O Retorno da Kombi é anunciado pela VW

Veja neste artigo o Retorno da Kombi. Foi multado? Baixe Grátis o PDF Exclusivo de Como Recorrer sua Multa de Trânsito!
retorno da Kombi

 

O ícone da marca VW, a Kombi, conforme Hans-Jakob Neusser chefe de desenvolvimento da VW  terá uma nova versão com motor elétrico. Como ocorreu com o Fusca, a VW anuncia uma nova geração da Kombi.

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)

Segundo a empresa, será fabricado a partir de 2017 na fábrica de Puebla, no México. Com perfil mais sustentável, o motor será uma opção híbrida-propulsão e não mais refrigerado a ar. Novas tecnologias da VW serão usadas no novo modelo.

kombi novo modelo

 

A Kombi foi produzida no Brasil entre 2 de setembro de 1957 até 18 de dezembro de 2013. E foi aqui que o o último lugar em que o modelo clássico foi fabricado. O baixo custo de manutenção e a alta durabilidade tornaram este modelo simples e robusto e um ícone de uma geração.

A Kombi tem vários nomes pelo mundo:

Volkswagen Bus
Volkswagen Campmobile
Volkswagen Samba
Volkswagen Van
Hippie Bus
Volkswagen Westfalia
Volkswagen Microbus
Hippie Van
Volkswagen Transporter

A Kombi foi idealizada pelo holandês Ben Pon na década de 1940, a palavra de origem alemã significa “veículo combinado” ou “combinação do espaço para carga e passeio”. Este clássico da VW desde a década de 60 também passou a ser um símbolo da contra-cultura hippie.

Kombi, simples e robusta

 

Abaixo um comercial antigo demonstrando a simplicidade e a eficiência da Kombi. O carro utilitário da Volkswagen, é um dos primeiros modelos para transporte de pessoas e cargas.

A Volkswagen, tirou o modelo Kombi de linha em 2013, devido as novas exigências para fabricações de veículos,  após de 56 anos de produção no Brasil.

A resolução do nº 312 do CONTRAN (CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO) começou a exigir a partir de 2014 que 100% dos veículos produzidos tivessem freios ABS, já a  resolução do nº 311 do CONTRAN, passou a exigir a partir de 01 de janeiro de 2014, que os veículos fabricados deveriam ter Airbag frontal.

Kombi, baixa manutenção

 

A Kombi no Brasil começou a ser fabricada com motor de quatro cilindros contrapostos (“boxer”) de 1.200 cm³ refrigerado a ar,  com potência de 30 cv.

Um dos grandes sucessos foi devido a resistência e o baixo custo de manutenção, isto devido a construção em monobloco, com suspensão independente com barras de torção.

Além disso este veículo possui uma grande capacidade para transportar uma tonelada de carga e com grande espaço interno. A mecânica simples e facilidade em dirigir, tornou o modelo um grande sucesso nacional.

Kombi, primeiros modelos

 

A Kombi também foi fabricada com vários modelos diferentes como pick-up, com cabine simples ou cabine dupla. Uma das características que tornou o modelo um dos mais vendidos, foi a grande versatilidade, pois já foi usado como ambulância, viatura policial, veículo do Corpo de Bombeiros, veículo de lazer, escritório volante, biblioteca circulante, carro funerário, lanchonete e até carro de reportagem de televisão e rádio, entre muitas outras versões.

A partir de 1975, houve uma série de reformulações na Kombi e modificações tanto no motor, quanto mudanças interiores e exteriores, mas sempre mantendo a ideia inicial. Com o o modelo Flex de 2005 se tornou até 34% mais potente e cerca de 30% mais econômico do que o antecessor, refrigerado a ar.

Kombi últimos modelos

 

Com o fim da produção da Kombi, foi lançada uma última edição em 2014, uma série especial de 1.200 unidades, intitulada Kombi Last Edition.

Última edição da Kombi

 

Com a Campanha de “Voltar para casa” e com “o último desejo” foi criado o vídeo de despedida desta história de sucesso.

 

Você gosta da Kombi? Compartilhe esta história de Sucesso!

Se você foi multado, coloque seu e-mail abaixo e baixe grátis os 3 passos para recorrer e anular multas de trânsito.

Não fique sem dirigir. Baixe Grátis o Passo a Passo para Recorrer sua Multa (CLIQUE AQUI)