Infração 669-62

Conduzir um veículo com inscrições, adesivos, legendas e símbolos de caráter publicitário afixados ou pintados no parabrisa e em toda a extensão da parte traseira é uma infração de trânsito. De acordo com o Art. 230 XV do Código de Trânsito Brasileiro, essa prática é considerada uma infração grave, cuja penalidade é uma multa e retenção do veículo para regularização.

Leia mais

Essa infração, cujo código de enquadramento é 66962, não configura crime de trânsito, mas acarreta a pontuação de cinco pontos na carteira do infrator. A constatação da infração pode ser feita por órgãos ou entidades de trânsito estaduais e rodoviários.

Leia mais

Exemplos de Como a Infração 669-62 Ocorre

Vamos a alguns exemplos de como essa infração pode ocorrer:

Leia mais

1. Um veículo com legendas de caráter publicitário pintadas no parabrisa.

Leia mais

2. Um veículo com uma inscrição de caráter publicitário pintada no vidro traseiro esquerdo, com transmitância abaixo de 70%, sem o espelho retrovisor externo direito.

Leia mais

Vale ressaltar que é possível a autuação mesmo sem abordagem, quando se tratar de adesivo, inscrição, legenda, painel, pictograma, símbolo ou qualquer outro material de caráter publicitário pintado no parabrisa e/ou nos vidros laterais dianteiros.

Leia mais

Como Recorrer da Infração

Para recorrer dessa infração, é possível argumentar tecnicamente sobre a visibilidade do condutor. Por exemplo, se os adesivos ou inscrições não comprometerem a visibilidade do retrovisor, isso pode ser um argumento válido para a defesa. Além disso, circunstancialmente, pode-se argumentar que o material publicitário estava sendo removido ou que a infração foi registrada em um momento de transição, como uma mudança de layout da publicidade. Em todos os casos, é importante contar com a assessoria de profissionais especializados em legislação de trânsito para aumentar as chances de sucesso no recurso.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas