Saiba Por que Você Nunca deve Colocar os Pés no Painel do Veículo

A Lei n° 14.071/2020 - conhecida como Nova Lei de Trânsito - fez grandes alterações no CTB, a partir de 12 de abril de 2021. Para saber como essas novas regras impactam a sua multa ou processo administrativo, clique aqui e acesse a lista com mais de 15 conteúdos que preparei sobre a Nova Lei e fique atualizado!
perigo colocar os pés no painel do veículo
Razões para nunca colocar os pés no painel do veículo

Colocar os pés no painel do veículo, com o banco reclinado, enquanto viaja ao lado do condutor, pode ser bastante confortável, porém, o conforto proporcionado por sentar-se nessa posição é equivalente à grandeza das consequências caso aconteça algum acidente, ainda que não seja grave.

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH e economizar:  Clique AQUI para receber uma consulta gratuita do seu caso com o Doutor Multas.

Um informativo americano, o Usa Today, relatou, recentemente, o caso de uma americana que, costumeiramente, deixava seus pés sobre o painel do veículo.

Um dia, ao se envolverem, ela e o condutor, em um acidente, com a ação do airbag, a passageira sofreu graves lesões em suas pernas e também no seu rosto, tendo seu nariz quebrado com o impacto das pernas no rosto.

Além das lesões nas pernas e na face, regiões mais propícias a lesões em casos como esse, a americana quebrou também o braço.

 

Por que essa postura pode causar consequências graves?

mannequin in a car
Um airbag, ao ser acionado por uma colisão, infla de forma mais rápida que o impulso dado ao corpo

O caso da americana que mantinha as pernas sobre o painel não foi causado pela gravidade do acidente, mas sim pelo efeito do airbag contra o seu corpo.

Um airbag, ao ser acionado por uma colisão, não necessariamente grave, infla de forma mais rápida que, supostamente, o impulso dado pelo acidente ao corpo do ocupante do veículo.

Pela rapidez da sua ação, a força da com que ele age também é grande, por isso a periculosidade que essa ação pode exercer sobre o mau posicionamento do passageiro no veículo.

Deve-se levar em consideração que todos esses fatos acontecem por motivos de o airbag não ter sido projetado para proteger uma pessoa acomodada com os pés sobre o painel.

Por isso, ainda que não haja nenhuma norma específica relativa à postura segura a ser adotada pelo passageiro, é preciso que se tenha cuidado e evite adotar uma postura diferente da comumente utilizada por passageiros e condutores: com os joelhos flexionados e os pés sobre a base inferior do veículo.

Conforme o relatado, as lesões sofridas pela passageira foram bastante graves, impedindo até mesmo que ela pudesse voltar ao seu trabalho, em vista das dificuldades para manter-se em pé por muito tempo, exigidas no desempenho de suas funções.

 

Modificando a postura para a segurança

boy using safety belt when entering the car
A melhor opção é manter boa postura

O acidente que causou as lesões não foi, de fato, classificado com gravidade suficiente para ter causado tantos danos.

Assim, percebe-se o quanto a posição do passageiro pode ser perigosa quando associada à possível ação de um airbag em caso de acidentes.

Entretanto, mesmo sem a ação do dispositivo de segurança, pode-se apontar sérios riscos para o passageiro que viaja com os pés sobrepostos ao painel, apesar de o airbag, nessa situação, não poder amenizar os riscos em caso de acidente.

 

Conclusão

Relaxed person with feet on dashboard during car trip

A única forma de diminuir os riscos de graves consequências em caso de acidente é, de fato, não viajar com os pés sobre o painel do veículo.

Assim, caso ocorram acidentes, o dispositivo de segurança comportado pelo veículo agirá em conformidade com o que foi projetado, garantindo a segurança dos passageiros, bem como pressupõe sua funcionalidade.

Você quer receber conteúdos EXCLUSIVOS e gratuitos sobre Trânsito?  Clique AQUI e entre no meu grupo de Telegram!

 

Referência:

  1. https://www.usatoday.com/

 

Foi multado? Não fique sem dirigir! Descubra agora como não perder a CNH e economizar:  Clique AQUI para receber uma consulta gratuita do seu caso com o Doutor Multas.