos e vidros do veículo ajudam na visibilidade. A sujeira atrapalha ao conduzir pela noite piorando na chuva. Você pode passar algum produto anti-embaçante para não ter esses problemas.

Você pode precisar do limpador do para-brisa, então não esqueça de completar o reservatório com água!

 

Atenção aos pneus.

⇒ Mesmo antes de viajar ou antes de ir para o trabalho, é sempre importante verificar o estado dos pneus.

Estar com eles em estado irregular é considerado infração grave, com perda de cinco pontos na carteira e pagamento de multa de R$ 195,23, sem contar que o carro pode ter sua dirigibilidade e seu consumo prejudicados.

O artigo 230 CTB considera infração conduzir o veículo em péssimo estado de conservação:

Art. 230:

XVIII – em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, ou reprovado na avaliação de inspeção de segurança e de emissão de poluentes e ruído, prevista no art. 104;

A infração é grave somando 5 pontos na CNH, com multa de R$  195,23.

O estado dos pneus é de máxima importância em uma viagem, mesmo nas mais curtas.

Mas não basta apenas uma inspeção visual positiva, pois outros fatores interferem seriamente no estado dos pneus.
Pense nisto: em uma viagem, seu carro pode rodar por várias horas.

Atenção à conservação do veículo

Não esqueça de calibrar os pneus e o estepe. Confira a calibragem correta com o fabricante do pneu ou no manual do seu veículo.

Então é muito importante uma séria revisão antes de uma viagem. Todo pneu tem um prazo de validade, mesmo que não esteja careca. Esse prazo é de no máximo cinco anos de fabricação.

Mas como saber quando o pneu do seu carro foi fabricado?

Na área de identificação do pneu, encontra-se um número de série composto de 11 dígitos em seguida à palavra “DOT”.

Os quatro últimos dígitos deste número indicam a data de fabricação do pneu (dois dígitos para a semana e dois para o ano). Ou seja: 1210 significa que foi produzido na 12ª semana de 2010.

Se constar 3708 indica que foi feito na 37ª semana de 2008. Acrescente mais cinco anos você saberá o prazo de validade. Faça o mesmo com o estepe.

 

Trocando o pneu do carro.

⇒ Uma das maiores dores de cabeça do motorista é a troca do pneu. Muitas são as dúvidas onde colocar o macaco e como encaixar o pneu, pensando nisso fiz um infográfico para mostrar exatamente o que você deve fazer.

 

Como trocar o pneu do carro

 

Tipos de check list veículos | Quinzenal, semestral e anual.

⇒ Alguns componentes do seu carro devem ser revisados constantemente e outros nem tanto. Eu indico um prazo de quinze em quinze dias para as revisões mais seguidas e de um ano para outras revisões.

 

Revisão Quinzenal 

♦ Esta revisão pode ser feita pelo próprio motorista:

♦ Calibragem de pneus e estepe (veja o manual do seu veículo).

♦ Nível de água do radiador (sempre com o motor frio, pela manhã).

♦ Nível de água do limpador de para-brisa.

♦ Nível de gasolina do reservatório flex (partida a frio).

♦ Todas as lâmpadas do carro.

♦ Nível de óleo do motor.

 

Revisão semestral:

♦ Pastilha de freio (deve ser feita por um mecânico)

♦ Regulagem do freio de mão (idem).

♦ Troca total do óleo de motor e filtro de óleo (também deve ser feita por profissional).

♦ Alinhamento e balanceamento, já aproveite e peça para o mecânico revisar a suspensão e o rolamento das rodas.

♦ Troca de paletas do limpador (dianteira e traseira).

 

Revisão anual:

♦ Estado da bateria e sistema de carga.

♦ Extintor de incêndio (vencimento e condições).

♦ Estado e validade dos pneus ( mesmo com pouca rodagem).

♦ Manutenção na direção hidráulica.

♦ Estado geral das correias do motor.

♦ Correia dentada e esticador. Neste caso deve-se observar a quilometragem da última troca e diminuir 10% (se for a cada 10.000, troque com 9.000), aproveite também e troque junto o esticador.

♦ Mande verificar nível de óleo do câmbio (ou caixa).

♦ Quanto mais rodado for o veículo mais rígidas devem ser as revisões. Sempre use peças originais seguindo as instruções do fabricante no manual do veículo.

 

Conserto do carro na oficina – cuidados

10 dicas para não ser enganado por uma oficina

⇒ Como podemos nos assegurar de que não fomos enganados por uma oficina qualquer? Para ajudar você a tentar amenizar essa situação complicada, eu informo alguns procedimentos que podem lhe ajudar.

A primeira e uma das melhores maneiras de contornar esse problema é escolher um bom mecânico.

  • Antes de tudo peça um orçamento. Ele tem que ser o mais completo para evitar surpresas posteriores.
  • Peça ao mecânico que detalhe o defeito se houver.
  • Não se impressione com nomes complicados. Apenas pergunte para que serve.
  • Procure uma segunda, ou até mesmo uma terceira opinião sobre o defeito. Você pode se surpreender com o resultado.
  • Pergunte sobre a origem das peças e sempre exija nota fiscal. Como algumas oficinas fornecem a peça, não é errado elas terem algum lucro. Mesmo assim exija peças originais ou de sua marca preferida.
  • Se desejar, diga que você mesmo vai comprar as peças. Mas nesse caso lembre-se que a oficina não vai dar garantia da mão de obra se a peça apresentar defeito.
  • Se possível, acompanhe o serviço, mesmo que escute a frase: “o serviço pode demorar…”.
  • Ajude o mecânico contando o que você observou no seu carro, como: barulhos, ruídos, trepidação do motor e luzes do painel que acenderam. Saber algo sobre isso vai surpreender o mecânico.
  • Exija as peças velhas de volta. Diga ao mecânico que você tem o costume de guardar como se fosse um diário do carro.
  • A última dica é: busque referências sobre o mecânico. Não tenha receio de fazer muitas perguntas. Se você não confiou na oficina, educadamente se retire e procure outro.

A seguir eu indico para você o que fazer para aumentar sua segurança e evitar transtornos de última hora na viajem.

 

Como usar o extintor do carro?

A maioria dos extintores fica preso debaixo de um dos bancos dianteiros.

Se o foco de incêndio for dentro do carro, gaste todo o pó químico de seu extintor nele e não tente ser herói, pois você já fez sua parte, o alcançável para todos os motoristas.

No caso de ser no compartimento do motor, lembre-se do seguinte: onde há fumaça, há fogo. Onde há fogo, a temperatura estará sempre subindo.

O fogo precisa de ar para aumentar, então não abra o capô do motor e apenas o levante ligeiramente, o suficiente para aplicar o pó do extintor por completo. Se continuar o fogo, afaste-se do carro e deixe os profissionais cuidarem da situação.

⇒ Elaborei algumas instruções para você saber como usar o extintor em caso de emergência.

 

Extintor no veículo

E não se esqueça de chamar os bombeiros se seu extintor não der conta da situação. Não se desespere por causa do possível prejuízo. O que vale é a sua segurança e dos outros.

 

Como evitar um incêndio em meu carro?

Manutenção constante e atenção com o que tem dentro do seu carro. A manutenção é simples, procurando por mangueiras de combustível ressecadas ou fiações antigas. Uma revisão elétrica periódica é de grande ajuda.

Vale também trocar periodicamente os cabos de velas, pois ali está a alta-tensão do veículo, onde podem aparecer faíscas. A maioria dos incêndios acontece quando uma mangueira velha vaza combustível e um cabo de vela, também velho, solta uma faísca que entra em contato com o vazamento.

O fogo decorrente dessa mistura é igual ao do fogão de sua casa. Nunca permita cigarros e produtos inflamáveis dentro do seu carro.

Quer saber mais sobre extintores de incêndio? Clique aqui para saiba mais.

12 dicas para você economizar combustível!

⇒ Saber quanto de combustível seu veículo está gastando é fundamental para economizar dinheiro, por isso é necessário controlar todos os custos do carro. Pois como o preço da gasolina possui altos impostos, completar o tanque está cada vez mais difícil.

Pensando nisso bolei um estratégia para para você economizar na hora de abastecer.

1 – Não deixe de fazer as revisões rotineiras. Fazendo isso a economia de combustível será evidente.

2 – Dirija com segurança. Nessas horas é bom relembrar as dicas que aprendeu em uma auto-escola.

3 – Não dirija com o motor frio. Vale a pena deixar ele aquecer por uns minutos.

4 – Mantenha os vidros fechados na estrada, pois isso melhora a aerodinâmica do carro.

5 – Não dirija o veículo no ponto neutro. Isso funcionava em carros carburados, mas não com os injetados.

6 – Abasteça somente em um posto de confiança. E como confiar em um posto? O melhor é aquele que mantém seu motor “ronronando”, sem falhar ou “engasgar”.

7 – Verifique a calibragem dos pneus, além do estado deles. Siga as orientações do manual do fabricante.

8 – Verifique sempre a velas de ignição, são elas responsáveis pela queima do combustível. Ou seja: vela velha, maior consumo.

9 – Sim. Filtros em geral, todos que existem no carro devem ser trocados periodicamente. Até o filtro do ar-condicionado pode aumentar um pouco o consumo.

10 – Dirija como um motorista defensivo, e não como um piloto de Fórmulas. Acelerar muito aumenta o consumo.

11– Piloto automático. Nas estradas o uso do piloto automático pode melhorar  o consumo de gasolina. Mas este tipo de direção merece mais atenção do motorista.

12 – Não desligue o motor para economizar combustível.

 

Outras dicas para economizar combustível.

O motor de um carro precisa estar muito bem ajustado para apresentar uma economia de combustível. Isso significa manter as revisões em dia.

Existem alguns componentes no  motor que são diretamente responsáveis por gastar mais ou menos combustível e portanto sujeitos a uma revisão específica. São eles:

  • Velas
  • Cabos de vela
  • Filtros

Todos eles devem ser trocados de acordo com o que diz o manual do seu carro.

A aerodinâmica pode também pode interferir no aumento do consumo do seu carro. Carregar coisas encima do carro, aumenta o arrasto de ar, logo de consumo.

 

Carro a gás: vantagens e desvantagens.

⇒ Nos últimos anos no Brasil houve um aumento considerável de carros abastecidos a gás. Porém existem algumas pessoas dizendo que não vele a pena usar o gás como combustível, porque em comparação com o uso do álcool e da gasolina a diferença seria muito pequena.

Fiz uma pesquisa sobre o assunto e trouxe algumas informações a esse respeito que gostaria de passar para você, sobre as vantagens e desvantagens de usar um carro movido a gás.

 

ggsshfsryhd

 

Desvantagens 

O motor de um carro movido a gás natural trabalha com mais pressão interna no cabeçote do motor, o que diminui a vida útil desta peça.

Por ser um combustível “seco”, o gás não permite a lubrificação correta das válvulas do motor podendo travá-las. Lembre-se que ao contrário do sistema flex, onde podemos misturar álcool e gasolina, o gás natural veicular (GNV) é um combustível solitário, com sistemas diferentes instalados à parte.

Alguns especialistas apontam os seguintes desgastes em modelos com GNV instalado:

♦ Menor durabilidade da bateria

♦ Maior consumo de água do radiador.

♦ Vida útil menor do alternador e motor de partida.

♦ Diminuição do espaço do porta-malas.

 

Vantagens 

♦ O óleo do motor suja menos e dura mais. O mesmo acontece com os bicos injetores que não acumulam resíduos.

♦ Outra vantagem é que o GNV é considerado um combustível seco e o que poderia estragar por ferrugem de água, como o escapamento,terá uma durabilidade maior.

♦ Novas tecnologias de GNV tem melhorado muito o desempenho desse sistema.

♦ Vale a pena lembrar que é sempre prudente avaliar o motor do carro e outros os componentes antes da instalação do Kit GNV.

Depois de instalado, a economia esperada é imediata, pois o veículo gasta menos combustível podendo chegar a ser 60% mais econômico que a gasolina e o álcool. Mas o retorno do investimento, que na média é de 2000 mil reais, pode demorar de quatro meses para taxistas a trinta meses para uso convencional.

Abaixo eu mostro um gráfico da distância percorrida com os três tipos de combustíveis usados no país.

Performance do carro por tipo de combustível

O meio ambiente também agradece pela diminuição dos poluentes expelidos por um carro. Então da vantagem da economia no consumo o planeta agradece.

 

Uso correto do cinto de segurança.

⇒ Não pode faltar no seu check list, uma atenção redobrada com o cinto de segurança.

Além disso você deve revisar se todos os cintos de segurança do carro estão funcionado corretamente.

Não basta só usar o cinto, é preciso colocá-lo corretamente. Se você estiver com o cinto colocado de maneira errada, além de ficar com sua segurança prejudicada, você poderá ser multado.

Pensando nisto, criei este quadro ilustrativo para você visualizar o uso correto do cinto:

 

Uso correto do cinto de segurança

 

Como transportar crianças com segurança

O tema da segurança no trânsito ganha cada vez mais importância e o transporte de crianças foi tema de mudanças importantes.

Atualmente a Resolução 277 do CONTRAN determina como o transporte de crianças deve ser feito. Em resumo você deve usar os seguintes dispositivos:

> até 01 ano de idade: bebê conforto ou conversível;

> de 01 a 04 anos: cadeirinha;

> de 04 a 7 anos e meio: assento de elevação ou booster;

> de 07 anos e meio a 10 anos: cinto do veículo no banco traseiro.

Seguindo essas recomendações você garante a segurança dos pequenos e se previne de multas. Para visualizar melhor, segue um quadro ilustrativo:

Como viajar com as crianças

 

 Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

 

Não abuse da velocidade.

⇒ O excesso de velocidade é a causa principal de morte no trânsito, como também é o motivo campeão de multas, juntamente com as infrações por uso de álcool.

Abaixo eu mostro os valores das multas por excesso de velocidade, já com os novos valores 100% atualizados:

 

Tabela de multa por excesso de velocidade

Se você não quer perder a CNH e não pagar multas, você pode solicitar o recurso administrativo. Isso ajuda a se livrar de multas indevidas.

O recurso de multa por excesso de velocidade está previsto na Lei e é a sua oportunidade de se manifestar.

 

Conclusão

Espero que você tenha gostado do artigo que leu! Procurei mostrar as principais informações sobre o check list do seu carro para colocá-lo na estrada com segurança e tranquilidade.

Fiz um quadro ilustrativo indicando as ferramentas indispensáveis que todo carro dever ter. Elaborei um infográfico com o passo-a-passo de como trocar o pneu. Trouxe essas infirmação para ajudá-lo a viajar com segurança e não ter nenhum problema mais sério com seu veículo.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Vale lembrar para não abusar da velocidade e da direção perigosa, o que pode por em riso você, sua família e outras pessoas.

Gostou do artigo e das informações de disponibilizei para você? Ele foi útil?
Se foi, faça com que o atrigo chegue aos seus amigos! Compartilhe.

 

Gostou do artigo? Coloque sua avaliação abaixo! Sua opinião é importante para mim 🙂

Viaje com segurança | Check list veículos
Esse texto te ajudou?