Chassi Remarcado

Um chassi remarcado pode resultar em uma desvalorização substancial do veículo, reduzindo o valor de revenda em até 30% em relação à tabela FIPE. Isso pode dificultar a venda e levar a recusas por parte de compradores devido à incerteza sobre a procedência do veículo. Além disso, o chassi remarcado pode complicar a obtenção de financiamento, exigindo valores de entrada mais altos e oferecendo menos opções de pagamento.

Leia mais

Seguradoras também podem se recusar a cobrir veículos com chassi remarcado, dependendo da avaliação de riscos. Portanto, é essencial tomar medidas preventivas para evitar a necessidade de remarcação do chassi ao considerar a compra de um veículo usado. O uso da tecnologia, como consultas online e decodificadores de chassi, pode ajudar a verificar a autenticidade do chassi e evitar veículos com adulterações ilegais.

Leia mais

O que é um chassi remarcado

Um chassi remarcado é um chassi de veículo que teve seu número de identificação (conhecido como número de chassi) alterado ou regravado devido a danos, desgaste, corrosão, ou por motivos legais. A remarcação é um processo realizado para garantir que o número de chassi seja legível e válido.

Leia mais

No entanto, a remarcação do chassi pode levantar preocupações, pois também pode ser usada de forma ilegal para ocultar a verdadeira origem de um veículo, especialmente em casos de veículos roubados, clonados ou adulterados. Por isso, é importante verificar cuidadosamente a procedência de um veículo com chassi remarcado e garantir que a remarcação tenha sido realizada de maneira legal e transparente.

Leia mais

Chassi remarcado consta no documento?

Sim, a informação sobre a remarcação do chassi constará no documento do veículo, como o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), desde que seja chassi é remarcado legalmente. O documento do veículo deve será atualizado para refletir essa alteração. Isso é importante para manter a legalidade do veículo e para informar futuros compradores sobre a remarcação.

Leia mais

No entanto, é fundamental verificar os documentos do veículo, especialmente o CRLV, para confirmar se há menção à remarcação do chassi e se essa informação está correta e atualizada. Certifique-se de que a remarcação tenha sido realizada legalmente e de que todos os registros estejam em conformidade com as regulamentações locais. Se houver dúvidas ou preocupações, é aconselhável consultar as autoridades de trânsito locais para obter informações adicionais.

Leia mais

Chassi remarcado: como regularizar

O chassi remarcado legalmente ocorre depois de uma série de procedimentos.

Leia mais
  1. O processo para agendar a remarcação de chassi no Detran pode variar de acordo com o estado ou região onde você reside, pois as regras e procedimentos podem ser diferentes em diferentes localidades. No entanto, aqui está um passo a passo geral que pode ser seguido para agendar a remarcação de chassi:
    1. Reúna a Documentação Necessária: Antes de agendar a remarcação, certifique-se de ter toda a documentação necessária, que pode incluir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), documentos de identificação pessoal, comprovante de residência e outros documentos específicos exigidos pelo Detran local.
    2. Verifique os Requisitos Locais: Verifique os requisitos específicos para a remarcação de chassi em seu estado. Esses requisitos podem incluir a necessidade de realizar uma vistoria prévia ou obter aprovação de algum órgão específico.
    3. Acesse o Site do Detran: Acesse o site oficial do Detran de seu estado. Geralmente, há uma seção de agendamento de serviços online. Procure por opções relacionadas à remarcação de chassi ou serviços semelhantes.
    4. Crie uma Conta ou Faça Login: Se necessário, crie uma conta no site do Detran ou faça login em sua conta existente.
    5. Selecione o Serviço de Remarcação de Chassi: Dentro do sistema de agendamento, escolha a opção de remarcação de chassi ou serviço semelhante.
    6. Preencha os Dados: Preencha todas as informações solicitadas, incluindo dados pessoais, informações do veículo e outros detalhes necessários.
    7. Escolha a Data e Hora: Escolha a data e a hora disponíveis para a remarcação de chassi. Certifique-se de selecionar um horário que seja conveniente para você.
    8. Confirme o Agendamento: Revise todas as informações fornecidas e confirme o agendamento.
    9. Faça o Pagamento (se aplicável): Em alguns casos, pode ser necessário pagar uma taxa pelo serviço de remarcação de chassi no momento do agendamento. Verifique se há custos associados ao serviço e faça o pagamento, se necessário.
    10. Receba a Confirmação: Após concluir o agendamento, você deve receber uma confirmação por e-mail ou SMS com os detalhes do agendamento, incluindo a data, a hora e o local.
    11. Compareça ao Local de Remarcação: No dia agendado, compareça ao local designado para a remarcação de chassi, levando todos os documentos e informações necessários.

    Lembre-se de que é importante seguir as instruções específicas fornecidas pelo Detran de seu estado, pois os procedimentos podem variar. Se tiver dúvidas ou precisar de assistência adicional, entre em contato diretamente com o Detran local para obter orientações precisas sobre como agendar a remarcação de chassi. 

Leia mais

Recuperação de chassi corroído e oxidado

O chassi, geralmente construído com chapas de aço e alumínio, pode sofrer corrosão ao longo do tempo, muitas vezes devido a condições adversas, como a maresia em cidades litorâneas, enchentes, ou desgaste natural devido ao uso. A revitalização de chassi é um procedimento destinado a limpar e tratar a estrutura corroída, sendo especialmente eficaz quando aplicado nas primeiras fases da oxidação, antes que comprometa a integridade do chassi.

Leia mais

Importante destacar que se algum dos caracteres da numeração do chassi estiver ilegível, será necessário realizar a remarcação. Para garantir a legalidade dessa ação e evitar problemas de fraude ou adulteração, a remarcação do chassi deve ser executada por empresas credenciadas pelo Detran do estado em que o veículo está registrado.

Leia mais

Se a corrosão ainda não afetou a estrutura e a identificação do chassi, é possível revitalizá-lo usando um produto conhecido como "convertedor de ferrugem" e uma escova de aço. Esse procedimento pode ser realizado em casa ou com a assistência de um mecânico de confiança e costuma oferecer resultados positivos na maioria dos casos.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Esta página foi gerada pelo plugin

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Doutor Multas