Conheça as Infrações Mais Cometidas No Feriado de Ano Novo

Leia mais

Durante o período de festas de fim de ano, o movimento nas estradas federais aumenta consideravelmente.

Leia mais

Entretanto, há uma triste constatação: nem todos voltam para a casa.

Leia mais

Isto porque a cada ano que passa os dados referentes aos acidentes nas rodovias em datas comemorativas tornam-se mais alarmantes.

Leia mais

Muitas vezes, o que assusta não são os números de acidentes, pois, por conta de uma fiscalização mais severa por parte dos órgãos e de maior atenção por parte da grande maioria dos motoristas, eles têm diminuído, mesmo que de forma gradativa.

Leia mais

O que realmente tem preocupado os órgãos de trânsito é a falta de consciência por parte de alguns motoristas.

Leia mais

Muitos ainda não compreenderam que o trânsito é feito de vidas e que, portanto, é preciso ter responsabilidade ao guiar um veículo.

Leia mais

Neste feriado de Ano Novo, as infrações cometidas foram reincidentes, ou seja, são velhas conhecidas dos agentes de fiscalização.

Leia mais

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram 987 acidentes, do dia 29 de dezembro de 2017 ao dia 1° de janeiro de 2018, e muitos deles em decorrência de atitudes que poderiam ser evitadas.

Leia mais

Ainda de acordo com a PRF, destes acidentes ocorridos, 183 foram considerados graves, por haver incidência de mortes ou pessoas gravemente feridas.

Leia mais

Ao todo, foram 67 pessoas mortas nas rodovias, 22% a menos do que o mesmo feriado no ano anterior, em que 87 pessoas morreram nas estradas federais.

Leia mais

Neste artigo, apresentarei quais foram as infrações mais cometidas e as penalidades previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para esses tipos de conduta.

Leia mais

Reincidência de infrações explicam os índices

Leia mais

Como diz o ditado popular, persistir no erro não é uma boa opção.

Leia mais

Entretanto, não parece que os motoristas brasileiros concordam com esta afirmação.

Leia mais

Se você dirigiu pelas rodovias neste feriado de Ano Novo, deve ter percebido que as infrações continuaram as mesmas já recorrentes nas estradas pelo Brasil durante o resto do ano.

Leia mais

As ultrapassagens indevidas estão, mais uma vez, nos números registrados pela PRF neste feriado.

Leia mais

Ao todo, foram 3.208 flagras de ultrapassagens indevidas nas estradas brasileiras.

Leia mais

Você já deve ter presenciado este tipo de conduta nas vias e sabe do perigo que representa, pois é necessário que todo motorista tenha muita cautela ao dirigir.

Leia mais

Ao fazer uma ultrapassagem irregular, o condutor está colocando em risco a sua vida e a de outras pessoas.

Leia mais

O CTB prevê a ultrapassagem como infração em 8 de seus artigos.

Leia mais

Vou citar, como exemplo, o art. 198, no qual o Código aponta que, ao deixar de passar pela esquerda, quando é solicitado, o motorista está cometendo infração média, com penalidade de multa no valor de R$ 130,16 e 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Leia mais

Outro exemplo é o art. 202, no qual o CTB estabelece que, ao ultrapassar outro veículo pelo acostamento ou em interseções e passagens de nível, o motorista comete infração gravíssima, e a penalidade de multa é aplicada cinco vezes do valor base, ou seja, R$ 1.467,35, além de receber 7 pontos na habilitação.

Leia mais

Apresentei estes dois exemplos para demonstrar a você que a ultrapassagem irregular não é aceita pela legislação brasileira.

Leia mais

Outras situações e multas são previstas, portanto, você deve sempre estar atento ao que diz o a legislação para ser prudente e não cometer este tipo de infração.

Leia mais

Falando em dirigir com prudência, muitas vezes ela é esquecida quando o assunto é a utilização dos equipamentos de seguranças.

Leia mais

A PRF também registrou, neste feriado de Ano Novo, 257 motociclistas que conduziam nas rodovias sem utilizar o capacete.

Leia mais

O equipamento é obrigatório para quem dirige e também para quem está de carona na moto.

Leia mais

Dirigir sem capacete é infração gravíssima, prevista pelo art. 244 do CTB, com multa de R$ 293,47 e 7 pontos na CNH.

Leia mais

Como medida administrativa, o Código prevê a suspensão e apreensão do documento de habilitação.

Leia mais

Entretanto, mais importante do que isto é a proteção que o equipamento fornece.

Leia mais

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), quando você, motociclista, utiliza o capacete, suas chances de morte, em caso de acidente, são reduzidas a 40%.

Leia mais

Ou seja, por mais que você pense ser um incômodo utilizar o equipamento, ele está protegendo sua vida. Pense nisso antes de ignorar esta regra de trânsito.

Leia mais

Sempre opte pela sua segurança e pela de seus passageiros

Leia mais

Estes dados que estou apresentando aqui são do feriado que passou, entretanto, o período ainda é de férias.

Leia mais

Então, provavelmente, muitos de vocês viajarão pelas rodovias nos próximos dias.

Leia mais

Caso você seja motorista, fique atento às leis apresentadas e evite infrações.

Leia mais

Se viajar como passageiro, saiba que você também tem um importante papel na busca por um trânsito consciente.

Leia mais

Um dois cuidados que não só o motorista precisa ter é em relação à utilização do cinto de segurança.

Leia mais

No feriado do Ano Novo, foram 1.646 motoristas flagrados sem o cinto de segurança.

Leia mais

Em muitas dessas situações, os passageiros também não estavam utilizando o equipamento.

Leia mais

Caso o veículo seja atingido, as consequências podem ser muito graves.

Leia mais

Segundo o CTB, o uso do cinto de segurança é obrigatório para condutores e passageiros.

Leia mais

E isto independe da distância percorrida, ou seja, se você fizer um percurso de apenas 5 minutos com o carro, deverá utilizar igualmente o equipamento, pois o cinto protege você em caso de colisão.

Leia mais

Você não deseja colocar sua família em risco, não é verdade?

Leia mais

Ao deixar de utilizar o cinto de segurança ou não conferir se os passageiros estão usando, o motorista, segundo o art.167 do CTB, comete infração grave, com multa de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH.

Leia mais

O CTB também prevê, no art. 168, como infração gravíssima, o transporte de crianças em veículo automotor que não cumpra com as normas de segurança previstas na legislação.

Leia mais

O motorista recebe multa de R$ 293, 47 e tem seu veículo retido até que a irregularidade seja resolvida.

Leia mais

Aliás, esta também foi uma das principais infrações cometidas neste feriado de Ano Novo.

Leia mais

Foram flagrados 308 carros em que crianças não utilizavam a cadeirinha.

Leia mais

Caso aconteça algum tipo de colisão, estas crianças poderão sofrer graves escoriações ou até mesmo irem a óbito, pois, na hora do acidente, por serem muito leves, poderão ser lançadas para fora do veículo.

Leia mais

A Lei da Cadeirinha existe desde o ano de 2010 e, por mais que seja repleta de especificações, todo motorista deve ter conhecimento a respeito para não transgredir a lei e para evitar colocar em risco a vida destes seres indefesos.

Leia mais

A velha combinação permanece

Leia mais

Como você deve saber, a Lei Seca gera sempre muita discussão entre os condutores, pois alguns acreditam que a legislação é muito severa ao penalizar o motorista.

Leia mais

Segundo a PRF, do dia 29 de dezembro até 1° de janeiro, foram flagrados 565 condutores que assumiram a direção após ingerirem algum tipo de bebida alcóolica.

Leia mais

Conforme o CTB apresenta em seu art.165, ingerir bebida alcoólica e assumir o volante é infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH por 12 meses.

Leia mais

Além disso, no último dia 20 de dezembro de 2017, foi publicada a Lei n° 13.546, que estabelece o aumento da pena para condutor que for flagrado dirigindo alcoolizado ou estiver sob efeito de substância psicoativa ao ser envolvido em acidente.

Leia mais

A nova regra entrará em vigor em até 120 após a data de publicação e determina que a pena para o condutor que cometer homicídio ou ferir gravemente uma pessoa por estar embriagado seja a reclusão de 2 a 5 anos, além de outras punições estabelecidas por lei.

Leia mais

A partir de agora, o motorista tem sua conduta enquadrada como dolosa, ou seja, quando a justiça entende que houve a intenção de matar.

Leia mais

A junção do álcool com a direção é cercada de mitos e verdades, portanto, o que deve prevalecer é o que diz o Código de Trânsito, pois além de evitar multas, vidas serão salvas. Esteja sempre atento!

Leia mais

A campeã das infrações

Leia mais

Segundo o site do Governo Federal, até setembro de 2017, foram mais de 13 milhões de multas registradas por excesso de velocidade nas estradas brasileiras.

Leia mais

E no feriado de Ano Novo este índice aumentou ainda mais.

Leia mais

Foram 36.724 motoristas flagrados dirigindo acima da velocidade permitida no trecho em que estavam.

Leia mais

Alguns condutores, quando questionados, afirmaram que é difícil controlar a velocidade, já que estão distraídos, muitas vezes, conversando com a família.

Leia mais

Mas o que você motorista não deve esquecer é que, ao cometer este tipo de infração, seus reflexos poderão não ser suficientes para evitar algum tipo de incidente, pois, ao trafegar com excesso de velocidade, o risco de acidentes aumenta em até 60%.

Leia mais

Além disso, segundo a OMS, quando o condutor ultrapassa 1% da velocidade permitida, os riscos de morte sobem até 5 %. Fonte: Estado de Minas.

Leia mais

Imagine você situações em que o motorista excede bem mais a velocidade?

Leia mais

Conforme o CTB, caso o motorista esteja acima de 20% do limite de velocidade permitida, estará cometendo infração média, com multa de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH.

Leia mais

Quando estiver trafegando acima de 20% até 50 %, o condutor recebe multa de R$ 195,23, pois está cometendo uma infração grave, que gera 5 pontos na carteira.

Leia mais

Caso você, motorista, exceda em 50% a velocidade permitida, seu direito de dirigir é suspendido e apreendido imediatamente, pois você estará cometendo uma infração gravíssima, com previsão de multa no valor de R$ 880,41 e 7 pontos na CNH.

Leia mais

Viaje com calma, evite infrações!

Frequentemente, muitos de vocês me relatam, por meio dos comentários, incongruências em relação aos medidores de velocidades.

Leia mais

Muitos afirmam que, em algumas estradas, por exemplo, nem sempre é possível visualizar as placas que sinalizam a velocidade permitida.

Leia mais

Ou, então, que os radares não estão visíveis no trecho, e isto faz com que a infração seja cometida.

Leia mais

Como sabemos, estas exigências estão previstas pelo CTB e pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), portanto, equipamentos, como os radares, precisam estar dentro dessas normas.

Leia mais

E você tem todo o direito de cobrar estas medidas em caso de multa aplicada.

Leia mais

Entretanto, é importante sempre lembrar que o melhor jeito de não ser multado é evitando ao máximo as infrações.

Leia mais

O limite de velocidade é definido pela geografia, pela localização e pelas condições que o trecho apresenta.

Leia mais

Procure conhecer as estradas por onde irá transitar e esteja atento ao conduzir seu veículo nestes períodos de grande circulação de automóveis nas estradas.

Leia mais

Você e sua família precisam voltar para casa, pois o ano está apenas começando e ainda há muito para viver.

Leia mais

Conclusão

Leia mais

Os números de acidentes estão diminuindo nas estradas brasileiras.

Leia mais

Entretanto, não deixe de ficar atento.

Leia mais

As regras de trânsito existem e devem ser cumpridas para preservar as vidas que formam o trânsito juntamente com os veículos.

Leia mais

Ao viajar, não tenha pressa.

Leia mais

Caso tenha ido para uma festa, descanse e viaje no dia seguinte.

Leia mais

Segundo a PRF, muitos acidentes ocorridos foram em rodovias que não estavam com grande fluxo, o que leva os órgãos de trânsito a suporem que o cansaço, que causa a falta de atenção, também contribuiu para o número de acidentes.

Leia mais

Lembre também que recorrer é sempre possível!

Leia mais

Caso acredite que não tenha cometido erro algum ou encontre alguma informação errada na notificação, faça valer seu direito e solicite seu recurso.

Leia mais

Eu e minha equipe estamos sempre aqui, dispostos a ajudar você.

Leia mais

O que achou dos dados apresentados? Presenciou algum tipo de infração na estrada? Compartilhe com a gente nos comentários!

Leia mais

Referências:

Leia mais
  1. http://www.who.int/en/
  2. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/L13546.htm
  3. http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2017/09/excesso-de-velocidade-lidera-ranking-das-infracoes-mais-cometidas-em-2017
  4. https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/11/16/interna_gerais,470951/excesso-de-velocidade-aumenta-o-risco-de-acidentes-em-ate-60.shtml
Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas