Infração 639-44

No complexo cenário do trânsito brasileiro, uma das infrações mais graves é deixar de reduzir a velocidade do veículo em locais onde haja intensa movimentação de pedestres. Esta infração, tipificada no Artigo 220, inciso XIV do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tem como principal objetivo garantir a segurança de pedestres em locais com grande fluxo, como escolas, hospitais e estações de embarque e desembarque de passageiros.

Leia mais

Esta infração é considerada gravíssima, acarretando multa e 7 pontos na carteira do condutor infrator. Além disso, pode configurar crime de trânsito, conforme o Artigo 311 do CTB, caso a infração gere perigo de dano.

Leia mais

Exemplos de Como a Infração 639-44 Ocorre

Para entender melhor, vamos a alguns exemplos. Imagine que um motorista está se aproximando de um estádio de futebol no horário de saída de uma partida. Mesmo vendo a intensa movimentação de torcedores, ele não reduz a velocidade do veículo. Este é um caso típico da infração em questão.

Leia mais

Outro exemplo seria um condutor que, ao passar por uma casa de shows no momento em que o espetáculo termina e há grande fluxo de pessoas, decide manter a velocidade, ignorando a segurança dos pedestres. Novamente, temos a ocorrência da infração do Artigo 220, inciso XIV do CTB.

Leia mais

Como Recorrer da Infração

Se você foi autuado por essa infração, é possível recorrer. Para isso, é importante argumentar sobre a real condição de tráfego no momento da autuação. Por exemplo, se a movimentação de pedestres não era intensa, este pode ser um ponto a ser explorado.

Leia mais

Além disso, a sinalização do local é um aspecto relevante. Caso não haja sinalização adequada indicando a necessidade de redução de velocidade, este pode ser um argumento técnico para a defesa.

Leia mais

Lembre-se, cada caso é único e deve ser analisado individualmente. Portanto, é sempre aconselhável buscar orientação profissional para aumentar as chances de sucesso no recurso.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas