10 Passos para viajar em segurança com a família

Saiba neste artigo dicas valiosas de como viajar em segurança. Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!

viajar em segurança

Acidentes de trânsito e multa são dois temas que preocupam muito condutores de motos e veículos automotores –  ainda mais quando os dois temas se associam. Quando um motorista se envolve em um acidente, tendo ele culpa ou não, é necessário seguir uma conduta pré-definida pelas leis do Código de Trânsito Brasileiro.

Em caso contrário, corre o risco de levar multa, que não é barata e ainda pode render pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

O que diz a lei

De acordo com o artigo 178 do Código de Trânsito Brasileiro, é proibido ao condutor envolvido em acidente com vítima deixar de:

  • prestar ou providenciar socorro à vítima, podendo fazê-lo;
  • adotar providências, podendo fazê-lo, no sentido de evitar perigo para o trânsito no local;
  • preservar o local, de forma a facilitar os trabalhos da polícia e da perícia; adotar providências para remover o veículo do local, quando determinadas por policial ou agente da autoridade de trânsito;
  • de identificar-se ao policial e prestar informações necessárias à confecção do boletim de ocorrência.

A infração é configurada como gravíssima e possui como penalidades multa de R$ 1.467, 35 (para cada caso. Em caso de infringir mais de uma das citadas nos incisos, o valor é multiplicado pelo número de infrações) e suspensão do direito de dirigir. Além disso, também pode ocorrer o recolhimento do documento de habilitação do condutor.

O que fazer em caso de acidente de trânsito

como agir em um acidente

Para que você não corra esses riscos, é importante que saiba o que fazer em caso de acidentes envolvendo o seu carro ou moto.

Se não houver vítima fatal, o motorista é obrigado a retirar o seu veículo da estrada para não obstruir o trânsito.

No entanto, se o acidente resultou em mortes, a área deve ser isolada e a Polícia Técnico-Científica, acionada.

Isto é, o seu veículo deve permanecer do jeito que ficou e só poderá ser retirado do local depois que for realizada a perícia.

Se o motorista não cumprir essa determinação prevista no artigo 178 do CTB, ele será multado e receberá quatro pontos na sua carteira de motorista. Além disso, seu veículo pode ser guinchado.

Como viajar em segurança?

No entanto, além da mala e das reservas de hotel, é necessária outra checagem muito importante, a revisão de seu veículo.

Saiba aqui dicas para viajar em segurança.

  • Não deixe para fazer alinhamento e balanceamento na véspera de sua saída: se depois do serviço, o volante trepidar ou o carro puxar para um dos lados, você vai precisar de tempo extra para voltar à oficina.
  • Tenha um roteiro de viagem. Com planejamento, você consegue tirar melhor proveito da autonomia do seu carro e ainda economizar um bom dinheiro. Basta selecionar previamente os postos com combustível mais em conta e infraestrutura adequada.
  • Se o seu carro não tem navegador GPS, use o do celular, com aplicativos como o Waze – neste caso, não esqueça de garantir uma fonte de energia para o celular, principalmente em viagens longas. Além de estabelecer outra rota no caso de bloqueio ou acidente no seu trajeto, ele serve como um co-piloto, antecipando a aproximação da curva seguinte ou o próximo trecho de reta para fazer uma ultrapassagem, por exemplo. Mas não esqueça: o GPS é para ser seu aliado, não se torne escravo dele!
  • Se o objetivo é economizar tempo e o seu carro tiver autonomia para chegar ao destino sem reabastecer, dispositivos de pagamento automático de pedágio são bons companheiros de viagem. Em período de férias, as praças de pedágio costumam lotar e, além do tempo perdido, o consumo de combustível no “anda e para” nas filas das cabines se eleva bastante.
  • Tenha em mente: em geral, a condução em rodovias permite pouca utilização dos freios. Basta respeitar uma distância segura do veículo à frente que você terá total condição de antecipação de manobras. Nas acelerações, vale a regra da suavidade: acelere gradativamente até atingir a velocidade de cruzeiro. E se o seu carro tiver piloto automático (cruise control), use.
  • Viagens longas sob sol quente com ar-condicionado ligado o tempo todo são uma combinação perfeita para o ambiente da cabine ficar com o ar extremamente seco. Se não for possível utilizar um umidificador de ambiente, mantenha toalhas úmidas dentro do veículo para quebrar o galho.
  • Mantenha os faróis do seu carro regulados. Falando nisso, não se acanhe: ainda que os carros que venham no sentido contrário teimem em lhe avisar que os faróis do seu carro estão ligados, mantenha-os acesos mesmo durante o dia.
  • Lembre: A faixa da esquerda é de ultrapassagem. Deixe-a livre sempre que possível. Ainda que você esteja trafegando no limite de velocidade da rodovia, ceda passagem aos mais apressadinhos. Tentar disputar espaço com quem está apressado pode colocar em risco não só a segurança dos apressados, mas a sua e de seus passageiros!
  • Cheque o manual do usuário para saber qual o peso máximo de carga que o carro comporta, colocando os materiais mais pesados por baixo dos mais leves. Evite também transportar objetos soltos nos assentos – além de serem possíveis distrações para o condutor, é possível que estes objetos atrapalhem ainda mais em caso de acidente.
  • Previna-se de possíveis problemas: cheque o macaco e leve um kit de ferramentas. Entre os itens essenciais, é importante ter uma lanterna para o caso de precisar fazer algum reparo ou trocar um pneu em cenários com pouca luz.

Outro item a ser cuidado: você mesmo!

Não é apenas no carro que você precisa fazer revisões antes de viajar em segurança.

O condutor do veículo também é de suma importância para uma boa viagem.

O sono e o cansaço podem lhe prejudicar a visão e a noção de espaço. Por isso, procure descansar bem antes de cair na estrada.

A cada duas horas, procure parar e fazer uma alimentação leve. Aproveite para esticar as pernas, tomar um café e lavar o rosto.

 

Considerações Finais

Para que os acidentes de trânsito e multa não se tornem situações complicadas, é altamente recomendado que o motorista infrator não pense em fugir da cena, pois isto pode complicar o caso e, inclusive, poderá responder por crime.

Compartilhe com seus amigos para evitar multas e viajar em segurança.

Se você foi multado, cadastre seu e-mail abaixo e receba o passo-a-passo para recorrer e anular multas de trânsito:

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)