Nova CNH 2022 Entrou em Vigor: Você Precisa Trocar a Sua?

Lançada hoje, dia 1º de junho de 2022, entra em vigor o novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação CNH. Durante uma cerimônia em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, esse novo modelo foi apresentado pelo secretário nacional de trânsito, Frederico Moura Carneiro.

Leia mais

O DETRAN continuará sendo o órgão responsável pela emissão deste documento e os ajustes no sistema nacional já foram feitos para a implementação.

Leia mais

Leia mais

Quais as diferenças da nova CNH para a CNH antiga?

Algumas das alterações feitas tem como principal objetivo dificultar fraudes e falsificações. O modelo antigo que será substituído era todo composto de uma cor só, na tonalidade verde, o novo modelo conta com elementos gráficos da cor amarela além do verde. Outro aspecto diferenciado é que alguns elementos da nova CNH são feitos com tinta que brilha no escuro, fluorescente, e outros que só são visíveis com luz ultravioleta.

Leia mais

Uma tabela foi acrescentada na parte baixa da CNH, nesta tabela estão contidas as categorias da CNH representadas também por desenhos dos automóveis referentes a cada uma delas. Essa alteração foi feita para proporcionar aos agentes de trânsito de outros países maior facilidade na interpretação da CNH brasileira, de acordo como informado pelo DETRAN.

Leia mais

A CNH agora traz elementos de requisito internacional, cumprindo com o acordo assinado pelo Brasil na Convenção sobre Trânsito Viário, na Áustria em 1968. Este padrão foi adotado também por países como Estados Unidos, Irlanda e Argentina. No novo documento constará um código internacional, o código MRZ, que já é utilizado nos passaportes, a leitura deste código é feita em equipamentos eletrônicos. Apesar de ser um código impresso também no passaporte, a CNH não substitui esse documento, para viajar o passaporte ainda será necessário.

Leia mais

A nova CNH será impressa em português e terá tradução em inglês e em espanhol.

Leia mais

Outra mudança é que neste novo modelo, o motorista poderá escolher como será exibido seu nome, porque ela permite a inclusão tanto do nome social quanto de filiação afetiva. Isso quer dizer que travestis e pessoas transexuais poderão ser identificadas como quiserem, desde que apresentem o documento de identidade que consta os nomes civil e social. Filhos de pais reconhecidos judicialmente sem serem os pais biológicos também poderão fazer essa alteração.

Leia mais

Cumprindo também o determinado pelo CONTRAN em 2017, a nova CNH possui um código QR code que contém as informações do motorista, esta medida também reduzirá as falsificações, além de facilitar a coleta de dados pelos agentes de trânsito.

Leia mais

Outro detalhe no novo documento CNH é que o condutor com primeira habilitação terá a letra “P” emitida no documento, enquanto o motorista que já possui a permissão definitiva terá a letra “D” estampada na CNH.

Leia mais

https://www.youtube.com/watch?v=OXxltU9ea-E

Leia mais

Como ficam as categorias da CNH com a mudança?

Agora temos 14 categorias de CNH que são exemplificadas na tabela inserida no novo documento. Apresentaremos abaixo o que significam as categorias mais populares da nova CNH:

Leia mais

ACC – Permissão para condução de veículos de duas rodas até 50cc (cilindradas).

Leia mais

A – Permissão para conduzir veículos de 2 ou 3 rodas, com ou sem carro lateral, como motos, motonetas e triciclos.

Leia mais

A1- Permissão para condução de veículos de duas rodas até 125cc.

Leia mais

B – Veículos de 4 rodas com ou sem reboque com peso bruto máximo de 3500kg e lotação máxima de 8 passageiros.

Leia mais

B1 -   Triciclos e quadriciclos, conhecidos com microcarros.

Leia mais

C – Todos os automóveis da categoria B mais veículos de transporte de carga não articulados que excedam 3500kg, como caminhões, tratores e máquinas agrícolas.

Leia mais

C1 – Automóveis pesados de transporte de carga de até 7500kg podendo ter reboque desde que não ultrapasse 750kg.

Leia mais

D – Veículos que comportam mais de 8 passageiros, como ônibus, microônibus e vans.

Leia mais

D1 – Veículos de passageiros com lotação máxima de 17 passageiros incluindo o condutor, com comprimento máximo de 8m e com reboque que não ultrapasse 750kg.

Leia mais

Além dessas as outras categorias que compõe a nova CNH são: BE, CE, C1E, DE e D1E. Cada uma delas possui características e permissões específicas que envolvem veículos pesados que podem ter reboque e semirreboque cada qual com seu limite máximo de peso bruto total.

Leia mais

Algumas condições são exigidas para permissão destas categorias e requisitos que os condutores devem preencher para conquistar tais permissões. Envolvendo idade, tempo de habilitação em categorias anteriores, número de aulas práticas, entre outros.

Leia mais

Para maiores informações sobre as categorias e novas categorias procure pelo DETRAN e pela autoescola que estará adequada as essas novas modalidades de categorias vigentes na nossa nova Carteira de Habilitação Nacional (CNH).

Leia mais

Renovou recentemente? Precisará renovar de novo?

Não. O portador da CNH poderá ficar com o modelo antigo até a data determinada de sua validade. O documento de CNH modelo antigo não será invalidado pelo modelo novo. Por esse motivo não há necessidade de substituição imediata.

Leia mais

A partir de 1º de junho de 2022 os motoristas que forem renovar ou solicitar a emissão de segunda via da CNH obterão esse modelo novo, assim como, os primeiros habilitados.

Leia mais

Além da versão impressa o condutor poderá escolher pelo modelo digital também, como já estava sendo realizado com o modelo antigo.

Leia mais

Qual o valor da nova CNH?

O valor da nova CNH não sofreu alteração. As taxas de emissão, renovação e segunda via permanecem as mesmas cobradas anteriormente, assim como as taxas cobradas pelo exame médico.

Leia mais

Conclusão

As mudanças feitas na CNH visam enquadrar o Brasil ainda mais no cenário internacional, adequando o documento a padrões reconhecidos internacionalmente. As alterações feitas facilitam a leitura do documento por órgãos e agentes de outros países. Outra justificativa para as modificações no documento são os novos elementos incrementados que tornam o documento mais seguro e protegidos de falsificações e fraudes.

Leia mais

Os brasileiros que possuem a CNH antiga ainda em prazo de validade ou que fizeram a renovação recentemente não precisarão fazer a mudança para a nova CNH. Ela será substituída com o tempo conforme forem tendo as validades expiradas. Apenas os documentos emitidos de agora em diante de acordo com a necessidade de cada cidadão que serão enquadrados no novo modelo.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas