Entrega Quitativa Do Veículo

O sonho de um carro próprio é vívido no coração da maioria dos brasileiros e isso é inegável. E no esforço para adquirir um automóvel, muitas pessoas aderem a financiamentos.

Leia mais

E por falta de planejamento financeiro ou por um imprevisto qualquer que afete a renda, como perder o emprego, despesas médicas consideráveis e outros, muitos ficam impossibilitados de continuar cumprindo com o pagamento das parcelas.

Leia mais

Neste momento, o juro referente ao atraso pode tornar as coisas ainda piores e há quem recorra à uma ação revisional para reverter essa situação quando sente que está sofrendo cobranças abusivas de juros.

Leia mais

Não bastando isso, com o não pagamento das parcelas no tempo devido, ficam sujeitos à uma ação de busca e apreensão e correm o risco de ter o tão desejado e necessário carro tomado pela financeira ou instituição bancária.

Leia mais

Mas há alternativas que podem minimizar o gasto e o possível desgaste emocional inerente a situações como esta.

Leia mais

Dentre elas, podemos citar a ação extrajudicial e a entrega amigável do automóvel.

Leia mais

É extremamente recomendado que você tente fazer tudo extrajudicialmente, pois uma vez que a contenda migre para a judicialização, os honorários e encargos tornam tudo mais oneroso.

Leia mais

A alternativa mais vantajosa dependerá da situação de cada pessoa e todos os prós e contras precisam ser levados em consideração na hora de escolher o melhor caminho para solucionar este problema.

Leia mais

Entregar o veículo amigavelmente

A entrega amigável do veículo pode ser de duas maneiras:

Leia mais
  • Entrega parcial;
  • Entrega quitativa.
Leia mais

A entrega quitativa não é difícil de ser entendida. Tudo começa com você ou a instituição financeira oferecendo a possibilidade de entregar o veículo de forma amigável e quitativa. Caso você ofereça essa proposta ao banco e receba uma resposta negativa, saiba que é direito do banco recusar sua proposta.

Leia mais

Caso o banco aceite, será enviado um avaliador para realizar a vistoria veicular. Lembre-se de que o veículo precisa estar em condições aceitáveis.

Leia mais

Uma vez que o veículo seja aceito, será levado por meio de reboque ou guincho para um pátio onde ficará à disposição para ser apresentado em um leilão.

Leia mais

Note que o aceite do banco não implica na quitação imediata que somente poderá ser efetivada ao final do leilão.

Leia mais

Outro ponto muito importante a ser conhecido é que todo o período de permanência no pátio esperando o leilão implica no aumento da dívida e na continuidade de pagamento das parcelas do financiamento com incidência de juros e eventuais multas por atraso.

Leia mais

Uma vez leiloado, o valor arrecadado deve ser compatível com o necessário para a quitação da dívida relacionada ao financiamento.

Leia mais

Nesse trâmite, você precisará assinar o termo de entrega amigável no mesmo momento em que confessa ter a dívida com a instituição bancária responsável pelo financiamento do veículo.

Leia mais

A ação extrajudicial é o caminho mais recomendado

Você não necessita contratar um advogado proceder com uma ação extrajudicial e nem precisará comparecer à uma audiência judicial quando opta por negociar extrajudicialmente.

Leia mais

Se você está com parcelas atrasadas em seu financiamento, pode recorrer a empresas especializadas em negociação e pode conseguir a entrega do seu veículo com quitação ou de quitar o saldo com desconto.

Leia mais

Uma vez que o contrato de financiamento é analisado por peritos e especialistas, são levantadas as cláusulas que impõem juros abusivos e taxas desproporcionais.

Leia mais

Uma levantadas essas informações, o especialista em negociação entra em contato com a instituição bancária pleiteando a sua posse do veículo e quite o restante da dívida com desconto.

Leia mais

Quando o banco vê que uma empresa especializada tomou a frente da negociação, sabe que a proposta encontra respaldo legal para ser apresentada.

Leia mais

O banco sabe que, em caso de ser condenado judicialmente por cobranças e taxas abusivas, deverá ter de devolver o valor excedente em dobro e com correção monetária.

Leia mais

Além do que, como falei anteriormente, os encargos judiciais e honorários advocatícios tornam o processo ainda mais oneroso.

Leia mais

Conclusão

Se você está com parcelas do seu financiamento atrasadas, é extremamente recomendado que você se antecipe e busque a ajuda de um especialista em cálculo revisional de juros ou negociação de dívida para ajudar a resolver o seu problema da forma mais branda possível para seu bolso.

Leia mais

Antes de escolher uma empresa, verifique sua reputação no mercado, acessando seu perfil no Reclame Aqui, Google Meu Negócio e nas próprias redes sociais.

Leia mais

Preste atenção na quantidade de reclamações, no teor das mesmas e qual é a postura da empresa na resolução das queixas que são apresentadas contra ela.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas