Como recorrer de Multas de motos | Veja 8 dicas para escapar delas

Saiba aqui o passo a passo para recorrer e evitar Multas de motos:  Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

cenario-lego-3

A motocicleta é a melhor opção para quem precisa aliar deslocamento ágil com economia.

É um veículo que além de oferecer vantagens nos fascina, sejam estradeiras ou esportivas elas nos despertam a imaginação, não é mesmo?

Mas nem tudo são flores, não é?

Tenho certeza de que você conhece alguém ou tem algum amigo, talvez até você mesmo, já se envolveu em acidentes de moto ou sofreu infração de transito.

Por isso este artigo foi pensado para orientar você e seus amigos.

Pessoas que precisam conduzir sua motocicleta todos os dias, quer seja para passeio ou trabalho e que necessitam redobrar a atenção para evitar acidentes.

Confesso que eu também aprendi muita coisa enquanto pesquisava para este artigo e pretendo aplicar tudo em meu dia a dia.

Minha intenção é te auxiliar para que você escape das estimativas de acidentes e chegue ao seu destino são e salvo.

Continue a leitura, aqui você irá ler sobre os seguintes assuntos:

♦ As principais multas de motos que sofrem os motociclistas e como evitá-las.

♦ As multas mais comuns para os motociclistas | todas comentadas|

♦ A quantidade motociclistas no país?

♦ O problema do famoso “ponto cego”.

♦ Como escolher um bom capacete.

♦ 4 importantes dicas que estão salvando muitas vidas de motociclistas.

♦ Como recorrer sua multa de trânsito

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

 

A motocicleta é a opção de mais de 18 milhões de brasileiros

18 milhões de motos não é pouca coisa. Para você ter uma ideia, se dividíssemos daria uma motocicleta para cada 11 habitantes.

multas de motos

Compartilhe em seu site

No entanto ao optar pela motocicleta você aumenta o risco de levar fechadas e a não ser visto pelos automóveis de maior porte.

Isso faz parte da rotina de quase todos os motociclistas, sobretudo nas grande cidades.

O fato de ser um veículo menor aumenta a chance de cair nos pontos cegos dos demais automóveis.

A consequência sabemos bem qual é: um número imenso de acidentes envolvendo motociclistas.

 

Veja como evitar os famosos pontos cegos

multas de motos

Motoqueiros também sofrem com o ponto cego

Existem dois fatores complicadores envolvendo ponto cego nas motos.

O próprio capacete diminui a visão periférica do condutor, pois tem um campo de visão limitado.

Além disso, é  comum que os motoristas bloqueiem a visão ao instalar retrovisores menores, diferentes dos originais.

 


Agora veja essa curiosidade

Tem gente sofrendo multas de motos por falta de cinto de segurança, sabia dessa?

Veja só a situação do senhor Luiz Nunes, ele foi multado, sofreu 7 pontos na carteira!

Qual foi sua infração?

Você pode não acreditar, mas o senhor Nunes recebeu em sua casa uma a notificação por estar dirigindo sua motocicleta sem o cinto de segurança.

Sem dúvida foi um equivoco do DETRAN de Mato Grosso.

Mas você sabe quais são as infrações mais comuns dos motociclistas?

Neste artigo você ficará por dentro de todas as infrações que envolvem os motociclistas.

 


Você sabe quais são as multas de motos mais comuns no Brasil?

1º – Dirigir sem o capacete

multas de motos

A ESCOLHA DO CAPACETE CERTO PODE SALVAR SUA VIDA NAQUELES 30 SEGUNDOS ONDE TUDO ACONTECE.

A ESCOLHA DO CAPACETE ERRADO PODE TORNAR SUA VIDA MUITO DIFÍCIL DEPOIS DE UMA INESPERADA OCORRÊNCIA NAQUELA VOLTA DE 10 MINUTOS

Por incrível que pareça tem muito motociclista pilotando sem capacete.

Apesar de ser um dos poucos itens de proteção para os condutores, o capacete está sendo deixado de lado.

Condução de motocicleta sem a utilização deste acessório foi a violação com o maior número de registros, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE).

No período, o Detran contabilizou 16.524 casos, 2.407 registros a mais que em 2013, quando foram somadas 14.117 infrações.

A infração é considerada gravíssima, acarretando sete pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 293,47.

Com isso, a soma recolhida pelo Detran, em 2014, chegou a R$ 3,1 milhões.

Como evitar multas de motos por não usar capacete?

 

Escolha um modelo que se ajuste a sua cabeça| Veja as 4 dicas para não ter erro

multas de motos

1. ESCOLHA O TAMANHO CERTO;

2. ESCOLHA AQUELE QUE MELHOR SE ADEQUE A FORMA DA SUA CABEÇA;

3. FIQUE ATENTO PARA ADQUIRIR UM QUE SEJA DO SEU NÚMERO;

4. ESCOLHA UM MODELO QUE SEJA INTERESSANTE PARA VOCÊ.

Lembre-se

Isso não é apenas para evitar multas de motos, mas para preservar sua saúde e segurança. Então amigo, de hoje em diante só pilote de capacete.

 

2º – Desrespeitar o sinal vermelho

Um exemplo dessa infração nos vem do Paraná onde um motociclista foi flagrado 98 vezes passando sinal vermelho.

O radar de Cascavel, no oeste do estado, registrou essas 98 infrações ao longo de um ano.

Ao todo, o proprietário do veículo possui R$ 10 mil em multas.

Porquê isso acontece?

Certamente é por causa da pressa, e nesse quesito todos estamos no mesmo barco.

Quem de nós não quer chegar em casa mais cedo no final de um dia de trabalho?

valor de uma infração de trânsito pode comprometer suas festas de fim de ano.

Mas fique atento, aquele semáforo foi planejado para o local onde está exatamente para prevenir acidentes. Não seja você mais uma vítima.

 

3º – Multas de motos & documentação irregular.

Outro problema relacionado às multas de motos é a documentação.

Dados da Companhia de Engenharia de Transporte de Trânsito de Cascavel (Cettrans) mostram que, em média, metade das motos fiscalizadas está irregular.

Faltam documentos, há impostos atrasados e também condutores sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O crescimento do número da frota de motocicletas motos nas cidades é visível com isso também aumentam os números de multas de motos

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, ciclomotores, motonetas, bicicletas e similares (Abraciclo), em 2011, foram vendidas no país 2.044.422 unidades.

Entretanto, junto com este aumento cresceram também os flagrantes de irregularidades entre os motociclistas.

Fique atento, amigo! Você vai investir um pouco de dinheiro e de tempo regularizando a documentação da sua moto, mas ganhará em tranquilidade para dirigir sua motocicleta seja para passeios ou trabalho.

 

multas de motos

 

4º – Falta de atenção X multas de motos

Que atire a primeira pedra quem nunca perdeu o foco.

A desatenção é um problema inerente a nossa época.

São muitas coisas que requerem nossa atenção e isso faz com que falte foco para o que mais importa, não é mesmo?

Não é a toa que a indústria farmacêutica lucra milhões vendendo medicamento que prometem verdadeiros milagres quando o assunto é aumentar o foco.

Muitos motoristas subestimam o perigo de se distrair enquanto dirigem porque associam a distração somente ao ato de fazer ligações.

Com tudo, fontes de distração estão escondidas em muitas outras atividades, que frequentemente não são consideradas importantes.

Pesquisas mostram que realizar diversas atividades ao mesmo tempo enquanto se dirige sempre aumenta os erros na direção.

Mas especialistas alertam que o risco de ocorrer um acidente aumenta a partir do momento em que:

♦  os olhos se desviam da via à frente;

♦  as mãos ficam fora do volante;

♦ e os pensamentos se dispersam daquilo que está acontecendo no trânsito.

 

O que as pesquisas dizem sobre isso?

O Centro de Tecnologia Allianz (Allianz Center for Tecnology – AZT), que fica em Munique, na Alemanha, estudou as causas e consequências da distração.

A situação que investigamos em 2011 está piorando. Atualmente, pesquisadores de acidentes estão preocupados com a multiplicidade de aparelhos de comunicação móvel, equipamentos de entretenimento e os chamados dispositivos nômades que são usados no carro, diz o Dr. Jorg Kubitzki, pesquisador de acidentes do AZT e autor do estudo da Allianz intitulado Distraction at the Wheel (Distração ao Volante).

A popularidade cada vez maior de smartphones e aplicativos e a abundância de outros dispositivos eletrônicos portáteis está levando as pessoas a usá-los ao mesmo tempo em que dirigem.

Cerca de 20% dos motoristas admitem escrever mensagens de texto ou e-mails ao volante e 30% leem estas mensagens, mesmo se, de acordo com os próprios motoristas, o fazem apenas “raramente” ou “ocasionalmente”.

James Bond pode até dirigir em altíssima velocidade ao mesmo tempo em que faz telefonemas, navega com o GPS, atira em seus rivais ou faz manobras radicais e perigosas para evitar uma saraivada de tiros do inimigo.

Mas nós os simples mortais não temos essa capacidade. E se tentarmos isso certamente seremos mais uma vítima a entrar para as estatísticas dos acidentes de transito.

 

Veja nossas 4 dicas para evitar multas de motos e acidentes 

Primeiro: reduzir o uso de dispositivos eletrônicos.
Segundo: manter as duas mãos no guidão e certificar-se de que os objetos que provavelmente serão usados durante uma viagem já estejam à mão antes de ligar o motor.

Terceiro: manter a mente focada em dirigir, naquilo que está acontecendo a sua volta no trânsito.
Quarto: reduzir a pressão do tempo ao volante, planejando os deslocamentos de forma realista.

 

5º – Estacionar  de forma irregular

multas de motos

Por ser pequena a motocicleta pode parecer um veículo que passa desapercebido, mas na verdade não é assim.

Essa é uma das categorias de infrações mais cometidas pelos motociclistas e pode trazer uma série de transtornos para outros condutores.

Você pode evitar isso com uma simples mudança de atitude. Estacionar apenas em locais reservados para esse fim.

O motorista levará 7 pontos na carteira, e o veículo fica sujeito a guincho. A multa é de R$293,47.

A multa ocorre por estacionar em: Rodovias; vias de trânsito rápido; vias com acostamento.

Veja: o artigo 269 do CTB não deixa dúvida:

Art. 271. O veículo será removido, nos casos previstos neste Código, para o depósito fixado pelo órgão ou entidade competente, com circunscrição sobre a via.

1º A restituição do veículo removido só ocorrerá mediante prévio pagamento de multas, taxas e despesas com remoção e estada, além de outros encargos previstos na legislação específica.

Evite essa bobeira que pode custar caro para você!

 

6º – Excesso de velocidade

Excesso de velocidade, eis um dos pontos que mais causam acidentes com vítimas fatais e é claro que não só entre os motociclistas.

É comum vermos nos noticiários reportagens inteiras falado dos perigosos rachas, não é mesmo?

Recentemente o Fantástico acompanhou operação da polícia contra o grupo de motociclistas. Como disse, esse é apenas um grupo e que acaba manchando a imagem de todos os motociclistas, mas vejamos o exemplo.

Vídeos na internet mostram motoqueiros dirigindo em altas velocidades nas estradas.

Corridas de motos superpotentes em uma das principais rodovias de São Paulo.

Vídeos que estão na internet mostram que esse tipo perigoso de corrida, conhecido como “racha” ou “pega”, se repete em várias estradas do Brasil.

Eles aceleram muito, com um objetivo: chegar a 299 km/h.

A partir do momento que ele atingiu aquilo, registrou aquilo, aquilo vai fazer ele ser mais respeitado como motociclista que corre mais. (Anderson Poddis, assessor de comunicação da PRF-PB)

Amigo, tenha calma! Nessa velocidade toda você passa rapidamente pela vida, ninguém precisa dessa velocidade toda pra ser mais feliz.

Tenha cautela uma pessoa andando a 299 km/h em apenas num piscar de olhos anda mais de 80 metros.

É um risco incalculável, amigo! Isso é comparável a você ir de uma quadra a outra de olhos vendados. Imagina a situação?

 

7º – Ultrapassar outro veículo na contramão

O que diz o Código Brasileiro de Transito sobre a ultrapassagem em vias com duplo sentido?

O CTB permite transitar pela contramão da direção para ultrapassar outro veículo e apenas pelo tempo necessário, respeitada a preferência do veículo que transitar em sentido contrário (art. 186, I , CTB).

Ultrapassagem em vias de sentido único:

A ultrapassagem de outro veículo em movimento deverá ser feita pela esquerda, obedecida a sinalização, exceto quando o veículo a ser ultrapassado estiver sinalizando o propósito de entrar à esquerda (art. 29, IX, CTB)

Exceto estes casos, amigo, esteja atento. Pois a pressa de chegar logo pode fazer com que você seja uma das tantas vítimas que jamais chegará ao seu destino.

 

8º – Fazer manobras perigosas

Primeiramente vamos esmiuçar o tipo de manobra que estamos falando.

São aquelas consideradas manobras perigosa e suas consequências, antes de entendermos melhor o porquê desta infração causar grande preocupação e, em alguns casos, insegurança.

Segundo o Código de Trânsito, no seu artigo 175, a infração é definida com a seguinte redação:

Art. 175.  Utilizar-se de veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus: Infração – gravíssima; Penalidade – multa (dez vezes), suspensão do direito de dirigir e apreensão do veículo; Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação e remoção do veículo.

Existem muitas previsões de infrações na Lei Brasileira, sendo algumas delas muito específicas, prevendo situações onde o Condutor possa até ficar inseguro por uma manobra que possa ser entendida como “brusca”.

Assim, segundo a lei, são causas da infração o condutor exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus.

Não é uma simples frenagem brusca que vai lhe render uma infração desta categoria.

Aqui separei um exemplo de manobra perigosa realizada por um entregador de lanches.

Ele foi flagrado fazendo uma manobra perigosa na Ponte Florentino Avidos, em Colatina, Noroeste do Estado do espírito santo.

Ele empina a moto e atravessa mais da metade da ponte apenas sobre a roda traseira.

O vídeo foi gravado  por um telespectador da TV Gazeta Noroeste.

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

 

Conclusão

Relembre tudo que escrevi aqui sobre multas de motos e se você foi multado: Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

♦ Primeiro analisamos as principais infrações cometidas pelos motociclistas;

♦ Deixei dicas para evitar cada uma destas infrações mais comuns.

♦ Fiz um infográfico para que você veja a quantidade de motociclistas que existem no país. Gente que assim como você todos os dias enfrenta muitas dificuldades no trânsito.

♦ Examinamos a questão do ponto cego e dei dicas com imagens para que você sabe contornar esse perigo.

♦ Analisamos a questão do capacete e dei dicas com imagens para que você saiba escolher um modelo adequado e confortável.

♦ Também deixei 4 importantes dicas, que com base em pesquisas estão salvando muitas vidas de motociclistas.

Chegamos ao fim de nosso artigo sobre multas de motos, o que você achou das dicas?

Meu objetivo foi o de transmitir as informações de forma clara e objetiva.

Deixe seu comentário, levaremos ele em conta para nosso próximo artigo.

Gostou? Foi útil para você?
Se foi, então faça com essa informação também chegue aos seus amigos! Compartilhe.