Placas de Trânsito e seus significados

placas de trânsito
Há uma grande quantidade de placas no trânsito brasileiro. Como saber o significado de todas?

Será que notamos as placas que estão presentes no trânsito?

Elas possuem uma grande importância para manter um trânsito seguro e transitável.

Nesse artigo, vou falar das placas de trânsito e seus significados. Entender as placas é muito importante. Então, sigamos à leitura!

Recebeu uma multa por desrespeitar alguma placa de trânsito? Acesse o link e descubra como recorrer. Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito.

Ajudam a manter a organização do trânsito. São pequenas e que na maioria das vezes nem são vistas.

Mas precisamos prestar atenção nelas, pois não é por acaso que estão ali.

Nesse artigo, vou explicar o que são placas de trânsito e para que servem.

Para o artigo, pesquisei várias fontes que falam sobre placas de trânsito e seus significados.

E vou adaptar aqui da melhor maneira possível para compreensão.

Falarei também do surgimento das placas, uma breve história.

E por fim, trarei para nossa leitura os significados das placas de trânsito, que são muitos, mas se prestar atenção, dá para aprender tudo.

Então siga comigo nessa leitura didática e vamos relembrar os significados de cada placa.

  • O que são placas de trânsito e para que servem?
  • Breve história das placas de trânsito
  • Placas de trânsito e seus significados
  • Placas de trânsito de regulamentação
  • Placas de trânsito de advertência
  • Placas de trânsito de indicação
  • Placas de trânsito horizontal
  • Placas de trânsito de sinalização semafórica
  • Acidentes por falta de sinalização

 Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

O que são placas de trânsito e para que servem?

Quando falamos em segurança no trânsito, é preciso saber que entender as placas de trânsito e seus significados também é importante.

E as placas valem tanto para os motoristas como para os pedestres, ou seja, organizam o trânsito.

Mas para tal organização, é preciso saber para que servem e respeitá-las.

As placas de trânsito ficam localizadas ao lado da via ou suspensas sobre a via.

Elas trazem para o condutor mensagens, seja através de legendas ou símbolos.

Servem para manter o fluxo do trânsito em ordem, mas para isto funcionar, os condutores precisam saber seus significados.

É de competência dos órgãos responsáveis de cada local manter a sinalização organizada.

Que esteja visível para os condutores e pedestres e colocadas da maneira correta.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, isto é lei e se não cumprida pode acarretar consequências.

Veja o que diz a lei:

Art. 24. Da Composição e da Competência do Sistema Nacional de Trânsito:

III. implantar, manter e operar o sistema de sinalização, os dispositivos e os equipamentos de controle viário.

Se você foi multado, saiba como recorrer e não ter pontos na carteira de motorista. Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Breve história das placas de trânsito

De acordo com o site QC Veículos, as primeiras placas surgiram nos Estados Unidos e na Itália no início do século XX.

A iniciativa foi das empresas do ramo automobilístico, como a Pirelli e a Michelin.

Tiveram a ideia de colocar placas nas principais vias de trânsito dos dois países.

Mas em troca, eles inseriram seus logotipos nas placas de sinalização.

Antes dessa iniciativa, a sinalização de trânsito seguia a norma da Lei da Bandeira Vermelha, de 1865, onde obrigava o condutor a deixar na frente do seu automóvel uma bandeira vermelha durante o dia e uma lanterna acessa durante a noite.

A ideia da bandeira e da lanterna, era para todos verem que seus veículos se aproximavam.

Assim todos saberiam, inclusive os pedestres que algo se aproximava.

 

Placas de trânsito e seus significados

Os princípios básicos da sinalização de trânsito servem para assegurar a eficácia dos sinais. Eles estão explicados e disponibilizados no Volume I do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito.

Os princípios são:

Legalidade – que está no Código de Trânsito Brasileiro, CTB e legislação complementar;

Suficiência – percepção do que é importante e quantidade de sinalização de acordo com a necessidade;

Padronização – seguir o padrão estabelecido e os sinais devem seguir os mesmos critérios;

Clareza – as mensagens transmitidas têm que ser de compreensão de todos;

Precisão e Confiabilidade – precisa corresponder a situação existente, ter credibilidade;

Visibilidade e Legibilidade – poder enxergar a placa a partir da distância necessária e ser lida há tempo de tomar uma decisão na via;

Manutenção e Conservação – as placas precisam estar bem conservadas, limpas, bem fixadas e visível.

Esses são os 7 princípios básicos da sinalização de trânsito e que precisam ser respeitados. E aqui você pode ler o manual completo.

O Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito de 1980 foi reformulado após 2004.

Passou a ser então 7 volumes, sendo que dois deles ainda estão em elaboração.

Os 7 volumes são:

  1. Sinalização vertical de regulamentação,
  2. Sinalização vertical de advertência,
  3. Sinalização vertical de indicação,
  4. Sinalização horizontal,
  5. Sinalização semafórica,
  6. Dispositivos auxiliares, e,
  7. Sinalização temporária.

Os dois últimos ainda não foram publicados.

Agora nos subtópicos, vou explicar as placas de trânsito e seus significados.

Quando eu falar “placa de trânsito de regulamentação” é o mesmo que “sinalização vertical de regulamentação”. E assim sucessivamente.

Não muda em nada, apenas substituirei sinalização em placas para facilitar a leitura.

Vou usar como guia para os próximos subtópicos o Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito.

Onde explica a importância de cada regulamentação.

 

Placas de trânsito de Regulamentação

placas de trânsito pare
Exemplo de placa de regulamentação

De acordo com o PDF do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito volume I, as placas foram  aprovada pela Resolução do CONTRAN Nº 180, de 26 de agosto de 2005.

As placas explicam para cada sinal o seu significado. Como deve ser utilizada e qual seu posicionamento na via.

O objetivo dela é informar os condutores sobre as condições da via, proibições, restrições ou obrigações.

Geralmente essas placas são circulares com fundo branco e bordas vermelhas, sem ou com uma tarja vermelha.

Por exemplo, uma das placas que está incluída na regulamentação é a “Velocidade máxima permitida”.

Essas placas trazem o significado da velocidade permitida em tal via e se não respeitada, você está cometendo uma infração.

Para os ciclistas e pedestres também é esclarecedor, pois indica se devem andar pela direita ou esquerda.

Para cada lado, tem uma placa explicando.

Veja como é interessante saber sobre as placas de trânsito e seus significados!

Essas informações são importantes para os condutores seja motociclista, ciclista e etc. E são importantíssimas também para os pedestres.

Além de sinalizar e passar informações, as placas também servem para manter um trânsito mais seguro.

Organizando o tráfego e orientando os condutores das vias.

 

Placas de trânsito de advertência

placa de trânsito advertência
Exemplo de placa de advertência (e também de placa de regulamentação)

O PDF do manual de trânsito volume II, explica o significado das placas de advertência.

Fala dos princípios de sua utilização, em qual posicionamento da via que deve ficar e traz também a sua relação com outras sinalizações.

Elas servem para alertar os perigos da via, indicando onde tem curvas, cruzamento na via, semáforo, pista irregular e etc.

Em resumo, serve para sua segurança! Então fique atento a todas as placas de advertência no trânsito.

Tenha a consciência da importância dela, assim como as outras.

As placas de advertência trazem as obrigações, restrições, proibições e limitações da via.

Chama atenção dos condutores de possíveis riscos na via ou próximo, por exemplo, escola ou passagem de pedestres.

Indica também a direção, localidade, pontos turísticos e outros serviços.

Essas placas indicam uma redução de velocidade que tem como objetivo dar maior segurança no trânsito.

 

Placas de trânsito de indicação

placa de trânsito indicação
Exemplo de placa de trânsito de indicação

O volume III do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito traz informação sobre as placas de indicação.

A palavra indicação já diz tudo, a importância desta placa é para indicar e guiar os usuários no trânsito.

Indica o destino e locais que o condutor ou o pedestre desejam ir, assim como, a distância e os serviços auxiliares.

No geral, são placas informativas e educativas que estão disponibilizadas nas vias.

As placas de indicação estão divididas nos seguintes grupos:

  1. Placas de trânsito de identificação – ajuda o condutor a se posicionar durante o deslocamento ou mostrar a distância do destino que deseja ir.
  2. Placas de trânsito de orientação de destino – orienta o motorista mostrando o sentido de distância e direção.

Placas de fundo verde se for de orientação e de fundo azul se for placa de indicação/local.

  1. Placas de trânsito educativas – tem a função de educar os pedestres e motoristas no trânsito.

Tem o fundo branco e são retangulares.

  1. Placas de trânsito de serviços auxiliares – essas placas informam o condutor dos serviços disponíveis no local.

Por exemplo, posto de gasolina, hospitais, restaurantes e outros. São retangular de cor azul e mostra o símbolo indicando o tipo de serviço.

  1. Placas de trânsito de atrativo turístico – orienta o motorista onde fica o local com as atrações turísticas da cidade.

As placas são marrom com letras brancas. Sua indicação é por nome e símbolo.

 

Você percebeu que são bem simples os significados das placas?

É só saber para o que serve e pronto, você pode seguir seu caminho tranquilo.

Elas estão posicionadas não para enfeitar as vias, mas para alertar e manter o trânsito seguro.

 

Placas de trânsito horizontal

placa de trânsito horizontal
Exemplo de placa de trânsito horizontal

Nesse volume IV, as informações são das placas de trânsito horizontal.

O objetivo delas é sinalizar as vias através de linhas, símbolos, legendas ou marcações que são pintados sobre o pavimento.

Permite que os condutores e pedestres adotem comportamentos adequados no trânsito.

Com o intuito de aumentar a segurança no trânsito, organizar o fluxo de veículos e orientar os usuários.

A função e definição das placas de trânsito horizontal de acordo com o manual são:

Organizar o fluxo de veículos; organizar o fluxo dos pedestres; orientar os deslocamentos dos veículos em virtude das condições físicas da via, como geometria, topografia e obstáculos.

Também tem como definição complementar as placas de regulamentação, indicação e advertência.

Ou seja, mais uma placa que mantém o trânsito seguro e trafegável.

Imagine comigo se não existissem regras no trânsito? Que caos seria, não?

Pensando nisso, que o sistema brasileiro de trânsito busca adequar da melhor maneira possível métodos que mantém a organização nas vias.

Mas agora não adianta todas as regras para manter você seguro, se não cumprir.

Se está na lei deve ser feito! Faça isso por você e pelos outros.

 

Placas de trânsito de sinalização semafórica

placa de trânsito semafórica
Exemplo de placa de trânsito semafórica

Vou falar agora do último item das placas de trânsito e seus significados.

Já que os volumes VI e VII que traz os dispositivos auxiliares e sinalização temporária ainda não estão disponíveis.

Então vamos partir para o volume V do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito que vai explicar sobre as placas semafóricas.

Ela é um sistema de sinalização viária que contém indicações luminosas que ao acionar trabalham alternadamente ou intermitentemente.

O trabalho é feito através de um sistema eletrônico ou eletromecânico.

A finalidade é transmitir para os diversos usuários da via o regulamento do direito de passar ou não.

O semáforo controla o trânsito seja num cruzamento ou numa via.

Define a hora para cada um passar: carros, motos, bicicletas, pedestres e etc.

Para falar das regras das cores do semáforo usei como fonte o site Auto Escola Capra.

Achei bem objetivo, e será fácil a compreensão. Siga comigo!

 

A regra para os veículos é:

Se estiver AMARELA, tenha atenção, é a hora de parar, pois logo a cor vermelha aparecerá;

Quando ficar VERMELHA você precisa parar mesmo, tenha atenção!;

E quando estiver VERDE, pode seguir tranquilo, mas respeitando as regras de trânsito sempre.

 

A regra para pedestres é:

Se a cor estiver VERMELHA você também precisa parar;

Se estiver VERDE você tem permissão para atravessar, mas sempre com cuidado.

E quando estiver VERMELHA INTERMITENTE mostra para os pedestres que está quase terminado o tempo de passar.

São regras simples e que fazem parte do dia a dia. Mas sabemos que na prática as vezes não são respeitadas.

Por exemplo, tanto o pedestre ou o condutor, as vezes o sinal não está verde, mas a pressa faz com que apenas olhem para os lados e sigam.

Mesmo que você olhe para ver se vem um veículo ou pedestre, não há segurança nisso, pois no trânsito tudo acontece muito rápido.

Então seja você pedestre ou condutor, usuário da via, respeite o semáforo.

Só siga em frente quando a cor estiver permitindo.

Se você foi multado, saiba como recorrer e não ter pontos na carteira de motorista. Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Acidentes por falta de sinalização

É de resposabilidade dos órgãos competentes manterem as vias públicas em segurança.

Seja com placas de advertência, indicação, regulamentação, com semáforos ou sinalização horizontal.

Essas placas que expliquei no artigo, precisam estar visíveis para os pedestres e condutores, se não do que adianta?

Acidentes em virtude das placas estarem escondidas ou no meio de árvores são bem comuns.

Acidentes por falta de sinalização em uma rua movimentada que precisa de um semáforo também são.

O G1 mostrou em uma matéria que por falta de sinalização em algumas ruas da cidade de Ituiutuba, houve vários acidentes.

Faltam placas e faixas de sinalização, deixando os condutores e pedestres perdidos em sua própria cidade e com medo do trânsito.

Segundo a matéria, três a sete vezes por dia acontece acidentes nas vias da cidade.

Geralmente são com motociclistas que já sabemos ser o alvo “mais fraco” no trânsito em virtude do seu veículo ser menor.

É falta de pintura no asfalto, não há sinalização em parte alguma, preferencial não existe, ou seja, veja no que dá o descumprimento da lei!?

Pois o órgão responsável deveria manter a segurança de quem vive no local, mas como andar com segurança se não existem placas de sinalização?

Acaba virando uma bagunça e desordem, como consequência, vários acidentes por dia.

É comum ocorrerem vários acidentes também na avenida Interlagos na cidade de São Paulo.

De acordo com uma matéria feita pela Folha de São Paulo, já teve acidentes com mortes no cruzamento da avenida.

Quase não se enxerga a faixa de travessia, sendo assim, torna-se mais perigoso, além dos buracos e a falta de semáforo para os pedestres.

Agora pense comigo, os pedestres precisam esperar o condutor do veículo parar para enfim atravessarem.

Se é uma cidade pequena, até dá para esperar pois logo algum para.

Mas em cidades grandes, com vários fluxos de veículos no trânsito, quanto tempo um pedestre precisa esperar até chegar a hora de atravessar?

Veja que nesse caso, o pedestre e o motorista não tem culpa, pois a faixa deveria estar ali e o semáforo também.

Para assim, tornar o trânsito mais seguro e organizado.

Dei dois exemplos de situações que acontecem no país por falta de segurança.

E como esse artigo fala sobre placas de trânsito e seus significados, filtrei na minha pesquisa a partir desse tema.

Mostrando para você o quão importante é respeitar as placas de sinalizações e entender todos os seus significados.

É claro que se você mora em uma cidade onde as placas não estão de acordo com a lei, a culpa não é sua.

Mas se na sua cidade tem, ou se nas vias que você usa, por exemplo em uma BR, tem todas elas direitinho.

Use-as, faça delas sua amiga, mantenha-se informado.

 Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

Conclusão

placas de trânsito beber não dirija
Embora fictícia, talvez a melhor de todas as placas!

Esse artigo foi escrito de uma maneira mais didática para facilitar a compreensão.

Pois sei que são muitas regras que precisam ser respeitadas no trânsito.

E meu trabalho aqui é ajudar você a ser um condutor consciente.

Saber das leis, de tudo que envolve o trânsito é fundamental para todos que usam ele.

Além das placas de trânsito e seus significados, existem outras regras que precisam ser cumpridas.

Vale lembrar, que excesso de velocidade causa muitos acidentes e por isso você precisa respeitar sempre a velocidade máxima permitida.

Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

Você sabe também, a importância de usar o cinto de segurança, só nessa atitude que é simples, muita dor de cabeça você pode evitar.

Respeite as leis de trânsito!

Estude as placas de trânsito e seus significados. Nunca é tarde para aprender!

Sei que são muitas, mas são simples de serem estudadas, vai roubar pouco tempo do seu dia.

E poderá evitar muitos problemas causados por falta de atenção.

Achou esse artigo esclarecedor? Então compartilhe com seus amigos!

 

 

Gostou do artigo sobre o prazo de julgamento dos recursos? Coloque sua avaliação abaixo! Sua opinião é importante para mim 🙂

Placas de Trânsito e seus significados
4.8 (96.67%) 18 votes