Frete Rodoviário: Como Reduzir Custos

Recentemente uma plataforma foi desenvolvida para ajudar a reduzir os custos no transporte de cargas em todo o Brasil. Esses sistemas eletrônicos ajudam a gerir e a cotar fretes e oferecem uma economia que pode chegar a 30% nos custos.

Leia mais

Mas, o que é o frete rodoviário?

O transporte de mercadorias pode ser realizado dentro de uma mesma cidade, região, estado ou país. Eles podem acontecer por outros modais de transporte, mas o mais popular e utilizado no Brasil é o modal rodoviário. Quem opera esse tipo de função são empresas de logística, que possuem frota e profissionais especializados para lidar com cada tipo de carga e transportá-la com segurança até o destino.

Leia mais

O valor cobrado varia para cada entrega e o preço final do transporte é composto por vários detalhes:

Leia mais

Valor da carga

Algumas taxas e seguros são calculadas de acordo com o preço da mercadoria que será transportada, por isso é importante incluir o valor da carga no frete.

Leia mais

Categoria

As mercadorias podem sem: vivas, frágeis, perigosas, pesadas, congeladas, entre outras categorias que interferem na precificação final do frete de transporte rodoviário, pois os tipos de carga influenciam diretamente nos cuidados e formas de transportar.

Leia mais

Peso e tamanho

O peso e o tamanho da carga também irão influenciar o valor do frete, já que a mercadoria ocupará espaço e definirá a capacidade máxima do caminhão.

Leia mais

Rota

O trajeto irá influenciar no frete rodoviário devido ao custo com combustível consumido para percorrer o trajeto, além da jornada de trabalho do motorista, dos desgastes com o caminhão, além de custos com pedágios e prazos de entregas.

Leia mais

Por isso um bom planejamento de rota é necessário para diminuir o valor do frete mesmo em viagens de menor distância.

Leia mais

Pedágios

Quanto maior a distância percorrida maior será o custo relacionado a frete, pois o caminhão passará por mais estações de pedágio e esses valores são incluídos na composição do preço do fretamento.

Leia mais

Todos os veículos que circulam nas rodovias do país devem pagar as taxas de pedágios estabelecidas pelo território nacional, essas taxas são cobradas devido às obras e manutenções das pistas em boas condições.

Leia mais

Tarifa mínima

A tarifa mínima é estabelecida e cobrada por grande parte das transportadoras e é baseada no peso mínimo para realizar uma entrega.

Leia mais

Frete excedente

O frete excedente é o valor cobrado quando o peso de uma mercadoria ultrapassa o valor combinado.

Leia mais

Taxas de transporte

O frete rodoviário também possui numerosas taxas e impostos, como o de Circulação de Mercadorias e Serviços, Gerenciamento de Risco e Taxa de Restrição ao Trânsito, entre outros. Naturalmente, são incluídos no preço final do transporte de carga.

Leia mais

Como funciona o frete rodoviário?

O frete rodoviário poderá ocorrer pela contratação de uma transportadora ou pela terceirização do serviço. Algumas empresas aceitam pequenas encomendas, enquanto outras empresas prestam serviço para grandes companhias. Além disso, existem empresas que realizam os dois tipos de serviços.

Leia mais

O transporte rodoviário de cargas, então, pode ser responsável pela: coleta, armazenamento, separação, transporte e entrega ao destino.

Leia mais

As grandes transportadoras possuem armazéns de estoque, frota de caminhões e profissionais habilitados para manusear a mercadoria de forma adequada.  Apesar de enfrentar uma série de burocracias, as empresas de transporte rodoviário são responsáveis pelo giro econômico do país.

Leia mais

O que mais influência nos valores de um frete?

Os componentes de estão em consonância com todas as empresas de logística rodoviária, foram detalhados no tópico anterior que responde o que é um frete rodoviário. As taxas que são cobradas e o valor do combustível são itens que não são de responsabilidade da transportadora e por isso não são do controle, elas são afetadas pela variação desses valores e além de serem muito instáveis, são inegociáveis.

Leia mais

Já as empresas de logísticas individualmente possuem suas próprias taxas de operações internas, podendo adicionar ou excluir outros elementos diferentes dos apresentados anteriormente.

Leia mais

Como é feito o cálculo de frete?

De modo geral o frete no transporte de carga rodoviário é calculado da seguinte forma:

Leia mais
  1. Levantamento do valor da carga, seu peso e tamanho.
  2. Junção de informações básicas de entrega: distância em quilômetros, destino da entrega e possibilidade de agendamento.
  3. Levantamento das taxas que cairão sobre a entrega.
  4. Aplicação da fórmula: altura x largura x comprimento x 300, para saber o peso de cubagem
  5. Cálculo do frete peso, considerando a quilometragem e o peso da carga. Geralmente, o peso considerado é o maior. Para essa etapa, as empresas de logística possuem uma tabela de cobrança indicando o peso do produto x distância da entrega.
  6. Cálculo da taxa de despacho e do frete valor (seguro da carga). A taxa de despacho é o valor fixo cobrado por um transporte, estipulado pela empresa. Já o frete valor, é encontrado através do cálculo valor da carga x percentual de frete valor, também estabelecido pela empresa.
  7. Cálculo da taxa GRIS, uma taxa de risco que possui porcentagem estabelecida pela NTC (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística) no valor de 0,3% da mercadoria.
  8. Cálculo do frete base com a fórmula frete peso + taxa de despacho + frete valor + GRIS.
  9. Adição das taxas sobre o valor total, adicionando as porcentagens de taxas excedentes, como entrega de risco, mais de uma tentativa de entrega etc.
  10. Soma de tudo para o valor final do frete, com a fórmula frete base + taxas sobre o valor total.
Leia mais

Qual a influência da economia e combustível no frete rodoviário?

Sem dúvida o fator que mais interfere esse tipo de modalidade de transporte de carga é a variação de preço do combustível. Com o aumento do combustível, o preço do frete também sobe.

Leia mais

Além disso, se o preço dos produtos sofrerem alteração por conta da economia, o frete também será afetado financeiramente tanto para quem produz, quanto para quem consome.

Leia mais

Alternativas para equilibrar o valor do fretamento

Muita coisa é adicionada ao preço final do frete. Por causa dessas constantes variações no custo total do frete pelos gastos variáveis, as transportadoras precisam buscar alternativas para equilibrar o valor do fretamento. Um detalhe fundamental é conhecer o consumo por quilometragem de todos os veículos da frota.

Leia mais

Outra forma de equilibrar os valores são estratégias de rotas mais curtas, manter em dia a manutenção dos veículos, realizar treinamento de direção defensiva com os colaboradores e traçar rotas mais curtas.

Leia mais

Além disso, hoje podemos contar com a ajuda de várias ferramentas que realizam esse cálculo automaticamente, a tecnologia tornou-se uma aliada para que transportadoras, caminhoneiros autônomo, importadores, exportadores e embarcadores e empresas de logística em geral para promover redução nos custos do setor, diante da constante variável que afeta em encarecimento do frete rodoviário.

Leia mais

A economia no setor tem se tornado possível, por meio do uso de sistemas eletrônicos de gestão e cotação de frete. Esses sistemas eletrônicos que gerem e cotam os fretes, oferecem até 30% de economia nos custos com o transporte de cargas em todo território nacional.

Leia mais

Plataforma digital

Recentemente uma plataforma foi desenvolvida para encontrar alternativas para viabilizar o transporte. A plataforma FastFrete, faz a conexão de toda a cadeia logística e basicamente ela funciona da seguinte maneira: o usuário cadastra a carga para cotação do frete e recebe os orçamentos, ficando ao seu critério escolher a melhor proposta.

Leia mais

Lígia Bombonatto, uma das diretoras da FastFrete explicou que a conexão direta e em tempo real, facilita a comunicação e consequentemente todo o processo entre quem precisa despachar uma carga e as transportadoras e caminhoneiros autônomos de todo o país.

Leia mais

“A plataforma inteligente conecta a carga com as transportadoras e caminhoneiros autônomos, conforme a necessidade e tamanho do lote.  Desta forma, a cotação do frete fica mais barata e rápida. Bom para os embarcadores e bom para os transportadores”, evidenciou Lígia Bombonatto, em entrevista.

Leia mais

Foi registrado aumento na procura por esse sistema, que promete diminuir os custos do frete em até 30%. Valdécio Bombonatto que é um dos mentores da plataforma, explicou que o sistema possibilita o aproveitamento do frete de retorno, além da transparência e agilidade.

Leia mais

“Durante todo o processo é possível rastrear a carga, sendo uma ótima opção para o transporte de carga a granel, e frete de retorno”, complementou Valdécio Bombonatto, em entrevista.

Leia mais

Segurança nas operações

A plataforma traz a opção de acompanhamento de todas as cargas e trânsito em tempo real, além da praticidade, da economia e da agilidade.

Leia mais

A plataforma também se destaca por ser bastante ágil para acompanhar todos os lances em tempo real, assim como informações sobre a quantidade de cargas aprovadas pelas transportadoras e o custo dos fretes.

Leia mais

Outro destaque da plataforma digital está na segurança. De acordo com a empresa, a plataforma possui regras de compliance, que incluem segurança da informação, registros contábeis, controles internos e canais de denúncia. Além disso, confidencialidade de informações estratégicas, diligência na contratação de terceiros, transparência dos atos da alta administração, entre outras.

Leia mais

Conclusão

Apesar do transporte rodoviário apresentar um valor de frete que sobre influência de diversas variáveis na composição dos valores, hoje é possível utilizar a tecnologia para gerir melhor as frotas e proporcionar melhores soluções para todos os clientes.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas